Gugu Liberato trabalha muito, relaxa com vinho e faz obras de arte artesanais reciclando rolhas de cortiça

Tempo de leitura: 3 minutos

Por Rogerio Ruschel

Meu prezado leitor ou leitora, por esta você não esperava: Gugu Liberato, que tem uma fortuna estimada em quase 2 bilhões de Reais e – dizem – que gosta de vinhos de qualidade, coleciona rolhas de cortiça. Colecionar não é bem o caso, porque ele as usa para fazer obras de arte para relaxar – como a da foto que abre esta matéria, denominada por ele “Garrafa e Taça”, que doou para o Hospital de Cancer de Barretos. Na técnica utilizada pelo apresentador, as rolhas são fixadas uma ao lado da outra para que fiquem bem firmes, os quadros são todos bem grandes e demoram vários dias para serem concluídos.

Além de produtor e apresentador de programas de auditório na televisão desde 1982, atualmente na Rede Record, Gugu Liberato (o quase dentista Antônio Augusto de Moraes Liberato, nascido em 1959) é empresário, ator (sete filmes), cantor (11 discos) e deve valorizar muito o tempo que sobra para curtir a familia (mulher e tres filhos, na foto abaixo, tirada em 2014). Pois Gugu encontrou na arte da reciclagem das rolhas o hobbie perfeito para seus momentos de sossego. Esta história foi publicada na revista “O Fuxico”, uma inepserada fonte de noticias sobre vinho para os leitores de In Vino Viajas. Mas como enseja uma historia com valores ambientais  e tem uma mensagem positiva, vale a pena ler. Veja a seguir o que a revista O Fuxico publicou.

“Há cerca de um ano o apresentador decidiu se aventurar como artesão e reaproveitar rolhas de garrafas de vinho para criar quadros que reproduzem retratos ou natureza morta. A técnica usa rolhas de diferentes vinhos para dar diferentes tonalidades na pele a seus personagens, ou imagens. Gugu diz que “Há cerca de um ano percebi na Europa, uma grande preocupação quanto ao destino que é dado às rolhas de cortiça que são utilizadas nas garrafas de vinho. Em geral vão para o lixo. Poucos sabem que os Sobreiros, árvores que produzem a cortiça, demoram 25 anos para produzir e muitos dizem que podem estar a caminho da extinção. Portanto as rolhas representam a natureza na sua mais pura essência.

Gugu continua: “O que fazer então com as rolhas que guardaram os preciosos vinhos e foram testemunhas de tantos momentos vividos por aqueles que tiveram a sorte de abri-los? Eu pesquisei várias formas de utilizá-las – e existem muitas – mas interessei-me na arte de montar figuras humanas ou natureza morta”. Os quadros criados pelo apresentador e mostrados aqui, são feitos com base em fotografias ou desenhos usados como referência para a criação de imagens em tamanho maior. O que começou como um simples teste, acabou virando hobbie. “Pesquisei na internet e encontrei tutoriais incríveis explicando a lógica desta técnica. É um trabalho que exige paciência e precisão. As rolhas são separadas por cor, pois elas serão usadas para criar as tonalidades será necessárias para dar vida à imagem”, conta Gugu.

Gugu montou um pequeno atelier em sua casa e a produção não para de crescer. Atualmente o acervo do apresentador conta com seis obras, uma delas doada para o Hospital do Câncer de Barretos, instituição apoiada pelo apresentador há anos.  Gugu que já recebeu convites para expor todas as suas criações. Um de seus quadros – com os olhos, acima – pode ser visto no restaurante Rancho Português, na Avenida dos Bandeirantes, 1051, na Vila Olímpia, zona oeste de São Paulo. Aliás, há uma boa possibilidade de que ele consiga as rolhas neste restaurante e em fontes diversas, além de sua própria adega, porque para fazer seis quadros que já utilizaram pelo menos com mais de 40.000 rolhas Gugu acabaria um alcoólatra – o que, evidentemente, ele não é. Pois é, meu caro leitor ou leitora: me senti menos bobinha com minha pequena coleção de rolhas, agora que um famoso e rico também coletiona… Você coleciona rolhas?

Fonte da notícia: Site “O Fuxico”. Disponível em: http://www.ofuxico.com.br/fotos-de-famosos/hobbie-gugu-liberato-agora-cria-quadros-com-rolhas-de-vinho/2017/04/10-10448.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *