Enoturismo com fé e religiosidade, história e sabor, a proposta diferenciada da Adega Chesini em Farroupilha, na serra gaúcha

Tempo de leitura: 4 minutos

Por Rogerio Ruschel

Meu prezado leitor ou leitora, o vinho faz parte da liturgia cristã representando o sangue de Jesus Cristo, e a Vinicola Chesini, da serra gaúcha, teve a feliz ideia de agregar este simbolo de fé cristã a um roteiro de enoturismo, e vem fazendo muito sucesso. Jesus Cristo, na Santa Ceia, disse que “este é o meu sangue” e além disso, segundo especialistas, o vinho aparece na Biblia Sagrada 141 vezes no Antigo Testamento (idntificado pela palavra oinos, um termo grego) e 38 vezes no Antigo Testamento (chamado de yayin e tirosh, termos do hebraico).

A religiosidade dos Chesini é uma herança de família. Localizada em Vila Rica, Farroupilha, comunidade criada pelos Chesini próxima de Garibaldi no início do século XX, a vinícola oferece desde 26 de maio (dia da italiana Nossa Senhora de Caravaggio), o projeto “Sabor e Fé”, no qual os visitantes vivenciam uma experiência enogastronômica aliada ao resgate da memória,  da historia e da fé que permeia a origem da família Chesini.

A historia da vinícola começa quando Felippe Tomaz Chesini, filho do imigrante do Vêneto Augusto Chesini, começou modestamente a produzir vinhos com as uvas da família, na década de 1930 (acima, peças do pequeno museu da familia). Em 1960 Felippe construiu um pavilhão industrial e 40 anos depois, a partir do começo da década dos anos 2000, já sob a administração da terceira geração, a vinícola iniciou um processo de modernização. Mas a familia construiu também uma pequena fonte na propriedade, dedicada a Santa Lucia (Santa Luzia, protetora dos olhos, na Italia), que teria salvo da cegueira Eduardo Chesini, um dos irmãos de Felippe. Eduardo rezava para a santa e lavava os olhos feridos com limalha de ferro na fonte d’água utilizada pela família para consumo, pedindo pela recuperação. Prometeu construir um capitel religioso para abrigar a imagem da santa na propriedade se fosse atendido e em menos de um ano recuperou a visão. A família cumpriu a promessa.

Ricardo Chesini, atual diretor (na foto abaixo), me disse que “Temos o Capitel de Santa Lúcia, para relembrar este milagre que ficou muito conhecido na região, que pode ser visitado pelos turistas. Vila Rica está próxima do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio em Farroupilhua, e da Rota Religiosa, que inclui diversos pontos de Garibaldi. E para nós isso é muito importante.” A religiosidade da família está até nos negócios, porque a Chesini é uma vinícola certificada para produzir vinho de missa.

O produto turístico “Sabor e Fé” é o primeiro do seu tipo no Brasil e é uma experiência enogastronômico-religiosa, na qual o visitante pode vivenciar um momento de aprofundamento da fé, dentro de uma vinícola, com a partilha do pão e do vinho. O roteiro inicia com a explanação dos pilares de fé que envolvem a vinícola, a família e a comunidade. Visitam a fonte onde ocorreu o milagre de Santa Lúcia na década de 1930. Se houver interesse os visitantes poderão também conhecer a igreja da comunidade de Vila Rica, que tem Santa Lúcia como padroeira.

Na sequência os turistas visitam o monumento em homenagem aos progenitores da família Chesini, que tem uma réplica da antiga roda d’água que abastecia as necessidades da família, seguida de um tour pelo interior da vinícola que inclui o primeiro prédio construído, os primeiros barris de madeira, sala de fermentação, enoteca, caves, exposição das premiações e o pequeno museu memorial da família.

Ao chegar na sala da adega é realizado um momento que relembra os encontros das primeiras comunidades cristãs: são relembradas algumas fundamentações bíblicas relacionadas ao pão e ao vinho, é feita ma limpeza simbólica das mãos e a partilha do pão e do vinho (em pequenas canecas de barro, veja acima). Depois deste pequeno e respeitoso momento, todos são convidados para fazer a refeição que é servida a partir de elementos bíblicos como pães, grãos, ervas amargas, peixe, frutas e vinho. A refeição é servida num ambiente rústico e aconchegante no meio da vinícola, entre os barris de madeira e tanques de inox cheios de vinhos.

Na enoteca você vai poder conhecer (e pode comprar com bons preços) os vinhos de missa, vinhos licorosos (como um moscato muito interessante), os brancos tipicos niágara e lorena, os vinhos tintos (cabernet sauvignon, merlot, tannat), espumantes e grappas.

A adega Chesini recebe visitantes com agendamento prévio, de segunda a sexta das 08:00 às 11:30 e das 13:15 às 17:30 e Sábados: das 9 às 16 horas em Vila Rica, Terceiro Distrito de Farroupilha, RS. Contato: adegachesini@adegachesini.com.br e fones 54 -3462-2357/ 54-3464-2424

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *