Vinho de Brad Pitt e Angelina Jolie é leiloado por 24.000 Euros para ajudar agricultores africanos.

Tempo de leitura: 4 minutos

 

Por Rogerio Ruschel (*)
Um barril de 60 litros de vinho orgânico (umas 300 garrafas de 750 ml) assinado pelos atores Angelina Jolie e Brad Pitt foi vendido por 24.000 Euros em um leilão no fim de outubro, na região da Provénce, França. Os proprietários são os simpáticos personagens Mr. e Mrs. Smith e seu sócio frances Perrin e o dinheiro arrecadado vai ajudar uma cooperativa agrícola que ensina jovens sobre agricultura sustentável em uma região miserável da República Democrática do Congo, perto da fronteira com a Ruanda, área devastada por guerras. Os atores tem ajudado muitos grupos de agricultura sustentável na África e esta foi mais uma maneira de tirar dinheiro de chiques para uma causa pouco chique. Além disso são conhecidos pela adoção de crianças, se tornando uma família multinacional – veja abaixo.


 

O casal Angelina Jolie e Brad Pitt entrou no ramo da vinicultura em 2008 comprando o castelo Miraval, a propriedade da foto acima, e em março de 2013 lançou o primeiro vinho com a marca do casal. As 6.000 garrafas deste primeiro produto, um vinho rosé muito aromático que recebeu o nome de “Jolie & Pitt Miraval Côtes de Provénce”, foram foram vendidas em apenas cinco horas.

 

Miraval é o nome da residência de verão no sul da França adquirida pelo casal em 2008 por 40 milhões de Euros. Residência é onde eu moro, caro leitor, esta é o que se pode chamar de Propriedade… A propriedade é um chateau do século XVII que inclui um vinhedo com 1.200 hectares – dos quais cerca de 50 hectares são orgânicos- veja abaixo fotos do chateau. O projeto vem sendo feito em sociedade com a familia Perrin, que também produz vinhos na Califórinia, Estados Unidos e é dona do Chateau de Beaucastel em Avignon, França, um dos produtores mais famosos de Chateauneuf-du-Pape, um dos vinhos mais badalados do mundo. 

 

Mas a propriedade dos Jolie-Pitt (ou Pitt-Jolie, como prefira) tem mais um charme, porque está ligado ao rock. É que além do vinhedo, o castelo possuía um estúdio que foi palco de muitas lendas do rock-and-roll. Em 1977 foi gravado lá um álbum chamado “The Wall”, por um banda ainda pouco conhecida, chamada Pink Floyd (que você relembra na foto abaixo, já dos anos 90). A partir daí o Château Miraval achou que este seria um nome apropriado para seu premiado vinho rosé e desde então seu “Château Miraval Rosé Côtes de Provence” leva a assinatura “Pink Floyd”. Os proprietários hollywoodianos não decidiram ainda o que fazer com o estúdio do chateau.

 

Uma longa lista de estrelas, celebridades e artistas (como B.B. King, Nelson Mandela, George Clooney, Yoko Ono) tem se dedicado a produzir vinhos, seja por paixão ou por interesse financeiro. Ou até por outras razões como o (gorducho) ator Gerard Depardieu que adotou a nacionalidade russa para fugir do fisco francês e produz vinhos na França. O mais badalado brasileiro que está produzindo vinho é o jornalista Galvão Bueno, que desenvolve bons vinhos com seu nome no Brasil e na Toscana italiana, em parceria com o Grupo Miolo (na foto abaixo, com Adriano Miolo). Leia sobre isso em outro post aqui –

 

E só pra você saber: o vinho mais caro já vendido em um leilão foi uma garrafa de 12 litros de uma edição limitada de um Chateau Margaux 2009 em uma embalagem de madeira com detalhes em dourado e custou cerca de R$ 454.000,00 – quase meio milhão de Reais (veja abaixo o tal vinho). O leilão foi realizado em Dubai, Emirados Árabes em 2012 e o vinho foi comprado por 3 pessoas que ganharam de brinde um passeio pela propriedade Chateau Margaux… Aliás, para saber mais sobre Bordeaux e chateaux franceses, digite Bordeaux no espaço Pesquisar, logo abaixo da barra verde do titulo In Vino Viajas neste blog.

 

No Brasil, o vinho rosé Miraval dos Jolie-Pitt é importado e distribuído com exclusividade pela World Wine e tem custado em torno de R$ 150,00.
(*) Rogerio Ruschel é jornalista, enófilo e especialista em sustentabilidade – e jamais pagaria meio milhão de Reais por uma garrafa de vinho, mas poderia doar esta quantia e abrir um bom vinho de R$ 50,00 para comemorar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *