Conheça Iniesta, campeão do mundo pelo Barcelona e pela Espanha, um craque nos estádios e nos vinhedos

Tempo de leitura: 5 minutos

Por Rogerio Ruschel (*)
Sempre respeitei o talento. E agora convido meu prezado leitor a conhecer Iniesta, um cara que nasceu num pequeno vilarejo da Espanha, é uma personalidade internacional por ser um dos melhores jogadores de futebol do mundo – mas é discreto e simples, um modelo a ser seguido como profissional, pai, filho e ser humano.
Andrés Iniesta Lujan nasceu em 11/5/1984 em Fuentealbilla, um vilarejo com menos de 2.500 moradores na Província de Albacete, região de Castella-La Mancha, na Espanha. Cresceu correndo pelas ruas simples do vilarejo e pelos vinhedos do avô e da região (fotos abaixo). Em uma entrevista recente revelou que adorava aquilo e aos oito anos de idade queria trabalhar na terra e produzir vinhos.
Mas também gostava de jogar futebol e aos 12 anos, quando estava na equipe junior do modesto e desconhecido Albacete Balompié Futbol Club, foi convidado pelo Futbol Club Barcelona para ir para  La Masía, o centro de formação de jogadores do badalado clube – veja parte da administração do centro de treinamento na foto abaixo.
Iniesta foi e não saiu mais do Barcelona, onde está há quase 14 anos. Sofreu muito porque tinha saudades de casa, mas tinha talento e se tornou um vencedor. Só para relembrar, em 2010 foi campeão do mundo pela Espanha (o que não vai repetir na Copa 2014, porque os brasileiros vão ganhar); em 2011 foi campeão da Copa do Mundo de Clubes pela segunda vez e nos últimos 4 anos tem estado em qualquer lista dos melhores do mundo, competindo com Messi, Cristiano Ronaldo e um ou outro.
Tem gente que acha que Iniesta é o melhor jogador do Barcelona e da Seleção Espanhola. Mas, além do jogador que faz magia com a bola e coloca seus parceiros na “cara do gol”, Iniesta é uma pessoa que respeita e compartilha valores familiares, um amante do vinho como parte de sua própria cultura (sempre que pode trabalha na vinícola, veja abaixo) e uma pessoa comprometida com a sua terra natal, sua comunidade, com suas raízes.
Aliás, Iniesta participa de uma campanha para que a sua cidade Fuentealbilla seja reconhecida como Patrimônio da Humanidade pela Unesco; na foto abaixo ele apresenta a cidade para visitates de um site da campanha no Facebook.
 Um exemplo: ele podia “ajudar” com alguns Euros, mas entre 2011 e 2013 doou um total de 660 mil Euros ao Albacete Futebol Clube para salvá-lo de uma crise financeira – e não, não comprou o clube, apenas ajudou, porque jogou lá quando crianca e porque seu pai era Conselheiro. Casado, tem uma filha (Valeria, veja abaixo) e teve que superar a dor da perda de outro filho, quando sua mulher estava no sétimo mes de gravidez.
Ele poderia estar gastando dinheiro comprando jatinhos e apartamentos luxuosos, criando casos com jornalistas, fotógrafos e com a polícia (usando drogas como outros tantos VIPs), poderia reclamar do mundo quando seu filho morreu – mas Iniesta é um ser humano que prefere a companhia sincera dos amigos e de pisar no chão.
E o chão que ele gosta de pisar – além do gramado de Camp Nou, o estádio do Barcelona – é Fuentealbilla (onde Iniesta já é nome de uma rua), provincia de Albacete, entre os rios Cabriel e Iúcar, onde está a empresa de sua familia, a Bodega Iniesta – veja abaixo uma foto aérea da propriedade.
Na região os Iniesta plantam uvas típicas regionais (como Macabeo, Bobal e Graciano) e internacionais (como Chardonnay, Petit Verdot e Sauvignon Blanc) e produzem vinhos tintos, brancos e rosés com duas marcas: Finca El Carrill e Corazón Loco com a Denominação de Origem (D.O.) Manchuela.
Embora a familia esteja no negócio de vinhos desde os anos 1970 (acima, Iniesta com seu pai), somente em 2010 a empresa atingiu a maturidade empresarial que perseguiam, com 120 hectares de videiras produzindo e o projeto industrial moderno funcionando  (fachada na foto abaixo), o que já permitiu que em 2013 a produção atingisse 700 mil garrafas, o que é bastante.
Os rótulos com a marca “Finca El Carril” (abaixo) são produzidos com uvas autóctones e variedades tradicionais e tem preços que respeitam o consumidor: uma embalagem com 1 garrafa de tinto e 1 branco custa 19 euros.
Já os produtos da marca “Corazón Loco” (acima) são mais jovens, frescos e dinâmicos, vinhos desenvolvidos para paladares mais jovens e ocasiões mais informais – “com um sabor mais aveludado na boca”, segundo o próprio Iniesta. Um conjunto com 3 garrafas custa 17 Euros. A Bodega Iniesta atualmente distribui seus produtos apenas na Espanha, mas atende pedidos feitos pela internet e entrega em em toda a Europa, talvez também no Brasil; tente pelo site, em http://www.bodegainiesta.es
Convidado a sugerir harmonizações com seus vinhos, Iniesta diz que “São vinhos que podem ser combinados com qualquer prato, mas eu gostaria de recomendar o Finca el Carril Valeria, um Chardonnay envelhecido em barril, para ser harmonizado com bacalhau em molho; o Sauvignon Blanc Coração Louco combina com qualquer tipo de risoto e com carne branca e finalmente o Sorcerer com uma boa vitela”.
Os vinhos são produzidos com uvas qualificadas e tecnologia moderna, por técnicos qualificados – como deveria ser um investimento de primeira classe. A propriedade oferece recursos de enoturismo como gastronomia típica e de qualidade, degustações, visita aos vinhedos e à área produtiva, além de hospedagem simples no pequeno vilarejo – aliás, mesmo com menos de 2.500 moradores Fuentealbilla produz cultura em eventos religiosos e culturais e oferece atrações turísticas como ruínas de muralhas romanas (abaixo).
Então,meu caro leitor, um brinde a Andrés Iniesta, uma pessoa que vem ajudando a deixar o mundo mais divertido e melhor – tim-tim! Para conhecer a comunidade de Iniesta acesse: http://www.fuentealbilla.es
Outros posts da série Taças na Copa:
Sobre o Faces, o vinho oficial da Copa do Mundo 2014 da FIFA: http://www.invinoviajas.com/2014/05/um-brinde-copa-do-mundo-2014-com-o/
(*) Rogerio Ruschel é jornalista, enófilo e gosta de ver Iniesta jogando – longe da seleção brasileira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *