Malbec e Cinema: uma proposta inteligente da Argentina para promover seus vinhos e sua cultura

Tempo de leitura: 5 minutos

 

Por Rogerio Ruschel (*)
Meu prezado leitor ou leitora, a Argentina tem muitas coisas boas além do Messi, do churrasco e do tango e está associando duas delas para promover sua cultura e sua economia: o cinema e seus vinhos. O Malbec e o Cinema é uma ideia inteligente dentro de uma promoção também inteligente iniciada no ano 2000 quando os argentinos inventaram de comemorar o Dia Mundial do Malbec em 17 de Abril. Neste ano de 2015, em sua quinta edição, o Dia Mundial do Malbec está gigantesco: vai realizar mais de 70 eventos em 64 cidades de 50 países ao redor do mundo para honrar a uva Malbec (que é “a cara da Argentina” assim como o Tannat é do Uruguai, e o espumante um dia vai ser do Brasil) e mostrar a alma dos argentinos, com os recursos sensoriais do cinema.

 

Como In Vino Viajas promove a cultura como benefício civilizatório, relembro que o cinema argentino tem passado por uma forte revigoração desde a década de 1990 e ganhou prestígio internacional com bons filmes, bons diretores e bons atores. Um dos resultados é um ótimo desempenho no Prêmio Oscar: o país teve seis indicações e conquistou dois prêmios de Melhor Filme Estrangeiro: “A História Oficial”, em 1985, que levou para asa telonas o amargo sabor da ditadura militar no país e o “O Segredo dos Seus Olhos”, em 2010, dirigido por Juan José Campanella e estrelado por Ricardo Darín. Então, sim: os argentinos são bons também em cinema.

 

O Dia Mundial do Malbec 2015, uma promoção da Wines of Argentina (que é a responsável pela imagem dos vinhos argentinos no mundo) tem como ponto de partida um evento que será realizado nesta sexta-feira, dia 10 de abril, no Mercado El Dorrego, em Buenos Aires, no coração do Distrito Audiovisual do país, com a projeção de três curta-metragens e a abertura de uma exposição sobre o cinema e sobre os vinhos.  A exposição se chama “Lights, Camera, Malbec” e está focada no público de jovens adultos de 25 a 35 anos, e inclui, obviamente a degustação de vinhos Malbec de todos os estilos e terroirs, a oferta de gastronomia em truck-foods, mini-palestras sobre cultura de vinhos e o download gratuito da programação oficial do evento para aparelhos iPhone e Android. Veja abaixo dois produtos de exportação em uma vinícola argentina: tango e vinhos.

 

Entre os dias 15 e 17 de abril na rua Virgen del Carmen de Cuyo, em Mendoza, a capital argentina do vinho (veja abaixo), moradores e turistas vão compartilhar uma série de eventos na “Peatonal del Vino”, uma espécie de outlet de vinhos que fica dentro de um espaço público e praça que oferece recreação, cultura e turismo. Os peatones – isto é, pedestres – poderão assistir filmes, dançar tango, participar de debates, comer bem, passear e curtir, degustar vinhos e comprar garrafas diretamente de produtores, a preços especiais. Além, é claro de ter a oportunidade de ver esta paisagem maravilhosa dos vinhedos nos Andes, na região de Mendoza, abaixo.

Durante todo o mes de abril em 64 cidades de 50 países serão realizados eventos baseados na promoção básica “Lights, Camera, Malbec” – veja mapa ilustrativo abaixo. Até mesmo no Brasil, onde eventos em lojas e importadoras serão realizados em Campinas, Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro e Recife. O grande evento brasileiro será no dia 23, no São Paulo Terrazas do Shopping JK Iguatemi, em São Paulo: o visitante receberá um cálice para provar os malbecs e poderá assistir curta-metragens sobre vinhos e ouvir uma mini-palestra de André (Déco) Rossi, relações públicas da Wines of Argentina no Brasil. Para saber mais contate ctonnelier@winesofargentina.com. Além dos eventos em espaços públicos, a indústria vinícola argentina, em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores e Comércio Internacional da Argentina, vai realizar eventos com jornalistas, compradores e convidados especiais em mais de 50 países. 

Durante todo o mes de abril em 64 cidades de 50 países serão realizados eventos baseados na promoção básica “Lights, Camera, Malbec” – veja mapa ilustrativo acima. Até mesmo no Brasil, onde eventos em lojas e importadoras serão realizados em Campinas, Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro e Recife. O grande evento brasileiro será no dia 23, no São Paulo Terrazas do Shopping JK Iguatemi, em São Paulo: o visitante receberá um cálice para provar os malbecs e poderá assistir curta-metragens sobre vinhos e ouvir uma mini-palestra de André (Déco) Rossi, relações públicas da Wines of Argentina no Brasil. Para saber mais contate ctonnelier@winesofargentina.com. Além dos eventos em espaços públicos, a indústria vinícola argentina, em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores, Comércio Internacional da Argentina, vai realizar eventos com jornalistas, compradores e convidados especiais em mais de 50 países. Veja abaixo uma foto que comove qualquer turista: o charme dos vinhedos e vinícolas na região de Mendoza.

Os argentinos sabem que vinho vale dinheiro – e também com enoturismo, atividade na qual atraíram mais de 1,45 milhões de visitantes a 199 vinícolas, entre os quais milhares de brasileiros – veja o quadro acima. Brindo a eles.

Saiba mais sobre o Malbec Day 2015 em https://www.facebook.com/winesofargentina 
(*) Rogerio Ruschel edita In Vino Viajas a partir de São Paulo, Brasil, não deve favores para vinícolas e só tem compromisso com o leitor; por isso continuará insistindo na mudança de atitude por parte dos produtores de vinhos do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *