O vinho brasileiro vai pular o carnaval nas Ilhas Canárias

Tempo de leitura: 2 minutos

Por Rogerio Ruschel

Jaime Milan, consultor da Aprovale e coordenador do processo de certificação dos produtos da D.O. Vale dos Vinhedos, vai realizar degustações e palestras sobre as Denominações de Origem e Indicações Geográficas dos vinhos do Brasil nas Ilhas Canárias, Espanha, a convite da Universidad de La Laguna.

A participação de Milan vai ser na 5a. Edição do “Curso de Especialistas en Gestión Enoturística y Análisis Sensorial de Vinos de la Universidad de La Laguna”, que se realizará entre 9 de janeiro e 30 de junho de 2019 e vai coincidir com o Carnaval. “Meu carnaval vai ser dando aulas sobre os vinhos do Brasil”, Jaime me disse. Enólogo com pós-graduação na França e economista, ex-presidente da Festa Nacional do Vinho (Fenavinho) e da União Brasileira de Viticultura (Uvibra), Jaime Milan vai ter o apoio do super-especialista em vinhos do Brasil Dr. Jorge Tonietto, da Embrapa Uva e Vinho para planejar a participação dos vinhos brasileiros.

Fiz a aproximação entre o Brasil e os espanhóis, atendendo a um pedido de Gabriel Santos García – um dos diretores da Aula Cultural de Enoturismo y Turismo Gastronómico – para indicar um professional brasileiro. Aliás, García me disse que esse é o começo de um relacionamento entre brasileiros e espanhóis, e que outros eventos de intercâmbio deverão aproximar nossas Denominações de Origem com as das Ilhas Canárias.

Os espanhóis são meus amigos de outros carnavais: já escrevi sobre os vinhos canários (adorados por Saramago e Sheakespeare – http://invinoviajas.blogspot.com/2014/04/enologia-turismo-e-gastronomia-veja.html ) e também sobre o papel da Universidade na valorização da indústria vinicola, veja aqui: http://invinoviajas.blogspot.com/2014/04/enologia-turismo-e-gastronomia-veja.html

Nas fotos, as videiras plantadas no solo de lava negra na paisagem lunar de Lanzarote e a fachada da Universidade de La Laguna, localizada em Tenerife, a maior das sete ilhas Canárias, que tem 23 faculdades e 3 Centros de Pesquisa, 45 programas de Graduação e 52 programas de Doutorado, 356 Laboratórios e 14 Bibliotecas.

Um brinde aos amigos que fazem novos amigos em torno do vinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *