Suiça

Uma visita à Domaine Les Perriéres, em Satigny, Suiça, para degustar vinhos de uvas francesas, produzidos por portugueses, com enólogo suiço.

Uma visita à Domaine Les Perriéres, em Satigny, Suiça, para degustar vinhos de uvas francesas, produzidos por portugueses, com enólogo suiço.

3 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Meu prezado leitor ou leitora, vem comigo conhecer uma vinícola familiar com 223 anos, numa região belíssima, localizada próxima de uma cidade encantadora, onde tudo funciona como um relógio suíço. A pequena aldeia de Peissy, no coração da região de vinhedos de Genebra reúne vinícolas muito antigas. Entre elas está a Domaine Les Perrières, uma propriedade familiar desde o ano de 1794, agora dirigida por Bernard Rochaix, da sétima geração, e por seus filhos, todos apaixonados e disciplinados Continue lendo

Caves Ouvertes 2014 de Genebra: passeio em vinhedos, visita a caves e degustação de 700 vinhos de 89 vinícolas com a qualidade suiça

Caves Ouvertes 2014 de Genebra: passeio em vinhedos, visita a caves e degustação de 700 vinhos de 89 vinícolas com a qualidade suiça

7 minutos Texto Renata Boni Ruschel, fotos Daniele Raffo (*) Embora pouco se ouça falar de vinhos suiços, o pequeno país produz bons vinhos brancos (especialmente Chasselas) e tintos (especialmente Pinot Noir) em algumas regiões importantes como a parte francesa de Vaud (ao longo do lago Léman), Valais (região montanhosa ao longo do rio Rhône), Genebra (na fronteira com a França), e Neuchâtel e 3 Lagos mais ao norte, na região da Suíça Alemã (região de Zurich, Aargau, Thurgau) e finalmente Ticino, na região Continue lendo

Conheça o CERN, o acelerador de partículas de Genebra que acelerou sete Premios Nobel – o mais recente, semana passada

Conheça o CERN, o acelerador de partículas de Genebra que acelerou sete Premios Nobel – o mais recente, semana passada

5 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Sei que visitar o CERN (Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire), em Genebra, Suíça, não é o tipo de turismo para se fazer todos os dias. Concordo que existem centenas de atrações turísticas mais interessantes, bonitas, badaladas e interessantes na Europa do que visitar um centro de pesquisa e laboratório de Física. Mas hoje é seu dia de sorte porque eu visitei o CERN e você vai conhecê-lo em apenas alguns minutos – e ainda vai ver algumas Continue lendo

A aventura da vida nas vitrines criativas do Museu de História Natural de Genebra

A aventura da vida nas vitrines criativas do Museu de História Natural de Genebra

2 minutos Por Rogerio Ruschel (*) O Museu de História Natural de Genebra não poderia ter uma localização mais adequada: está no meio de um jardim com árvores enormes e centenárias (como os cedros do Líbano, abaixo), em uma bela colina com vista para a cidade e para o Lago Leman, na região central da cidade. Caso esteja em dúvida, anote: a foto do ambiente do Ártico, acima, é um dos ecossistemas do museu… Como tudo na cidade, o acesso por transporte público é Continue lendo

As belas Pontes de La Caille em Annecy: um brinde aos Alpes franceses

As belas Pontes de La Caille em Annecy: um brinde aos Alpes franceses

2 minutos   Por Rogerio Ruschel (*) Se você estiver em Lyon, na França, ou em Genebra, na Suíça, certamente vai acabar visitando Annecy, uma graciosa cidade situada na Alta Savóia, na ponta do Lago de Annecy e não muito longe destas cidades turísticas. Veja abaixo o Palais de l’Isle em Annecy. Com menos de 60.000 habitantes, Annecy surgiu no século XI como uma comunidade em torno de um castelo e fica em rotas tradicionais de turismo entre Itália, Suiça e França. A cidade Continue lendo

Feira livre de Genebra: especialidades, queijos, vinhos e diplomacia no cardápio

Feira livre de Genebra: especialidades, queijos, vinhos e diplomacia no cardápio

3 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Quem me dá a honra de ler meus posts sabe que uma das coisas que gosto de fazer é visitar as feiras livres das cidades que visito. Acho que é nas feiras livres que se encontra o essencial da alma e da cultura gastronômica da comunidade, porque é lá que as familias se encontram, e é lá que se conhece realmente os hábitos alimentares das pessoas. Estive algumas vezes em Genebra, e em uma destas vezes fui com Continue lendo

