Enoturismo em Bento Gonçalves – RS: um verão divertido e diferente

Tempo de leitura: 3 minutos

Por Rogério Ruschel(*)

Os parreirais de Bento Gonçalves, no Vale dos Vinhedos, serra gaúcha, sobem e descem colinas graciosa e elegantemente. E com a proximidade do verão estão carregados de uvas européias para vinhos como a Isabel (Vitis vinifera), e também com cachos de deliciosas uvas para mesa e suco: 2013 terá uma grande colheita. 

E você pode participar ativamente desta experiência com as facilidades do “4O. Bento em Vindima”, a quarta edição de um show de enoturismo com uma programação repleta de atividades em torno da cultura da uva e do vinho no Brasil, tendo como pano de fundo a beleza da serra gaúcha e a graciosa cidade de Bento Gonçalves.

Para enriquecer a experiência dos milhares de turistas brasileiros e estrangeiros que visitam a serra gaúcha no verão, a Secretaria Municipal de Turismo de Bento Gonçalves organizou uma programação de 65 dias – entre 12 janeiro e 17 de março – que inclui passeios turísticos nas cinco rotas do município: o Vale dos Vinhedos (a primeira DO – Denominação de Origem oficial do Brasil), Caminhos de Pedra, Vinhos de Pinto Bandeira, Rota das Cantinas Históricas e o Vale do Rio das Antas.

Vale do Rio das Antas

O evento tem a parceria do Bento Convention Bureau, Conselho Municipal de Turismo e Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares.

Entre os atrativos, destaque para a degustação de uvas, cursos de degustação de vinhos, colheita noturna, um Ciclo de Cinema especial sobre o assunto, participação na colheita e na pisa das uvas, visita às vinícolas, jantares harmonizados, um grandioso Jantar sob as Estrelas.

Também no roteiro: caminhadas ecológicas, passeios ciclisticos, passeios de trem Maria-Fumaça que encantam crianças e adultos, exposição Vinhedo do Mundo e o contato imediato com herancas culturais italianas e regionais como o jogo de truco (acima), o estilo de vida colonial e o filó italiano.

A cidade de Bento Gonçalves fica perto de Caxias do Sul, Gramado e Canela, que podem ser incluídos em um roteiro mais longo, mas também oferece atrativos como estes outros destinos serranos. Na área urbana vale a pena conhecer o Pipa Pórtico, as igrejas do Cristo Rei (acima), de Santo Antonio e a modernosa Igreja de São Bento; a Fundação Casa das Artes com obras principalmente de artistas gauchos.

Fique um dia a mais para visitar também o Museu dos Imigrantes (se já estiver reaberto das reformas); fazer o tour Via del Vino, passeio pelos principais atrativos da simpatico e arborizada cidade, incluindo a La Fontana, uma fonte onde jorra vinho tinto, com paradas estratégicas em cafés e lojas de souvenirs.

O receptivo tem tradição de simpatia e diversão. Você pode se hospedar hotéis estrelados ou pousadas familiares – são dezenas de opções para todos os bolsos e gostos, na cidade ou em áreas rurais. Vai se deliciar com receitas gastronômicas italianas famosas como massas feitas em casa, galetos com temperos inimitáveis, churrasco, doces coloniais, queijos, pães e outras surpresas típicas da região.

É uma oportunidade para fazer no sul do Brasil o que você achava que só tinha na Itália e Espanha. Agende-se: Bento Gonçalves abre seu coraçnao para os turistas entre 12 de janeiro e 17 de março. A programação completa do “4º Bento em Vindima” está disponível no site www.turismobento.com.br

Imagens de Fabiano Mazzotti e Gilmar Gomes, cedidas pela Prefeitura de Bento Gonçalves, disponíves no site da cidade.
(*) Rogério Ruschel é turista, jornalista e consultor especializado em sustentabilidade. Ruschel é gaúcho e acredita que turismo de qualidade só existe quando também acrescenta cultura ao turista.

 

2 Comentários


  1. O RIO GRANDE DO SUL E UM ESTADO LINDO, E O MEU SONHO E MORAR EM CAXIAS DO SUL COM MEUS FILHOS .
    EM NOME DE JESUS VAMOS CONSEGUIR.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *