Cantábria, Provença e Uruguai: conheça mais três dos 10 melhores hotéis para quem gosta de vinho, segundo a revista Wine Enthusiast

Tempo de leitura: 4 minutos

–>

Por Rogerio Ruschel (*)


O turismo relacionado à cultura do vinho, a cultura local das comunidades produtoras e à gastronomia é cada vez mais importante em termos económicos, culturais e sociais, especialmente na Espanha, França, Portugal, Itália e Alemanha e também em regiões do Novo Mundo do vinho, como na Argentina, Chile, África do Sul e no Napa Valley da Califórnia. No Brasil temos boas iniciativas, mas infelizmente o enoturismo ainda não é considerado prioritário.

–>

A recepção aos turistas vem sendo feita em hospedarias e hotéis convencionais, propriedades históricas adaptadas, prédios com arquitetura futurista (como o Hotel Marqués de Riscal na sede da vinícola do mesmo nome, veja na foto acima) e casas rurais pequenas e atenciosas, tocadas pelos próprios donos. Alguns desses exemplos você pode ver nesta segunda parte da lista da revista Wine Enthusiast de 10 hotéis encantadores para apreciadores de vinhos – a primeira parte você pode ver em http://invinoviajas.blogspot.com.br/2014/03/toscana-mendoza-e-cotes-du-rhone.html.

Hotel Marqués de Riscal – Elciego, Espanha

Este hotel futurista (veja foto na abertura deste post e abaixo) foi projetado pelo arquiteto de renome mundialFrank O Gehry e fica no meio dos vinhedos da empresa Vinos de los Herederos deMarqués de Riscal. Os vinhedos remontam ao ano de 1858, o que torna a vinícola a mais antiga da região. 

–>

Desde que foi inaugurado em Setembro de 2006 o hotel se transformou em uma referência de modernidade e uma atração turística internacional não só pela arquitetura extraordinária, mas também por causa da culinária de qualidade de seus dois restaurantes, o Restaurante Hotel Marqués de Riscal (que tem uma estrela Michelin) e o elegante Bistro 1860. 

–>

Outros fatores importantes são a adega disponível ao hóspede, com cerca de oito milhões de garrafas de vinhos- incluindo safras que datam de 1862 – e o spa vinico que deixa qualquer estressado bastante zen – veja na foto acima, o corredor de vidro que liga o hotel ao spa.

–>

Os hóspedes das 43 suites (algumas charmosas como a da foto abaixo) podem dispor de uma sala de estar muito charmosa com sofás de couro, lareira, biblioteca e um terraço com vista para os vinhedos da região, para a cidade medieval de Elciego (foto abaixo).

L’Auberge du Vin, Vale do Rhône, Provença, França

–>

Auberge du Vin é uma casa rural francesa do século 18 que foi transformada em uma hospedaria há cinco anos, rodeada por vinhedos (foto abaixo) na base do Mont Ventoux, área rural da Provença, 30 minutos de Avignon.

–> É a casa da inglesa expatriada Linda Field e de Christopher Hunt, que recebem os hóspedes durante todo o ano. Nos feriados o Auberge du Vin realiza cursos de conhecimento e degustação de vinhos e ajuda os hóspedes a explorarem os vinhos da região (Vale do Rhône), bem como fazer passeios a pé, de bicicleta ou automóvel a Avignon (foto abaixo) ou às pitorescas aldeias nas encostas e restaurantes charmosos do Mont Ventoux e região de Vaucluse. 

–>

Linda Field é professora qualificada em vinicultura (com Certificado WSET de Educador) e tem muitos anos de experiência no ensino e como participante de concursos de vinhos em Londres, como jurada. 

–>

A hospedagem no Auberge du Vin é simples (quartos Bed & Breakfast) mas a propriedade tem duas casas que podem ser alugadas por períodos semanai; Linda também aluga toda a propriedade para eventos particulares como casamentos e aniversários.

Posada Campotinto, Carmelo, Uruguai

A Posada Campotinto está localizada em Carmelo, na zona rural deSan Roque, no Uruguai, e é cercada porfazendas de gado, vinhedos e adegas (foto abaixo). Na verdade está bem pertinho de Buenos Aires, na Argentina, bastando atravessar o Río de la Plata que faz divisa entre os dois países.

–>

A pousada está localizada dentro de uma área própria de 25 hectares com vista para seus vinhedos e para aCapela de São Roque. Carmelo é um local tranquilo que oferece isolamento e uma simplicidade sofisticada, aliada a vinhos de qualidade e comida requintada em seu restaurante Campotinto.

–>

A região é considerada uma das áreas de viticultura mais tradicionais do Uruguai, e a Campotinto oferece passeios regulares a vinícolas da região, em diversos formatos e preços aos turistas e hóspedes. E nunca é demais lembrar que o Uruguai é considerado um excelente produtor de vinhos com a uva Tannat, originária do sul da França, que se deu muito bem no Uruguai.

–>

 

–>

Vinhedos e árvores frutíferas convivem e completam a paisagem onde está localizada a pousada e até umagradável piquenique nos vinhas podem ser feitos. A oferta se completa com um restaurante com cozinha toscana com pratossemanais de acordo com a disponibilidade de alimentos sazonais e produtos de sua própriahorta orgânica. Vinhos uruguaios também têm um papel de destaque e podem ser conhecidos, degustados e adquiridos.

(*) Rogerio Ruschel  é jornalista, enófilo e gosta de hotéis que gostam de tratar bem os hóspedes.

 

 

 

4 Comentários


  1. Estimado Rogelio, la bodega del Marquel de Riscal, esta localizadaen Elciego, es correcto. Pero esta localizada no esta en la region de Canrabria, Sino en La Rioja.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *