O encanto medieval dos vilarejos sicilianos: Érice e Forza D’Agró

Tempo de leitura: 2 minutos

Por Rogerio Ruschel (*)
A cidade de Érice, na Sicilia, foi fundada em torno de 500 AC pelos elimos, um povo que cultuava Vênus, a deusa do amor dos romanos (Afrodite para os gregos), com o nome de Venere Ericina.
Localizada perto de Trapani e a 110 Km de Palermo, a capital siciliana, a pequena cidade de 25 mil habitantes fica no alto do Monte Giuliano (ou monte Érix) em um platô com um precipício de 750 metros na beira do mar.
Por causa disso quando cai a noite tudo fica envolto em neblina que permanece até de manhã – são as brumas mágicas de Érice, como a que registrei acima.
Nestes 3.000 anos de vida andaram por estas ruas estreitas, por períodos longos ou curtos, cartaginenses, bizantinos e visigodos; árabes que a conquistaram em 831 D.C e os normandos, a partir do século XII – sem falar que foram encontrados vestígios de fenícios de antes da história registrada.
A planta da cidade é triangular, com duas portas de entrada e a cidade conserva o traçado medieval com ruelas, palácios e muralhas; ruas mágicas nas quais você encontra fachadas de antigas lojas medievais que foram convertidas em bares convidativos, escritórios de artistas e artesãos.
Acho que a palavra mais correta para definir Érice é “mágica”.
Outro lugar com ruas encantadoras é Forza D’Agró. Localizada uns 20 qulometros de Taormina, a comuna é outro local da minha “coleção” de vilarejos mais simpáticos do mundo, com suas ruas, praças, becos e prédios antigos.
É um vilarejo medieval no alto de uma montanha, olhando há mais de 2.500 anos para o Oceano Jônico, cercado pelas montanhas Peloritani. 
Em 1117 Forza D’Agró foi entregue aos monges  Basilianos do grande mosteiro de São Pedro e São Paulo.
As duas principais atrações do vilarejo – além das ruas e da vista espetacular – são a ruína de um castelo do século XVI (que hoje é parte de um cemitério local) e uma igreja, a Chiesa della Trinitá (abaixo), na qual em 1972 Francis Ford Coppola filmou a cena de casamento da filha do “Poderoso Chefão”, com a presença de Marlon Brando, Al Pacino, James Caan e a noiva, Tália “Connie Corleone” Shira. 
Acho que a palavra para definir Forza D’Agró é “fascinante”.

Veja mais sobre a Sicilia:

(*) Rogério Ruschel – é jornalista e consultor especializado em turismo sustentável; esteve na Sicília durante 30 dias pesquisando roteiros turísticos turísticos para uma empresa.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *