Bordeaux é eleita o Melhor Destino Europeu 2015 e se prepara para inaugurar a “Cidade das Civilizações do Vinho” em 2016

Tempo de leitura: 3 minutos

–>Por Rogerio Ruschel (*)

Meu caro leitor, hoje vamos de Bordeux. A organização “Melhores Destinos Europeus” anunciou os resultados da edição de 2015 do Destino Europeu do ano e a cidade eleita foi Bordeaux, a capital mundial do vinho. A eleição deste ano bateu todos os recordes com 244.696 votos de eleitores de 113 países recolhidos durante a competição de 21 dias pela internet. Abaixo, detalhe da Place de la Bourse e o logotipo oficial da eleição.

–>

O concurso é realizado anualmente pela organização “Melhores Destinos Europeus” com sede em Bruxelas, cujo objetivo é a promoção da cultura e do turismo na Europa e estavam competindo outras 19 cidades préviamente selecionadas: Amsterdam, Atenas, Barcelona, Berlim, Bruxelas, Innsbruck, Istambul, Lisboa, Ljubljana, Londres, Madrid, Malta, Milão, Paris, Reykjavik, Riga, Roma, Viena e Zagreb (veja mapa abaixo). A segunda colocada foi Lisboa, capital portuguesa que sempre se destaca em qualquer competição turística.

–>Para Bordeaux esta eleição vai ser uma espécie de aquecimento para 2016 quando deve ser inaugurado o fabuloso projeto “Cidade das Civilizações do Vinho”, um enorme conjunto de atrações na beira do rio Garone com custo total de construção estimado em 63 milhões de Euros.

–>O projeto – já apresentado aqui por In Vino Viajas, veja os links mais abaixo – está sendo divulgado pelos franceses como “Nem  museu, nem parque temático, e sim um passeio multimídia lúdico, espetacular,  e que apela para os sentidos; a cidade vai fundir a sutileza com o melhor dos universo do vinho para que as emoções, as sensações e os sonhos sejam os protagonistas. E bem acima de tudo estará um mirante panorâmico que permitirá contemplar Bordeaux e seus vinhedos.” Veja abaixo a maquete do projeto e o local onde está sendo construído, na beira do rio Garone.

–>Os franceses querem que o projeto se transforme em um monumento emblemático do mundo do vinho, mas não querem compartilhar prestígio: recentemente deram posse ao Conselho de Administração para a futura “Cidade das Civilizações do Vinho” composto por 15 personalidades – 14 francesas e apenas um estrangeiro, o espanhol Santiago Vivanco, do Museu Vivanco, Fundación y Experiencias (que In Vino Viajas já entrevistou, veja mais abaixo) e que é o melhor do mundo na opinião de todas as pessoas e da Unesco. 

O novo Conselho está na foto acima. Entre os Conselheiros franceses estão Alain Juppé, ex-Ministro da França e atual prefeito de Burdeaux; SAR Roberto de Luxemburgo, o príncipe de Luxemburgo; Jocelyne Pérard, Professora Emérita de Geografía e Fundadora da Cátedra Cultura e Tradições do Vino da UNESCO na Universidad de Borgoña; Sylvie Cazes, Presidente da Societé Bordeaux Saveurs; Jancis Robinson, crítico e jornalista, autor de livros badalados e Jean-Marie Chadronnier, Viticultor conhecido e Membro do Conselho de Surveillance de Vinexpo.

Pois mesmo assim proponho um brinde aos franceses e à bela Bordeaux, a capital mundial do vinho.
Conheça o patrimônio cultural de Bordeaux aqui: http://www.invinoviajas.com/2013/06/bordeaux-capital-do-vinho-e-maior/
Conheça o projeto da “Cidade das Civilizações do Vinho” – http://www.invinoviajas.com/2014/03/bordeaux-inicia-construcao-da-cidade/
Conheça o Museu da Cultura do Vinho de La Rioja neste post: http://www.invinoviajas.com/2013/12/museu-da-cultura-do-vinho-de-la-rioja/
Veja entrevista exclusiva com Santiago Vivanco aqui: http://www.invinoviajas.com/2013/12/a-cultura-do-vinho-pode-ser-um/
(*) Rogerio Ruschel é jornalista em São Paulo, Brasil e gosta muito de Bordeaux

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *