Congressos internacionais da Aenotur em 2015 inauguram sede da entidade e mobilizam profissionais, empresas e organizações em vários países.

Tempo de leitura: 4 minutos

Por Rogerio Ruschel (*)
Prezado amigo ou amiga. O desenvolvimento do enoturismo tem se acelerado nos últimos 5 anos e para que fique registrado, apresento nesta matéria um resumo das atividades da Aenotur (Associação Internacional de Enoturismo)no ano de 2015, dos quais tive a oportunidade de participar. Este artigo foi publicado também na edição de novembro de 2015 da revista da AMPV  (Associação dos Municípios Portugueses de Vinho) (ver foto abaixo), entidade que representa cerca de 80 municípios portugueses e que foi co-fundadora da Aenotur.
Como o enoturismo vem crescendo muito rapidamente em todas as regiões vinícolas do planeta, se mostrou necessária a criação de uma entidade que estabelecesse pontes de relacionamento positivo entre os vários continentes para facilitar a qualificação profissional e intercâmbios de mercado. Com esses objetivos a Aenotur foi criada em maio de 2014 e atualmente reúne cerca de 400 municípios, diretamente ou através de entidades associativas, em sete países (Argentina, Brasil, Uruguai, Portugal, Espanha, França e Portugal). A Aenotur realizou dois congressos internacionais de 2015 para debater aspectos de mercado, qualificação profissional, intercâmbio e expansão geográfica, dos quais participei como repórter e como palestrante.
O 4o. Congresso Internacional de Enoturismo – Europa foi realizado de 2 a 4 de julho na região do Minho e dos Vinhos Verdes, norte de Portugal (na cidade de Viana do Castelo com visitas técnicas a Ponte de Lima, Ponte da Barca, Melgaço e Monção) e Espanha (Cambados) pela Câmara Municipal de Viana do Castelo com o apoio da AMVP e da Xunta de Galícia e reuniu 22 palestrantes de Portugal, França, Itália, Espanha, Alemanha, Brasil, Argentina e Uruguai.
Cerca de 300 congressistas asssistiram a mais de 20 conferências sobre o perfil do enoturista, a oferta de produtos no mercado internacional e participaram de visitas técnicas a Museus e vinícolas da região. Na foto acima uma das mesas diretoras do evento e abaixo evento de congraçamento entre os participantes.
Entre os principais resultados registra-se a eleição da Diretoria 2015/2017 presidida pelo Eng.º José Maria Costa, Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo (no centro da foto abaixo) com diretores da AMPV (Portugal), Associação Iter Vitis (França), Cittá del Vino (Itália), do Brasil e do Uruguai.
Outro evento importante para a organização e seus associados foi a inauguração da sede da Aenotur em Viana do Castelo. A sede fica no edifício do Hospital Velho, na Praça da Erva, em pleno centro histórico da cidade, um patrimônio com mais de 800 anos, onde funcionou até final de 2014 um Posto de Turismo do Porto e Norte de Portugal. Veja as fotos abaixo.

 

 

Congresso na America Latina
A Aenotur é a primeira organização que busca estabelecer intercâmbio de conhecimentos e de mercado entre os paises europeus ibéricos e sul-americanos e na qual países da América Latina não são apenas assistentes, e sim protagonistas. A realização deste Congresso no Uruguai é uma das iniciativas para o estabelecimento destas pontes sobre o Oceano Atlântico.
De 16 a 18 de setembro foi realizada o 5o. Congresso Internacional de Enoturismo – Latinoamérica da Aenotur em Montevidéu, Uruguai, coordenado pela Associación de Turismo Enológico del Uruguay (Ateu) com o apoio da AMVP e do Ministério do Turismo do Uruguai. Veja foto do cartaz acima e a abertura do evento com a presença do Ministro Substituto do Turismo do Uruguai, na foto abaixo.
 Cerca de 280 profissionais participaram de mais de 20 horas de palestras apresentadas por especialistas da Argentina, Brasil, Chile, Estados Unidos, Espanha e Portugal com estudos de mercado, casos de sucesso, políticas públicas e modelos de capacitação. Nas fotos abaixo o grupo de palestrantes e organizadores em foto oficial e o congraçamento entre participantes em uma das visitas técnicas.
O evento marcou a aproximação da Aenotur com a América do Norte – através da Visit Napa Valley – e a mobilização para a criação de uma Rota do Turismo do Vinho na América do Sul.
Os próximos dois congressos da Aenotur serão realizados na Itália (julho 2016) e Argentina (setembro 2016). 
E de 7 a 9 de setembro de 2016 será realizada a primeira Conferência Mundial sobre Enoturismo pela Organização Mundial do Turismo (UNWTO da ONU), na região vinícola de Kakheti, na Geórgia – tombada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco e onde se acredita ter nascida a indústria do vinho há cerca de 8.000 anos atrás. Vamos até lá?  
A revista eletrônica da AMPV pode ser acessada em http://issuu.com/ampv/docs/boletim_amp_vinho_02/1
Saiba mais sobre o 4o. Congresso Internacional de Enoturismo – Europa aqui: http://www.invinoviajas.com/2015/07/aenotur-encerra-o-4o-congresso/
Saiba mais sobre o 5o. Congresso Internacional de Enoturismo – Latinoaméricaaqui: http://www.invinoviajas.com/2015/09/congresso-de-enoturismo-de-montevideu/
(*) Rogerio Ruschel, é editor do blog In Vino Viajas e participou dos dois Congressos de 2015 a convite da Aenotur e pretende participar dos eventos que estão planejados para 2016 para manter seus leitores informados.

 

 

3 Comentários


    1. Muito obrigado, Maria Luiza. Como você sabe, adoro este assunto e sempre tive muito apoio da tua irmã.
      Abraços, Rogerio

      Responder

Deixe uma resposta para maria luiza fávero Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *