Enoturismo pós-pandemia acelera no Brasil: Vinícola Aurora registra crescimento de 13% de visitantes na vindima

Tempo de leitura: 3 minutos

O tradicional tour na unidade de Bento Gonçalves para conhecer como o vinho é fabricado

Por Rogerio Ruschel

Meu caro leitor ou leitora, ao que parece o pior da pandemia já passou para a vitivinicultura brasileira: as vendas de vinhos aumentaram significativamente durante o periodo de clausura e o enoturismo começou a voltar, alavancado na vindima deste verão.

A Vinícola Aurora – a pioneira no enoturismo do Brasil – recebeu 44.800 turistas durante a vindima de 2022 (entre janeiro e março) em suas três unidades, duas em Bento Gonçalves e outra em Pinto Bandeira. Com visitantes do Brasil, mas também dos Estados Unidos e Inglaterra, o número de visitantes representou 13% a mais em relação ao mesmo período de 2019 (quando 39,6 mil pessoas estiveram na Aurora) e 75% superior a 2021, em que foi registrado 21.900 visitantes, mas que teve atividades reduzidas por conta das limitações impostas pelo governo gaúcho.  Com o movimento voltando aos patamares pré-pandemia, foram criadas 10 vagas de empregos, totalizando 36 profissionais atuando na área de enoturismo, nas três unidades da empresa.

 A Vinícola Aurora é um dos principais atrativos turísticos da Serra Gaúcha: nos últimos cinco anos, mais de um milhão de visitantes estiveram na empresa, sendo a maioria deles formada por famílias e casais. Entre os principais estados de origem estão São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Em 2021, mesmo com cerca de dois meses de atividades suspensas em função da Covid-19, 190.900 turistas passaram pelos endereços da Vinícola Aurora.

Entre as experiências enoturísticas – que devem ser agendadas pelo site – estão roteiros de degustação entre R$ 60,00 e R$ 90,00, piqueniques a céu aberto e caminhadas nos vinhedos com guias e degustações por R$ 250 por pessoa. Ana Maria De Paris Possamai, gerente de Turismo, explica que entre as estratégias para o estímulo ao enoturismo estão as novas opções do chamado turismo de experiência. Até o final de 2022, a expectativa é de um aumento de 20% no fluxo de visitantes em relação ao ano anterior.  “Em julho de 2021, inauguramos a loja no Vale dos Vinhedos, junto a nossa unidade que é 100% sustentável. No espaço, o turista conhece a linha de envase e pode escolher entre três experiências: as degustações da Linha Premium, da Linha Super Premium ou Harmonizada com chocolates.“

“Também em dezembro do ano passado, abrimos de forma inédita o nosso espaço em Pinto Bandeira e passamos a oferecer caminhadas com degustação orientada pelos vinhedos. E para complementar, nesta vindima, lançamos, no mesmo endereço, o piquenique nos jardins e degustações especiais, e claro, mais uma loja da marca”, lista a gerente de Turismo da Vinícola Aurora.   

“A receptividade foi a melhor possível. Tivemos uma aceitação muito grande com as novidades apresentadas e, para este ano, estamos planejando novas opções para os turistas vivenciarem nas três unidades”, complementa Ana Maria.  Historicamente, os meses de inverno representam uma alta no fluxo turístico na empresa, superando períodos como a vindima (janeiro, fevereiro e março) e o final do ano (novembro e dezembro). 


NÚMERO DE VISITANTES DE JANEIRO A MARÇO (VINDIMA)
2022 – 44.881
2021 – 21.925
2020 – 40.017
2019 – 39.696

Fonte: MCom Comunicação, cominformações da Vinícola Aurora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.