Enobrasil 2017: uma oportunidade para conhecer o trabalho de vinícolas brasileiras que colecionam mais de 40 prêmios internacionais só este ano.

Tempo de leitura: 3 minutos

Por Rogerio Ruschel

Meu caro leitor ou leitora, São Paulo vai receber no próximo dia 28 de Agosto um evento que vem crescendo em tamanho e relevância a cada ano: o Enobrasil, criado pela sommeliére e produtora de eventos Mikaela Paim (na foto abaixo). A noticia é importante porque este evento é um dos poucos que prestigia apenas produtos nacionais, o que ajuda a aumentar a participação de rótulos brasileiros em nosso próprio mercado. Atualmente nosso consumo per capita de vinhos em geral está em torno de 2,2 litros de vinhos/pessoa por ano, baixissima se comparada a outros paises como Portugal, com 51 litros, França, com 48 e Argentina, com 38 litros). E se tirarmos dessa conta os vinhos que não são classificáveis como vinhos finos de mesa, o consumo de vinhos finos de mesa brasileiros por brasileiros estaria em torno de 0,78 litros por ano, por pessoa.

O Enobrasil 2017 é uma oportunidade de conhecer melhor nossa realidade: temos excelentes vinhos, muitos premiados internacionalmente, temos técnicas de produção que impressionam europeus (como ter duas safras de uvas por ano no Nordeste) e, conforme relatórios de pesquisadores especializados, como os da Embrapa Uva e Vinho, temos excelentes terroirs por grande parte do Brasil – como em São Paulo – esperando ser descobertos.

Então é muito benvinda mais uma edição da iniciativa da sommelière Mikaela Paim. Pela quarta vez, Mikaela vai reunir na Osteria Generale, o tradicional restaurante da Bela Vista, em São Paulo, produtores, distribuidores, jornalistas e consumidores de bom gosto em torno de produtos brasileiros de 23 empresas, entre ais quais 11 vinícolas do Sul, Sudeste e Nordeste e produtores de pães, queijos, azeites e chocolates. Eventos como o Enotur ajudam nossos vinhos a serem reconhecidos e consumidos por brasileiros – e é claro que seriam mais eficientes se nossos produtores fossem mais pró-ativos e se unissem para mostrar que no exterior já somos reconhecidos. Por exemplo: na 23ª edição do Vinalies Internacionales, um dos concursos de vinho de maior expressão mundial, realizado em março deste ano em Paris, vinhos brasileiros conquistaram 11 medalhas, competindo com 3.450 amostras inscritas por vinícolas de 45 países.

Pois entre as vinícolas da Enobrasil 2017 estarão Aracuri, Salton, Aurora, Pizzato, Valduga e Rio Sol, que reúnem pelo menos 40 prêmios internacionais de importância este ano. A Aurora, por exemplo, conquistou três medalhas de prata e uma de bronze no Challenge International du Vin, na França, e no Mundial de Bruxelas neste ano de 2017. A Casa Valduga conquistou recentemente o segundo ouro no concurso Muscats du Monde na França, com o seu espumante Casa Valduga RSV Moscatel. E a Salton conquistou uma medalha de Ouro com o Salton Desejo 2011 na edição 2016 do Concours Mondial de Bruxelles, competindo com 8.750 vinhos de 51 países.

A edição Enobrasil 2017 vai também expor livros, apresentar sete palestras com conhecidos profissionais, arte com rolhas, sucos de uva, lançamento de produtos e música instrumental brasileira. O foco do Enobrasil e de Mikaela Paim é a valorização de produtos brasileiros, sua história e qualidade, para fortalecer toda a cadeia produtiva e quem trabalha para colocar estes produtos na mesa. Mikaela me disse que quer que cada participante “Viva uma atmosfera brasileira através de experiências sensoriais”. Vale a pena conferir.

O Enobrasil se realiza dia 28 de Agosto de 2017, segunda-feira, das 17h as 21h, na Rua Dr. Fausto Ferraz, 163, São Paulo. Saiba mais em https://www.sympla.com.br/enobrasil—edicao-2017__170552

 

2 Comentários


  1. O consumo de vinho fino total (nacional mais importado) que é 0,78 l/ano.
    O consumo de vinho fino brasileiro por brasileiros deve estar em 100 ml/ano.

    Responder

    1. Obrigado, Hector. Tenho outros números, mas é possivel que os teus sejam os mais corretos. Abraços, Rogerio

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *