Promoção, Comunicação

Vem aí os vinhos “50 tons de cinza”: o Seda Branca e o Cetim Vermelho

Vem aí os vinhos “50 tons de cinza”: o Seda Branca e o Cetim Vermelho

3 minutos   Rogerio Ruschel (*) A popular saga dos livros eróticos “50 tons de cinza” que está saindo das estantes para chegar às telas do cinema a partir de agosto de 2014, agora também poderá chegar na sua mesa, na forma de garrafas de vinhos. Pois é. A autora Erika Leonard James (abaixo), britânica de nascimento, mãe de dois filhos e ex-executiva de TV, se associou a um produtor de vinhos da Califórnia para produzir dois vinhos com a marca da série: um Continue lendo

Enoturismo inteligente na Andaluzia, Espanha, propõe “paternidade responsável” de vinhas

Enoturismo inteligente na Andaluzia, Espanha, propõe “paternidade responsável” de vinhas

4 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Em Montilla, uma comunidade da província de Córdoba, na Andaluzia, Espanha (entre Córdoba e Malaga, bem ao sul, veja no mapa abaixo), o enoturismo se transformou em uma atividade de – digamos assim – “paternidade responsável”. Explico. A Bodegas Robles, uma empresa familiar que desde 1927 produz vinhos finos de mesa (DO Montilla-Moriles), vinhos reforçados, vinagres e outros produtos como geléias e sucos, decidiu, no final dos anos 90, ser 100% ecológica. Pratica o controle biológico de pragas Continue lendo

Pesquisa italiana aponta seis razões para acreditar no turismo enogastronômico, apesar da crise

Pesquisa italiana aponta seis razões para acreditar no turismo enogastronômico, apesar da crise

4 minutos Por Rogerio Ruschel (*) A Associazione Nazionale Città del Vino da Itália reúne cerca de 482 comunidades (a grande maioria vilarejos com até 6.000 moradores), que tem o turismo como uma das mais importantes atividades econômicas.  A rede oferece 140 “estradas do vinho”, 4.000 albergues (com 142.000 leitos), 1.500 fazendas agroturísticas (com 18.000 leitos), 188 campings, centenas de produtores de vinho e milhares de restaurantes. São responsáveis por 200.000 hectares de vinhedos de qualidade, 80% dos vinhedos com classificação DOC e DOCG Continue lendo

No Caminho de Compostela conheça o “Bus do Viño Rías Baixas”, o enoturismo móvel dos espanhóis na vindima na Galícia

No Caminho de Compostela conheça o “Bus do Viño Rías Baixas”, o enoturismo móvel dos espanhóis na vindima na Galícia

4 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Os milhares de peregrinos que fazem o Caminho de Santiago de Compostela agora podem fazer outro caminho da fé, desta vez um caminho de “fé enófila”, com perdão da expressão: acompanhar a colheita da uva Albariño e seguir a produção do vinho em um onibus exclusivo, o Bús do Viño Rias Baixas, que vai passar por lugares “horríveis” como este da foto acima.  Bem no noroeste da Espanha, de frente para o oceano atlântico (onde apresenta belos costões Continue lendo

São José dos Ausentes: frio do brabo, comida da boa, paisagem da linda e aventuras de tirar o chapéu

São José dos Ausentes: frio do brabo, comida da boa, paisagem da linda e aventuras de tirar o chapéu

5 minutos Por Rodrigo Ruschel (*) Um passeio com seu pai e seu sogro pode ser bom? Se for com o meus, pode ser ótimo! Além da excelente companhia dos meus amigos, tive a oportunidade de conhecer um dos lugares mais bonitos do Brasil, São José dos Ausentes – RS. Situado nos Campos de Cima da Serra, divisa do RS com SC, a cidade tem pouco mais de 3.000 habitantes. Conhecido pelo frio intenso que deixa os campos brancos de manhã (veja abaixo) o Continue lendo

A criativa Festa da Vindima no Clos Montmartre, Paris

A criativa Festa da Vindima no Clos Montmartre, Paris

1 minuto Por Rogerio Ruschel (*) Meu prezado amigo ou amiga, Montmartre é o bairro mais boêmio de Paris, território de artistas como Picasso, Modigliani, Toulouse-Lautrec, Renoir, Van Gogh e Gauguin – na verdade, de centenas de artistas pré-impressionistas, Impressionistas e pós-impressionistas. Então não se pode imaginar que uma das festas mais tradicionais do bairro não tivesse como base da comunicação material gráfico caprichado, posteres muito bonitos como alguns dos que mostramos neste post. A Festa da Colheita ou Festa da Vindima (Fête des Continue lendo

Criatividade e beleza na comunicação visual do turismo em Praga

Criatividade e beleza na comunicação visual do turismo em Praga

2 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Como todas as pessoas, tenho minhas manias. Algumas são convencionais, muitas são estranhas e algumas podem ser extravagantes. Não sei em qual categoria se encaixam duas manias que tenho enquanto jornalista de turismo: fotografar carrousséis (aqueles brinquedos com cavalinhas de madeira, os famosos “mary-go-round” – veja aqui um post em abril/2013) e documentar comunicação de rua, do tipo popular e as placas de bares e restaurantes. Minha formação é comunicação e gosto de imaginar que vejo arte até Continue lendo