Um brinde a Berna, nas montanhas da Suíça, Patrimônio da Humanidade, dos ursos e turistas

Um brinde a Berna, nas montanhas da Suíça, Patrimônio da Humanidade, dos ursos e turistas

4 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Um turista comum, como eu e você, visita Berna por pelo menos uma de quatro razões principais: fotografar o belo centro histórico da cidade, tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco; fazer compras de produtos de alta qualidade como relógios, chocolates, roupas, canivetes e perfumes nos quase 6 km de arcadas, chamadas pelos moradores de “Lauben”; visitar os museus ou pelo menos o Zentrum Paul Klee, um museu modernoso com uma grande coleção das obras deste artista suiço; Continue lendo

Primavera nos parques de Genebra – 2: tulipas, banhos de sol e visitas a museus

Primavera nos parques de Genebra – 2: tulipas, banhos de sol e visitas a museus

3 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Em post anterior mostramos vários parques e museus de Genebra – veja o post Genebra: um brinde aos museus e parques na primavera neste blogue. Muitos dos mais de 50 parques de Genebra – a Cidade dos Parques – são pequenos e podem estar unidos por pequenas ruas ou alamedas floridas; alguns deles podem sediar museus, organizações internacionais e restaurantes como o Parque da Imperatriz, o Jardim Botanico, Parc L’Ariana (foto abaixo, com o Museu da cerâmica), o Continue lendo

Genebra: um brinde aos museus e parques na primavera

Genebra: um brinde aos museus e parques na primavera

4 minutos Este repórter no Horloge Fleurie, no Jardin Anglais Por Rogerio Ruschel (*) Mesmo com menos de 200 mil habitantes Genebra (foto do centro, abaixo) é a segunda maior cidade da Suiça; destes, pelo menos um terço são estrangeiros, o que a torna uma das mais globalizadas da Europa. Por causa de sua notória independência política, a Suiça é a sede de mais de 20 organizações multilaterais da rede da ONU (veja abaixo) e de 250 organizações internacionais de primeiro time. E a Continue lendo

Gruyère: queijos, um vilarejo encantado e um museu de arte com alienígenas

Gruyère: queijos, um vilarejo encantado e um museu de arte com alienígenas

5 minutos Por Rogério Ruschel (*) Meu caro leitor ou leitora, provavelmente você já ouviu falar do queijo Gruyère, um dos mais conhecidos e consumidos queijos suiços, ao lado do Emmental, Raclette, Sbrinz, Tilsit e Vacherin Mont’d’Or. E queijo suíço obviamente é fabricado com leite de vacas suíças (como as que aparecem nesta fazenda, abaixo) – o mesmo leite com o qual os suíços fazem chocolate – o que já funciona como certificação de origem. Pois este queijo é fabricado especialmente em Gruyères, minúsculo Continue lendo

O vinho suiço vai encontrar os deuses, pendurado no céu

O vinho suiço vai encontrar os deuses, pendurado no céu

2 minutos   Por Rogerio Ruschel (*) Prezado leitor, em breve vou ter que reescrever meu post sobre os vinhedos de Lavaux (Plateau, Cantão do Vaud), na Suiça – veja aqui em http://invinoviajas.blogspot.com.br/2012/05/nos-vinhedos-de-lavaux-suica-um.html É que na região poderá ser construído o Museu do Vinho Suiço, debruçado sobre o Lago Genebra (Léman, oficialmente). O projeto do arquiteto suíço Mauro Turin começou como um simples desenho em uma revista de design, mas chamou a atenção da imprensa. Agora, os políticos da região pretendem concretizar a construção Continue lendo

Nos vinhedos de Lavaux, Suíça, um patrimônio da Humanidade

Nos vinhedos de Lavaux, Suíça, um patrimônio da Humanidade

6 minutos A Suíça é um pequeno país (41.285 K2, do tamanho do estado brasileiro do Espírito Santo), com uma população total menor do que a cidade de São Paulo (7,8 milhões de habitantes) e com um dos maiores PIBs per capita do mundo – US$ 42.600.00 em 2010. Neste território, encravado no coração da Europa, convivem quatro principais regiões linguísticas e culturais oficiais: alemão, francês, italiano e romanche – uma mistura de todos os outros e quase uma raridade. Os suiços de origem Continue lendo