Conhecendo o Norte da Itália: Lago di Garda, meia Ópera em Verona sem Romeu e Julieta e vinhos locais

Conhecendo o Norte da Itália: Lago di Garda, meia Ópera em Verona sem Romeu e Julieta e vinhos locais

4 minutos Depois de Genebra, Chamonix, Portobelo, Lucca e de rodar cinco dias pelas colinas da Toscana bebendo chiantis e brunellos em piqueniques gloriosos (veja outros posts) minha mulher, eu e mais um casal abrimos o mapa e orientamos o valoroso Mitsubishi para o lago Garda (ou di Garda, como os italianos preferem). O Lago Garda fica no nordeste da Itália, no Vêneto e Friuli, divisa com a Lombardia, uma região onde os romanos construíram muitas cidadelas e postos de guarda que hoje são Continue lendo

Parma, Lucca e San Giminiano: um brinde à beleza

Parma, Lucca e San Giminiano: um brinde à beleza

6 minutos   Em Parma, um glorioso Albana di Romagna DOCG Em nosso roteiro de piqueniques na Europa saímos de Chamonix pelo Valle D’Aosta e entramos na Itália pela região de Ivrea, onde pegamos a auto-estrada em direção a Alesandria e Piacenza, cortando o Piemonte – veja o blog “Nos Alpes, degustando bordeaux“,   O objetivo de dormir em Parma tinha uma motivação familiar: minha mulher Marisa e Suzana, sua irmã, queriam rever a propriedade onde bisavô delas havia morado, antes de migrar para Continue lendo

Nos vinhedos de Lavaux, Suíça, um patrimônio da Humanidade pela Unesco

Nos vinhedos de Lavaux, Suíça, um patrimônio da Humanidade pela Unesco

6 minutos A Suíça é um pequeno país (41.285 K2, do tamanho do estado brasileiro do Espírito Santo), com uma população total menor do que a cidade de São Paulo (7,8 milhões de habitantes) e com um dos maiores PIBs per capita do mundo – US$ 42.600.00 em 2010. Neste território, encravado no coração da Europa, convivem quatro principais regiões linguísticas e culturais oficiais: alemão, francês, italiano e romanche – uma mistura de todos os outros e quase uma raridade. Os suiços de origem Continue lendo

Experimentando os sabores da Borgonha e Dijon

Experimentando os sabores da Borgonha e Dijon

6 minutos Para aproveitar milhagens que estavam por vencer e o convite de um casal de amigos, fui conhecer de perto os sabores de uma região francesa muito badalada: a Borgonha e sua capital Dijon, território dos poderosos Duques da Borgonha, no Departamento Côte-d’Or, localizada a 310 quilometros de Paris e cerca de 200 quilometros de Lyon. Os primeiros habitantes datam da época do Neolítico e, cortada pelo canal da Borgonha e pelos rios Ouche e Suzon que contribuiram para o transporte e a Continue lendo