Clos de Montmartre: o pequeno vinhedo Goutte D’Or de Paris

Clos de Montmartre: o pequeno vinhedo Goutte D’Or de Paris

3 minutos Por Rogerio Ruschel (*) A França é o mais importante produtor de vinhos do mundo e a capital, Paris, não tem importância econômica para a atividade – mas já teve no passado. Até 1833 Paris era o maior território vinícola da Europa, com 40.000 hectares de parreiras plantadas; em 1474 chegou a existir uma DOC exclusiva, a apelação “Goutte d’Or” e durante o século XVIII Paris era o mais importante produtor de vinhos da França, passando Bordeaux. Hoje resta muito pouco disso, Continue lendo

Tim-Tim: um brinde com vinhos BB King, Nelson Mandela ou George Clooney

Tim-Tim: um brinde com vinhos BB King, Nelson Mandela ou George Clooney

3 minutos BB King já havia sido associado a vinhos em um evento no Douro, Portugal, em 2010, com um tema perfeito: B B King e vinho Douro: quanto mais velho, melhor. Por Rogerio Ruschel (*) Se eu fosse “marketeiro” de uma vinícola, certamente apostaria forte nessa tendência: lançar vinhos de autor, e se possível, com o nome de famosos que agreguem volume de fans mas sobretudo credibilidade no que se refere a qualidade. Isto é mais ou menos óbvio, uma vez que vinho Continue lendo

Gruyère: queijos e vinhos em um vilarejo encantado com um museu e um bar para alienígenas

Gruyère: queijos e vinhos em um vilarejo encantado com um museu e um bar para alienígenas

5 minutos Por Rogério Ruschel (*) Meu caro leitor ou leitora, provavelmente você já ouviu falar do queijo Gruyère, um dos mais conhecidos e consumidos queijos suiços, ao lado do Emmental, Raclette, Sbrinz, Tilsit e Vacherin Mont’d’Or. E queijo suíço obviamente é fabricado com leite de vacas suíças (como as que aparecem nesta fazenda, abaixo) – o mesmo leite com o qual os suíços fazem chocolate – o que já funciona como certificação de origem. Pois este queijo é fabricado especialmente em Gruyères, minúsculo Continue lendo

Os nove melhores locais para enoturismo do mundo

Os nove melhores locais para enoturismo do mundo

1 minuto Por Rogério Ruschel (*) Categoria Práticas Turísticas Sustentáveis – Yealands Estate (Marlborough – Nova Zelândia) – www.yealands.co.nz Acabou o suspense: a Great Wine Capitals – uma associação de promoção de nove cidades produtoras de vinho – se reuniu em Florença, Itália em novembro, e divulgou os resultados da premiação de Melhores locais para enoturismo do ano. O concurso recebeu 398 projetos concorrentes e premiou 55 regionais e nacionais das nove cidades participantes da rede Great Wine Capitals: Bordeaux, Florença, Mendoza, Christchurch, Mainz, Continue lendo

Safaris, a experiência da Vida Selvagem com Luxo e Mordomia na África do Sul

Safaris, a experiência da Vida Selvagem com Luxo e Mordomia na África do Sul

4 minutos Safáris são a principal atração da África do Sul e podem ser realizados em “game parks” privados (cerca de 350 no país), ou em parques administrados pelo governo. Para poder concorrer com os preços dos parques públicos – especialmente o Kruger – e atrair a exigente clientela formada especialmente por ingleses, alemães e norte-americanos, os parques privados oferecem muito conforto e qualidade. Administrados por empresas de turismo ou pelos próprios proprietários, eles tratam os hóspedes como verdadeiros reis. Os turistas circulam em Continue lendo

Conhecendo o Norte da Itália: Lago di Garda, meia Ópera em Verona sem Romeu e Julieta e vinhos locais

Conhecendo o Norte da Itália: Lago di Garda, meia Ópera em Verona sem Romeu e Julieta e vinhos locais

4 minutos Depois de Genebra, Chamonix, Portobelo, Lucca e de rodar cinco dias pelas colinas da Toscana bebendo chiantis e brunellos em piqueniques gloriosos (veja outros posts) minha mulher, eu e mais um casal abrimos o mapa e orientamos o valoroso Mitsubishi para o lago Garda (ou di Garda, como os italianos preferem). O Lago Garda fica no nordeste da Itália, no Vêneto e Friuli, divisa com a Lombardia, uma região onde os romanos construíram muitas cidadelas e postos de guarda que hoje são Continue lendo

Experimentando os sabores da Borgonha e Dijon

Experimentando os sabores da Borgonha e Dijon

6 minutos Para aproveitar milhagens que estavam por vencer e o convite de um casal de amigos, fui conhecer de perto os sabores de uma região francesa muito badalada: a Borgonha e sua capital Dijon, território dos poderosos Duques da Borgonha, no Departamento Côte-d’Or, localizada a 310 quilometros de Paris e cerca de 200 quilometros de Lyon. Os primeiros habitantes datam da época do Neolítico e, cortada pelo canal da Borgonha e pelos rios Ouche e Suzon que contribuiram para o transporte e a Continue lendo