Prost!!! A cultura do vinho é reconhecida como o 35o. patrimônio cultural imaterial da Alemanha

Tempo de leitura: 3 minutos

Vale do Reno, Alemanha – um dos patrimônios alemães já reconhecidos pela Unesco

Por Rogerio Ruschel

Meu prezado leitor ou leitora, fico feliz em informar que mais um bem da cultura que existe no entorno da produção de vinhos acaba de ser reconhecido como um patrimônio cultural. Estou falando da cultura do vinho na Alemanha, reconhecida em 9 de março de 2021 pelo registro alemão do patrimônio cultural imaterial, por recomendação do comitê de especialistas da Comissão Alemã para a UNESCO – Organização das Naçõs Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Este é o 35o. registro oficial no inventário nacional alemão do Patrimônio Cultural Imaterial e é um importante passo para ser reconhecida pela própria Unesco como um Patrimônio da Humanidade Cultural Imaterial. A informação é do German Wine Institute.

Patrimônios da Humanidade são regiões, monumentos, criações, áreas (denominadas “sítios”) ou modos de fazer, tecnologias sociais, produções culturais ou heranças comunitárias consideradas pela comunidade científica e intelectual de inigualável e fundamental importância para a humanidade. E por esta razão são protegidas, como “In Vino Viajas” tem mostrado frequentemente. Podem ser naturais, culturais, imateriais  – em março de 2021 a lista incluía 1.121 sítios e bens reconhecidos, distribuídos em 167 países. Todos os anos propostas, pesquisas e documentos sobre bens patrimoniais são preparados e apresentados na forma de candidatura à Unesco, que pode ou não reconhecê-los como Patrimônios da Humanidade.

Pois o reconhecimento da cultura do vinho na Alemanha no registro nacional do patrimônio cultural imaterial homenageia a cultura do vinho na Alemanha como um cultivo aberto, vivo e adaptável de uma tradição firmemente ancorada na sociedade. O raciocínio também destacou que a cultura do vinho na Alemanha inclui aspectos sociais, lingüística, artesanato e paisagem cultural, bem como inúmeros festivais e costumes. Molda o ritmo de vida de muitas pessoas e por isso muitas vezes contribui para a identidade local, especialmente nas regiões vitivinícolas. E foi baseada numa candidatura apresentada pela Academia Alemã do Vinho (DWA) em outubro de 2019 ao secretariado responsável pelo Património Mundial da Renânia-Pfalz no Ministério da Ciência, Educação Continuada e Cultura.

“Estamos muito felizes e, junto com todos os defensores da cultura do vinho na Alemanha, estamos muito felizes com esta decisão”, disse a diretora-gerente da Academia Alemã do Vinho (German Wine Academy), Monika Reule. Desde o início, a candidatura da Academia Alemã do Vinho foi apoiada pelo Estado da Renânia-Pfalz através do Ministério da Economia, Transportes, Agricultura e Viticultura e foi aconselhada pelo Ministério da Ciência, Educação Superior e Cultura.

Em maio de 2018 fiz uma pesquisa e encontrei cerca de 30 bens materiais e imateriais ligados à cultura do vinho, com reconhecimento pela Unesco. Veja alguns deles a seguir.

Patrimônios Materiais

  • Paisagem Culturald e Wachau – Áustria (2000)
  • Vale do Loire entre Sully-sur-Loire e Chalonne – França (2000)
  • Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico – Portugal (2001)
  • Paisagem Histórica Cultural da Região Vinícola de Tokaj – Hungria (2002).
  • Vale do Reno – Alemanha (2002)
  • Porto da Lua e centro histórico de Bordeaux – França (2007)
  • Vinhedos, colinas e propriedades vinícolas de Champagne- França (2015)
  • Climats e terroirs da Borgonha – França (2015)
  • Áreas protegidas da região de Cape Floral, Cabo – África do Sul (2004)
  • Paisagem Vinícola do Piemonte – Itália (2014)

Patrimônios imateriais da cultura do vinho:

  • Prática agrícolatradicional “vite adAlberello” – Ilha Pantelleria, Itália
  • Método devinificação ancestral “Qvevri” – Georgia
  • Iter Vitis – Associação Europeia para a Promoção dos Territórios
  • Vitivinícolas

Para saber mais: Conheça mais de 20 bens da cultura do vinho que são reconhecidos pela Unesco como Patrimônios da Humanidade – https://invinoviajas.com/2018/05/patrimonios-da-humanidade/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *