Conheça a maior garrafa do mundo, no coração das caves de vinho do Porto, em Vila Nova de Gaia, Portugal

Tempo de leitura: 3 minutos

 

Por Rogerio Ruschel (*)
Vila Nova de Gaia – ou apenas Gaia – é um município português na região metropolitana da cidade do Porto. Com origem celta há mais de 3.000 anos atrás, a cidade com cerca de 300 mil habitantes está debruçada sobre a margem sul da foz do rio Douro e sedia as principais caves de vinhos do Porto. Na foto abaixo um azulejo típico e uma aspecto de Gaia, com o Mosteiro da Serra do Pilar Vila em foto de Pedro Fonseca.

 

 

No passado as famílias burguesas e nobres do Porto tinham suas quintas e casas de férias em Vila Nova de Gaia. Uma destas antigas propriedades é a Quinta da Boeira, um palacete do século XIX (veja abaixo) com três hectares de jardins centenários que desde começo de abril de 2014 sedia o Parque Cultural “Portugal in a Bottle” e a maior garrafa de vinho do mundo, com 32 metros de comprimento, 10 de largura e 27 toneladas de peso.

 

 

O Parque Cultural tem uma localização privilegiada – fica nos jardins da Quinta da Boeira, no centro da cidade de Gaia e a 5 minutos da zona histórica do Porto e das Caves do Vinho do Porto.  A “maior garrafa do mundo”, inaugurada dia 30 de maio de 2014, é um monumento português ao vinho e à vinha, cercada por 60 lojas com produtos regionais, tradicionais e culturais, tornando esse espaço num parque de promoção da cultura portuguesa, com seus vinhos, sua rica gastronomia, artesanato e dança.

 

A garrafa de 32 metros de comprimento foi construída sobre o gramado do jardim da quinta, e possui em seu interior uma sala de degustação de vinhos com capacidade para 60 pessoas. Veja abaixo aspecctos da construção da garrafa e seu espaço inerno em obras.

 

No piso foram colocadas imagens de um barco rabelo (veja abaixo, barcos rabelo em Gaia, em quadro de Armando Aguiar ) sobre o rio Douro, e fotografias das margens das cidades do Porto e Gaia nas laterais, para dar às pessoas a sensação de estar a bordo desta embarcação típica da região. Além disso, em seu interior também é possível “viajar” por quatro regiões vitivinícolas de Portugal (Douro, Alentejo, Dão e Minho) através de um filme em 3D.

 

Desde 1999 a Quinta da Boeira vem sendo recuperada e transformada em um local de arte e cultura. Localizada no coração da cidade de Gaia, junto à Casa Museu Teixeira Lopes, é um espaço com um auditório com capacidade para 150 pessoas, um salão com capacidade para 220 pessoas envidraçado com vista para os jardins, várias salas de reuniões, salas para prestação de serviços a instituições e exposições de pintura.

 

A próxima fase do projeto de transformação da Quinta da Boeira no Parque Cultural “Portugal in a Bottle” (logotipo abaixo) inclui a criação de um centro de negócios e a construção de um hotel com 102 quartos,  que vai exigir um investimento total de um milhão de euros.
(*) Rogerio Ruschel é jornalista e enófilo em São Paulo, Brasil, e não tem medo de entrar em uma garrafa para degustar vinhos portugueses.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *