Enoturismo do desejo: hotéis maravilhosos nos vinhedos do Douro, Lombardia, Borgonha, Mosel e de La Rioja

Tempo de leitura: 3 minutos

 

Por Rogerio Ruschel (*)
O Trivago, um motor de busca de hotéis, elaborou uma lista de cinco hotéis de classe em cinco países diferentes da Europa onde fazer vinho é uma arte e um estilo de vida: Douro/Portugal, Lombardia/Itália, Borgonha/França, La Rioja/Espanha e Mosel/Alemanha.

Os hotéis foram selecionados tendo em conta a sua reputação (feita como uma média de todas as avaliações dos utilizadores deixadas nos mais de 200 sites de reserva associados ao motor de busca), a sua localização e as comodidades oferecidas. Conheça um pouco sobre eles a seguir.

Hotel Aquapura Douro Valley – Douro, Portugal
Na margem sul do Douro, pouco depois de Resende para quem vai na direção de Espanha, fica o Aquapura Douro Valley, requintado hotel de cinco estrelas. Todo o espaço do hotel, que engloba uma área global de 8 hectares, reflete as características da região. A panorâmica sobre as encostas do Douro cobertas de vinho é inolvidável e o próprio hotel incorpora cinco hectares de mata para além da obrigatória sala de vinhos. Veja nas fotos abaixo da fachada do hotel, a propriedade no outono e as encostas do Douro no verão.

 

Hotel L’Albereta – Lombardia, Itália
Este hotel de luxo, uma renovada vila do século XIX, oferece todo o conforto para ficar a conhecer os melhores vinhos da região da Lombardia, nomeadamente o próprio Chardonnay Vigna Leone, exclusivo do hotel. Tem ao seu dispor um spa de 1 400 metros quadrados e ainda um renomado restaurante gourmet, chefiado por Gualtiero Marchesi, um dos mais famosos chefs italianos do mundo, considerado por muitos o fundador da cozinha italiana moderna. Veja as fotos abaixo da fachada e do vinhedo no qual os hóspedes podem brincar de vindima.

 

Hotel Château André Ziltener – Borgonha, França
Chambolle-Musigny é uma pequena povoação com menos de 400 habitantes mas goza de uma popularidade e reputação alargadas devido aos seus vinhos de alta qualidade. É aqui, entre Dijon e Beaune, que se encontra o Château André Ziltener. Além da degustação de magníficos vinhos, pode encontrar aqui também um museu do vinho e ficar a conhecer a história da zona e do château. Neste estabelecimento de gerência familiar o atendimento, como a decoração, é personalizado. Veja nas fotos abaixo o portão de entrada, parte do vinhedo e da gastronomia com vinho exclusivo do hotel.

 

Hotel Señorío de Briñas – La Rioja, Espanha
O hotel Señorío de Briñas está instalado num renovado edifício do século XVII, a apenas três quilómetros de Haro, cidade proeminente na região vinícola La Rioja. Aqui é possível relaxar na maior das tranquilidades, saborear ótimo vinho e sentir um pouco do ambiente de outras eras. O spa, localizado na antiga adega, para além de oferecer as opções tradicionais, providencia ainda uma “terapia de vinho” para mergulhar literalmente no espírito da região. Veja nas fotos abaixo: a fachada da Hospedaria, um detalhe do corredor interno e o vilarejo de Briñas.

 

Hotel Weinromantikhotel Richtershof – Mosel, Alemanha
Num antigo lagar em Mülheim an der Mosel fica o Weinromantikhotel Richtershof. Naquela que é uma das mais conceituadas regiões de vinho alemãs, elementos barrocos conferem uma aura romântica ao local. A degustação de vinhos é da máxima qualidade, mas há várias outras comodidades disponíveis: a atmosfera romântica estende-se até ao florido jardim e à casa de chá. Os quartos estão decorados individualmente, completando o ambiente único. Veja as fotos abaixo.
(*) Rogerio Ruschel é jornalista de turismo. Texto originalmente publicado em revistas européias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *