Coisa de chines: um mega hotel ecológico e futurista numa pedreira desativada

Tempo de leitura: 2 minutos

 

Rogério Ruschel (*)
Uma gigantesca mina abandonada no distrito de Songjiang, região famosa por suas belezas naturais e um dos principais destinos turísticos da China, vai abrigar um complexo hoteleiro de luxo erguido segundo padrões de construção ecológica.

 

Orçado em 528 milhões de dólares, o projeto da rede InterContinental (que terá o nome de Shimao Intercontinental Hotel) começou a ser construido em outubro de 2012 e terá 19 andares e 380 quartos embutidos uma cratera de quase 100 metros de profundidade (veja abaixo) localizada ao pé das montanhas de Tianmenshan, região próxima à Xangai.

 

Dois andares ficarão totalmente submersos e terão quartos, restaurantes e um aquário com vista para o fundo do lago. A água tem um papel fundamental no design, sendo destaque em muitas áreas, como você pode ver na fotos abaixo.

 

O projeto é de 2007 de uma empresa britânica e incorpora vários elementos ecológicos: a estrutura vaise integrar à paisagem; cachoeiras artificias serão incorporadas ao projeto; todo o complexo será coberto por um telhado verde; o edifício utilizará energia solar e geotérmica para eletricidade e aquecimento. E as condições da pedreira também irão fornecer uma boa fonte de controle térmico, mantendo a temperatura sempre amena. O hotel vai ter uma grande área de esportes radicais com bunge-jumping, alpinismo, caminhadas, mergulhos – tudo no contexto de esportes extremos.

 

Os preços partirão de 300 dólares por noite e o hotel deve abrir no fim de 2014 ou começo de 2015. Como o cardápio oferecerá aos hóspedes especialidades chinesas e comida de padrão ianternacional, quando voice for lá vai poder escolher vinhos franceses, italianos, portugueses, espanhóis… E eventualmente até vinhos brasileiros, porque a China foi em 2012 o principal importador de vinhos do Brasil, embora tenha comprado produto por menos de 1 dólar o litro… Mas isso é outra história que vamos comentar em breve.
(*) Rogério Ruschel é enófilo, jornalista de turismo de qualidade e consultor especializado em sustentabilidade. Ainda não conhece a China, mas quem sabe poderá um dia se hospedar no Shimao Intercontinental Hotel

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *