Fotógrafo Brasileiro Capta a Alegria Libertada Pelo Vinho no Rosto das Pessoas, Uma, Duas e Tres Taças Depois – e Faz Sucesso Internacional

Tempo de leitura: 2 minutos

 

Por Rogerio Ruschel (*)
Meu prezado leitor ou leitora, todo mundo diz que os olhos são a janela da alma; e ao que parece as lentes de uma câmera fotográfica bem pilotada podem capturar o estado da alma que fica estampado não só nos olhos – a tal janela da alma – mas também nas expressões do rosto das pessoas.

 

Pois o fotógrafo brasileiro (com estúdio em São Paulo) Marcos Alberti está fazendo sucesso na imprensa internacional ao mostrar que isso é possivel com o projeto “Tres Taças Depois”, cujo resultado você pode ver ao longo desta matéria. Ele resolveu juntar algumas de suas paixões em um projeto de pesquisa: amigos, fotografia, vinho e boa conversa. “Tem uma frase que diz que a primeira taça é da comida, a segunda é do amor e a terceira é da confusão. Queria ver se isso era verdade”, diz Alberti sobre a ideia básica do projeto.

 

“Tres Taças Depois” é uma brincadeira divertida porque registra a expressão de pessoas bebricando vinho: antes e depois de uma, duas e tres taças – talvez mais taças, nuncas se sabe… A primeira foto sempre era feita assim que os convidados chegavam no estúdio, com o objetivo de retratar o estresse do trânsito ou o cansaço de um dia cheio – o que, convenhamos, numa cidade com mais de 11 milhões de habitantes e quase 6 milhões de veículos deixa profundas marcas nos habitantes…

 

 

Só então os trabalhos começavam. Ao fim de cada taça, um novo clique. Pessoas de várias áreas se reuniram por algumas noites, gente da publicidade, música, arquitetura, moda e arte. Ao fim da terceira taça, muitos sorrisos surgiam, e com eles, estas histórias gráficas que In Vino Viajas está mostrando.

 

Marcos Alberti foi estudante de música, artes plásticas e design e se formou em arquitetura e urbanismo, mas acabou se apaixonando pela fotografia no começo dos anos 2000. Desde aí vem trabalhando com fotos para moda, publicidade e retratos, aliás muito interessantes e sensuais. 

 

Em 2010 foi convidado a participar da Bienal Internacional de Arte de Roma, que foi seu primeiro reconhecimento como artista. Alguns premios internacionais e tres anos depois, Alberti estava estudando cinema nos Estados Unidos e desde então vem produzindo comerciais para anunciantes como Coca-Cola, Bradesco, Samsung, Nestlé, Nike, Asics e outros.

 

Como todas as pessoas de bom gosto, Marcos Alberti gosta de vinho e de compartilhar momentos de alegria com os amigos. Neste caso ele foi além: retratou e vem compartilhando a alegria das pessoas para mostrar que uma, duas ou tres taças de vinho podem deixar tudo menos estressante e mais interessante. O trabalho de Alberti pode ser conhecido em https://www.facebook.com/studiomarcosalberti/

 

(*) Rogerio Ruschel é editor de In Vino Viajas em São Paulo, Brasil, e gosta de uma, duas, tres e quatro taças de vinho – e de compartilhar boas idéias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *