Conheça Cinco Belos museus da Espanha Sobre os Vinhos D.O. Ribera del Duero, Penedés, Ribeira Sacra, Alvariño e Málaga

Tempo de leitura: 5 minutos

Por Rogerio Ruschel (*)

Meu prezado leitor ou leitora, o vinho é sempre a expressão de uma comunidade, de uma cultura, de uma tradição, então nada mais justo do que ter seus próprios museus. Na Europa são muitos os museus do vinho, e na Espanha praticamente toda DO (denominação de origem) tem o seu – até porque a Espanha recebeu 63 milhões de turistas em 2014 e mais de 2 milhões deles visitaram vinícolas e museus em Rotas de Vinho – como o Centro do Vinho de Ribeira Sacra, na foto acima ou o conjunto escultórico exposto no Museu do Vinho de Cambados/Pontevedra, na foto abaixo.

Eu já apresentei vários deles aqui no In Vino Viajas – como o Museu Vivanco, de Briones, Riojas, várias vezes premiado como o melhor de todos, inclusive pela Unesco. Então agora vou apresentar a você outros cinco museus do vinho espanhóis para você colocar na sua lista de lugares para conhecer.

Museu do Vinho Provincial de Valladolid – Ribera del Duero

O primeiro deles é o Museu do Vinho Provincial de Valladolid, inaugurado em 1999 e localizado em um local muito especial, o Castelo de Peñafiel (acima), que, do alto de uma colina domina o povoadohomônimo. A parte mais antiga do Castelo foi construida entre os séc. IX e X e reedificado pelo senhor da vila, o Infante D.Juan Manuel, o principal morador do castelo. 

Foi declarado Monumento Nacional em 1917 e pertence à prefeitura da cidade. E desde 1999 sedia o Museu Provincial do Vinho de Valladolid. O foco do museu é a Denominação de Origem Ribera del Duero. Aberto de terça a domingo (11: 30-14: 00 e 16: 00-19:00) tem ingressos custando € 6,60– este valor inclui a visita ao castelo. Menores de 12 anos não pagam.

Museu da Cultura do Vinho da Catalunha – Vilafranca del Penedés

Uma das referências de vinho catalão fica em Vilafrancadel Penedés, ondeestá o Museu da Cultura do Vinho da Catalunha ou Vinseum. Ele é um dos mais antigos da Espanha, tendo iniciado operações em 1935, baseado em um palácio da família real de Aragão, no entorno da praça Jaume I.

 

Além da coleção clássica, que apresenta imagens e documentos, ferramentas e instrumentos antigos e modernos; ânforas, vasos de cerâmica e copos de estanho, prata e cristal qua ajudam a contar a história do vinho (especialmente na região), o Museu realiza encontros literários, um festival de filmes de curta-metragem temáticos, jogos para toda a família e degustações.Aberto de terça a sábado entre as 10:00 e 19:00 (domingos e feriados até às 14:00) tem ingressos a 7 euros. Menores de 12 anos não pagam.

Centro do Vinho de Ribeira Sacra – Monforte de Lemos

Um antigo hospital do século XVIII que depois sediou a Câmara Municipal de Monforte de Lemos (Lugo) é agora o Centro do Vinho de Ribeira Sacra. O Museu oferece aos visitantes uma série de exposições,arte audiovisual e a história desta bebida galega quecresceu em terraços fluviais. Trata-se de um espaço inovador e um museu dinâmico e moderno que permite aprofundar a cultura do vinho através dos sentidos. O visitante conhece os elementos naturais característicos da região e que influenciam o vinho tais como a neblina, terra, sol e água, as famosas encostas com terraços onde as uvas são cultivadas formando a chamada “viticultura heróica” e de grande dificuldade operacional. Leia sobre esta vindima perigosíssima aqui: http://invinoviajas.blogspot.com.br/2013/11/rota-do-vinho-ribeira-sacra-galicia.html

 O museu apresenta também a essência da região por meio de sua herança artística, histórica e natural: arquitetura, mosteiros românicos, adegas, natureza e paisagens, festas, tradições, artesanato e a articulação com o Caminho de Santiago. O Centro  está localizado na Rua do Comércio e abre de terça a sábado entre as 10:00 a 14:00 e das 17:00 às21:00, cobrando uma taxa de 2,50 Euros (1,50 para idosos e menores).


Museu do Vinho de Cambados (Pontevedra) – Alvarinho

O Museu do Vinho de Cambados (Pontevedra) revela todos os segredos vinho Alvarinho, o badalado vinho branco refrescante produzido nesta região da Espanha e no vizinho norte de Portugal. Além da coleção de peças que compõe o acervo, o Museu do Vinho de Cambados oferece visitas guiadas, cursos, exposições temporárias e muitos cursos temáticos sobre o vinho, de perfil universitário ou aberto. 

Além disso é um conhecido centro produtor de informações, sendo responsável pela edição de muitas publicações nos formatos impresso e multimidia – além, é claro, das tradicionais degustações, cursos, restaurante e lojinha. Localizado na Avenida da Pastora 104 é também o ponto de partida de roteiros na Ruta del Vino Rias Baixas, que eu já percorri parcialmente. Fecha nas segunda-feira e nas tardes dos domingos.

Museu do Vinho de Málaga – Málaga

O Palacio de Biedma, do século XVIII, localizado na praça Vinhedos, hospeda o Museu do Vinho de Málaga, especializado nos vinhos com Denominação de Origem Málaga e Sierras de Málaga.  O museu está distribuída em dois andares contendo várias salas temáticas com mais de 400 peçasantigas de qualidade cromolitográfica como rótulos de garrafas, cartazes publicitários e impressos para vinho, esboços e perfis estucheríae outras peças litográficas. O ambiente oferece uma viagem através da história introduzindo o vinho na geografia da província de Málaga e mostrando seu desenvolvimento, tipologia e outras informações sobre sua produção e consumo.

Evidentemente você pode fazer degustações, cursos e visitar a loja pra compras – o que, meu caro, é quase obrigatório em todos estes museus. O horário é 10:00-17:00 (de segunda a sexta-feira, e os ingressoss custam 5 euros, incluindo degustação; aposentados e crianças não pagam.

Conheça o Museu da Cultura do Vinho de La Rioja (Vivanco) em http://invinoviajas.com/2013/12/museu-da-cultura-do-vinho-de-la-rioja
Saiba mais no site oficial da Associação de Museus do Vinho de Espanha – http://www.museosdelvino.es/
(*) Rogerio Ruschel é editor de In Vino Viajas baseado em São Paulo, Brasil e gosta de museus e de vinho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *