Viagem visual: Dia do Enoturismo 2015 extrapola a Europa e promove milhares de eventos em mais de 100 municípios de 10 países neste mes de novembro

Tempo de leitura: 3 minutos

 

Por Rogerio Ruschel (*)
Meu querido leitor ou leitora, aqui está uma boa ideia: o Dia do Enoturismo Europeu cresceu mais de 300% em apenas sete anos e atualmente é comemorado ao longo de todo o mes de novembro em pelo menos 14 países de tres continentes. Ao longo desta matéria publicamos uma série de cartazes relacionados ao evento, mostrando que o Dia do Enoturismo é sinônimo de lazer, entretenimento, cultura e confraternização.

 

 

O Dia do Enoturismo Europeu foi criado em 2009 pela Recevin, a Rede Europeia das Cidades do Vinho, uma entidade sem fins lucrativos que reúne municípios nos quais o vinho é econômicamente estratégico de 11 países europeus: Alemanha, Áustria, Bulgária, Eslovenia, Espanha, França, Grécia, Hungria, Itália e Portugal.

 

 

A Recevin oferece às cidades uma coalisão de interesses políticos e uma plataforma de intercâmbio de experiências, além dos ganhos de trabalhar em conjunto; na verdade a Recevin amplia o trabalho associativo dos países participantes que mobilizam municípios em seus paises, tais como a AMPV – Associação dos Municipios Portugueses do Vinho, a Cittá del Vino da Itália, aIter Vitis da França, a Acevin da Espanha e outras.

 

 

Uma das atividades que melhor representa esta capacidade de mobilização do trabalho em conjunto é a comemoração do Dia Europeu do Enoturismo. Instituido em 2009 para ser comemorado no segundo domingo de novembro, a celebração do Dia Europeu do Enoturismo contou naquele ano com a participação de 33 municipios e rotas de vinho de 4 países europeus (Espanha, Grécia, Itália e Portugal).Veja abaixo a programação da cidade de Bento Gonçalves, no Vale dos Vinhedos, Brasil).
 

 

 

Já em 2014 mais de 80 municípios e rotas de vinho de cinco países europeus participaram, e o evento expandiu fronteiras e foi também comemorado nos Estados Unidos, Argentina, Brasil e Uruguai. 

 

 

O Dia Europeu do Enoturismo compreende uma série de eventos baseados na promoção dos valores do turismo e dos territórios do vinho que cada cidade organiza no seu território e que são promovidos conjuntamente de modo a que haja um maior impacto ao nível de divulgação.

 

 

Entre os eventos estão o enoturismo clássico com a abertura das adegas, a descoberta da riqueza paisagística, a valorização e venda de vinhos, azeites e outros produtos típicos, artesanais e genuínos que refletem a cultura, a natureza e a tipicidade do território – mas também a organização de eventos técnicos sobre vitivinicultura.

 

 

Na maioria dos casos os cartazes que estamos publicando são apenas parte do material de divulgação dos municípios ou rotas de vinho, mas a programação pode incluir mais de 40 eventos em algumas cidades – procure em cada cidade. Por isso em 2015 estima-se a realização de cerca de 1.000 eventos em 100 municípios.

 

 

Só em Porrtugal, já haviam divulgado sua programação 19 municípios: Barcelos, Cartaxo, Coruche, Reguengos de Monsaraz, Viana do Castelo, Marco de Canaveses, Loures com Rota do Vinho de Bucelas, Colares e Carcavelos, Silves, Nelas, Montijo, Borba, Palmela, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Melgaço com Rota do Alvarinho e Tomar.  
Eu já comecei a comemorar: um brinde ao Dia Interncional do Enoturismo! 
(*) Rogerio Ruschel edita In Vino Viajas a partir de São Paulo, Brasil e acha que todos os dias são do Enoturismo Mundial

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *