Brasil sedia o Primeiro Encontro Franco-Brasileiro do Vinho Natural no Rio de Janeiro e em São Paulo – de 30 de março a 2 de abril

Tempo de leitura: 3 minutos

Por Rogerio Ruschel (*)

Preparado com muito carinho, o Primeiro Encontro Franco Brasileiro do Vinho Natural vai ser realizado no Rio de Janeiro  (dias 30 e 31 de março) e em São Paulo (dias 01 e 02 abril), reunindo produtores franceses e brasileiros. A iniciativa é de Alain Ingles, produtor no Rio de Janeiro, com o apoio de toda a comunidade que trabalha no segmento. Os participantes poderão degustar os vinhos dos produtores juntamente com seus autores o que é uma ótima oportunidade, porque todos são muito respeitados. Na véspera de cada dia de feira, serão realizados jantares com estes mesmos vinhos em restaurantes da cidade.

 

Segundo os promotores, o objetivo desse encontro é “promover o vinho natural e suas, proporcionar o contato direto de profissionais do mercado brasileiro e consumidores finais com os expositores internacionais e promover o intercâmbio entre produtores franceses e brasileiros.” Nessa primeira edição, o evento fará homenagem a Pierre Overnoy (foto acima), produtor emblemático da região do Jura, França, e personagem histórico, aclamado pela sua importância no cenário do vinho natural na França e no mundo, que virá pessoalmente dar sua contribuição ao mercado brasileiro. Veja abaixo um resumo gráfico da filosofia do projeto espanhol Microvinhas, badalado produtor de vinhos com alto grau de sustentabilidade socioambiental.
Participantes da França:
Emmanuel Houillon e Pierre Overnoy / Domaine Houillon-Overnoy
Jean e Agnés Foillard / Domaine Jean Foillard
Eric e Marie Pfifferling / Domaine L’Anglore
Pierre e Catherine Breton / Domaine Breton
Sebantien Bobinet e Emeline Calvez / Domaine Sebastien Bobinet
Patrick e Mireille Meyer / Domaine Julian Meyer
Marcel Richaud / Domaine Richaud
Produtores do Brasil:
Marco Danielle (Tormentas)
Mauricio Ribeiro (Vinhedo Serena)
Lizete Vicari (Domínio Vicari)
Eduardo Zenker (Arte da Vinha)
Marina Santos (Vinha Unna)
Luís Henrique Zanini (Era dos Ventos).
Na foto acima, rótulos produzidos por Marco Danielle, da Vinícola Tormentas, que poderão ser conhecidos no evento. Os vinhos biológicos, orgânicos, biodinâmicos ou naturais estão cada vez mais populares e se tornando moda no mundo. Lis Cereja (foto abaixo), sommeliére e dona do restaurante e loja Enoteca Saint Vin Saint, de São Paulo se antecipou ao modismo: há 10 anos seu restaurante só trabalha com vinhos naturais e biodinâmicos de pequenos produtores, sendo que 1/3 da carta é só de vinhos brasileiros. Recentemente ela me disse que “por incrível que pareça os vinhos brasileiros são os que mais saem”.

 

Mas no Brasil as dificuldades para produzir vinhos naturais ainda são grandes. Eduardo Zenker, da Arte da Vinha, de Carlos Barbosa-RS, outro dos produtores participantes, me disse em entrevista que “Nossa safra é afetada muito pelo nosso clima (úmido e instável), sou muitas vezes caricaturado por querer procurar um vinho que expresse as características do local, sofro com falta de mão de obra e quando se encontra é caríssima e sua disponibilidade sazonal – trabalho praticamente sozinho. Acredito que as únicas facilidades que apareceram nos últimos anos para os vinhos naturais foram o aumento da procura por vinhos elaborados dessa forma, e parceiros que aceitaram comercializar os vinhos.” Veja abaixo um quadro que resume a produção de vinhos biodinâmicos.

 

Programação
No Rio de Janeiro
Jantar harmonizado dia 30/03/2015 com a presença de produtores às 20 horas no restaurante Casa Vieira Souto: Avenida Vieira Souto, nº 234 em Ipanema a R$ 300 por pessoa. Feira dia 31/03/2015 no restaurante Aprazível: Rua Aprazível, 62 – Santa Tereza – das 13 às 16 horas para profissionais do setor e das 16 às 20 para o grande público a R$ 100 por pessoa.
Em São Paulo
Jantar Harmonizado com a presença de produtores dia 1/04/2015 no restaurante Bravin – Rua Mato Grosso, nº 154 na consolação a R$ 300 por pessoa. Feira dia 02/04/2015 no Espaço Coleção Particular: Rua Arthur de Azevedo, 51 em Pinheiros – das 13 às 16 horas para profissionais do setor e das 16 às 20 para o grande público a R$ 100 por pessoa.
Para saber mais sobre vinhos naturais acesse – http://www.invinoviajas.com/2014/02/vinhedos-e-vinhos-biologicos-organicos/
Para conhecer o projeto Microvinhas acesse – http://www.invinoviajas.com/2014/11/oportunidades-e-dificuldades-para-o/

 

3 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *