Brincando de ser feliz no histórico carroussel da Praça da República de Lyon, França

Tempo de leitura: 3 minutos

Por Rogerio Ruschel (*)
Lyon é a segunda maior cidade francesa, com cerca de 2,2 milhões de moradores na região metropolitana. Fundada em 43 A.C. pelos romanos foi a capital da Gália, é hoje a terceira mais querida grande cidade do país (depois de Paris e Bordeaux) e considerada a capital gastronômica da França – o que não é pouca coisa, cá prá nós.
Implantada ao longo dos rios Reno e Saone, foi cenário de eventos históricos e religiosos importantes e tem grande importância econômica para os franceses por ser um polo industrial. É também uma cidade agitada, com festas diurnas e noturnas e com muitas universidades; e tudo isto atrai turistas, é claro.
Entre eles, eu. Estive duas vezes em Lyon, a segunda em maio de 2013. Caminhei pela beira dos rios, fui ver a vista da colina Fourviére, na basílica, passeei pelo Parc de La Tete d’Or, visitei a Catedral de Saint Jean, estive no Museu de Miniaturas e comi muito bem e bebi muitos cálices de vinho em restaurantes da Velha Lyon.
Mas isto vou contar em outro post, porque o foco deste aqui é o famoso Carroussel de Lyon.
Montado há muitas décadas na Rua da República, o carroussel fica defronte de um espelho d’água muito agradável em dias sem neve em plena Praça da República (veja abaixo).
Não muito longe da escadaria da beira do rio onde está a famosa escultura ONLY LYON em letras vermelhas, na Praça Bellecour, este carroussel é um dos poucos com dois andares que já fotografei (outro que me lembro fica aos pés da Torre Eiffel, em Paris).
Os leitores de In Vino Viajas sabem que “coleciono” imagens de carrousséis. Carrosséis são antigas criações de lazer popular e existem em praticamente todos os continentes. Veja nas fotos a seguir alguns detalhes deste de Lyon.
São conhecidos por carrousel em frances, carosello ou giostraem italiano; carosella em espanhol e merry-go-round em ingles. Alguns deles são guardados como verdadeiro patrimônio cultural da cidade.
Historiadores dizem três coisas curiosas sobre carrosséis: 1) o primeiro registro da existência de um carrossel destes é um baixo-relevo bizantino com cerca de 500 anos Antes de Cristo; 
2) carrosséis foram utilizados como parte do treinamento de soldados das cavalarias turca e árabe no século XII; 
e 3)  na Europa os carrosséis giram no sentido horário e nos Estados Unidos eles andam quase sempre no sentido anti-horário – isto como cultura inútil é simplesmente maravilhoso.
Os mais antigos na Europa são franceses e datam do século XVI; eram utilizados para enfeitar palácios e áreas imperiais ou entreter convidados em eventos da corte como casamentos ou recepções a visitantes de outros paises.
Não sei muito mais sobre carrosséis, mas meu lado criança se divertiu muito com este clássico carroussel da Praça da República, em Lyon, e por isso compartilho com você, enquanto almoço na capital francesa da gastronomia. Um brinde a isso!
(*) Rogerio Ruschel – rogerio@ruscheleassociados.com.br  – é jornalista de turismo de qualidade e consultor especializado em sustentabilidade. Foi a Lyon por conta dele mesmo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *