Atividades Rogerio

As oportunidades perdidas: porque poucos brasileiros visitam o Alentejo?

As oportunidades perdidas: porque poucos brasileiros visitam o Alentejo?

4 minutos O repórter no Castelo de Monsaraz, local que vai atrair brasileiros – se eles souberem de sua existência Por Rogerio Ruschel Prezado leitor ou leitora, entendo que existe um potencial muito grande para o Alentejo, a linda região de Portugal, atrair brasileiros, tanto para fazer enoturismo quanto para outras atividades turísticas, desportivas e culturais. Tenho autoridade e experiência para opinar, porque sou o jornalista brasileiro que mais escreve sobre o Alentejo: são dezenas de reportagens no meu blogue In Vino Viajas (https://www.invinoviajas.com/?s=alentejo); Continue lendo

Conheça 5 indicações geográficas com milhares de anos, do tempo em que ainda nem existiam Indicações Geográficas

Conheça 5 indicações geográficas com milhares de anos, do tempo em que ainda nem existiam Indicações Geográficas

6 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, o conceito da Indicação Geográfica – IG como diferenciadora de produtos de qualidade foi sendo construído ao longo da história, e a ideia de sua proteção legal como uma propriedade industrial surgiu quando se percebeu que alguns produtos oriundos de determinadas áreas geográficas apresentavam características específicas, atribuíveis à sua origem, e que precisavam de proteção contra copiadores que não tinham a mesma qualidade do original. O Vinho do Porto (1870), é a primeira IG Continue lendo

Uma doce dica: conheça os méis brasileiros com Indicação Geográfica (IG), seus terroirs, características e sabores.

Uma doce dica: conheça os méis brasileiros com Indicação Geográfica (IG), seus terroirs, características e sabores.

8 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, no universo das mais de 110 IGs, o Brasil já tem 06 méis com Indicação Geográfica reconhecida, sendo que 03 deles são Denominações de Origem (DO) – o que caracteriza produtos copm profunda relação com o local onde são produzidos, e os outros 03 são indicacões de Procedência (IP). E pelo menos outros 03 méis estão em processo de análise, veja no fim desta reportagem. Estes seis tipos de méis (ou melhor: cinco tipos Continue lendo

Valorizar produtos com Indicação Geográfica no Brasil: uma corrida com dificuldades que poucos estão vencendo

Valorizar produtos com Indicação Geográfica no Brasil: uma corrida com dificuldades que poucos estão vencendo

5 minutos Por Rogerio Ruschel Estimados leitores e leitoras, chegar à possibilidade de integrar uma cadeia produtiva de um produto que conquistou uma Indicação Geográfica é um importante trunfo, desde que isso se transforme em benefícios utilizando as regras de marketing e do mercado. No entanto, para chegar a este pequeno grupo de qualificados (atualmente cêrca de menos de 10.000 produtores e empreendedores no Brasil) é preciso muito trabalho, muito aprendizado, muita dedicação – muito suor. Primeiro tem o suor para obter o reconhecimento Continue lendo

As riquezas da Economia do Mar e as maravilhas da Amazônia Azul

As riquezas da Economia do Mar e as maravilhas da Amazônia Azul

3 minutos Por Rogerio Ruschel, diretor editorial da Essential Idea Editora Meu prezado leitor ou leitora, hoje vou abordar um assunto de grande importância para todos nós, especialmente para nossos netos: o valor de nossos recursos hídricos, incluindo o mar. Recentemente foi realizado em Salvador, Bahia, o seminário “O MP em Defesa da Amazônia Azul” pelo Ministério Público em parceria com a Câmara de Comércio de Salvador e diversas entidades. Amazônia Azul é como a Marinha do Brasil denomina o território brasileiro abrangido pelo Continue lendo

Como produtos brasileiros com Indicação Geográfica e a Abrig podem aproveitar a eleição do novo presidente argentino?

Como produtos brasileiros com Indicação Geográfica e a Abrig podem aproveitar a eleição do novo presidente argentino?

3 minutos Por Rogerio Ruschel São Paulo, 20 de novembro de 2023. Meu querido leitor ou leitora, ao que parece a eleição de um ultraliberal extremista de direita com ideias “diferenciadas” como presidente da Argentina, pode perturbar o desenvolvimento da agricultura familiar no Brasil – e de maneira específica, afetar o desempenho dos produtos com Indicação Geográfica. Para pior ou para melhor – mas pode ser para melhor, se soubermos entender e aproveitar a oportunidade. Explico porque. Como se sabe, o acordo comercial entre Continue lendo

Vinho de açaí do Amapá foi confundido com vinho de uvas vitis viníferas em teste cego – será que vai assim para o mercado?

Vinho de açaí do Amapá foi confundido com vinho de uvas vitis viníferas em teste cego – será que vai assim para o mercado?

8 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, o açai, aquela frutinha roxa deliciosa de uma palmeira do bioma amazônico, consumida há centenas de anos como alimento popular no Amapá (e em toda a região da Amazônia) ganhou estudos técnicos, superou preconceitos e hoje é um produto de prestígio (e preço) global, sendo exportado para dezenas de países. Pois agora pode ser exportado como um vinho. João Capibaribe, ex- senador e ex-governador do Amapá produz açai há muitos anos na sua empresa Continue lendo

Conheça o jornalista brasileiro que escreve sobre vinhos que é recordista de leitores na Espanha

Conheça o jornalista brasileiro que escreve sobre vinhos que é recordista de leitores na Espanha

3 minutos Por Rogerio Ruschel Estimados leitoras e leitores, desta vez, depois de mais de 750 artigos publicados aqui no In Vino Viajas, peço licenca para falar de mim mesmo, porque estou orgulhoso em  dizer que estabeleci um novo recorde de leitores em terras estrangeiras. Meus recordes já registrados escrevendo sobre cultura do vinho são: 1) alcancei leitores em 136 paises no dia 21/11/2016  – e depois disso não contabilizei mais; e alcancei 380.826 acessos em um único mes, em junho de 2019 – Continue lendo

Vale dos Vinhedos comemora 23 anos de sucesso dos vinhos com Indicação Geográfica      e expande o conceito para o território

Vale dos Vinhedos comemora 23 anos de sucesso dos vinhos com Indicação Geográfica e expande o conceito para o território

11 minutos Por Rogerio Ruschel Entrevista exclusiva com Jaime Milan, consultor técnico da IG Vale dos Vinhedos e Presidente da ABRIG – Associação Brasileira das Indicações Geográficas Meu prezado leitor ou leitora, o Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha, é a primeira Indicação Geográfica do Brasil (IG) e também a única região reconhecida com as duas IGs existentes no país: IP – Indicação de Procedência, em 2002 e DO – Denominação de Origem, em 2012. Trata-se, então, da IG mais “idosa” e mais experiente. Continue lendo

Miolo Reserva Pinot Grigio com IG Campanha Gaúcha: 5 ideias de harmonização em um e-book – e mais a minha sugestão

Miolo Reserva Pinot Grigio com IG Campanha Gaúcha: 5 ideias de harmonização em um e-book – e mais a minha sugestão

2 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, para destacar a série de10 rótulos da sua linha Miolo Reserva,a Miolo Wine Group convidou o chef mineiro Felipe Caputo a desenvolver 27 receitas de harmonizações com pratos de todos os estados brasileiros, valorizando a diversidade gastronômica em um e-book muito interessante. Uma boa ideia, certamente, porque oferece inúmeras descobertas – e o melhor, o e-book é gratuito, veja mais adiante. A Miolo me enviou um Malbec e um Pinot Grigio para testar com as Continue lendo

Editais da Setec/MEC incentivam produtos com Identidade Geográfica – 16.000 produtores já foram impactados

Editais da Setec/MEC incentivam produtos com Identidade Geográfica – 16.000 produtores já foram impactados

12 minutos Por Rogerio Ruschel Entrevista exclusiva com Huarley Lemke, coordenador técnico-científico. Meu prezado leitor ou leitora, desde 2021 a Setec – Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) do Ministério da Educação (MEC) – vem investindo na educação profissional e tecnológica como processo educativo e investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades regionais. Um dos caminhos é o desenvolvimento de comunidades através da valorização de produtos com Identidade Geográfica – IG, que vem sendo realizado Continue lendo

Delícias do Restaurante Dona Izilda, em Palmela, um mergulho na culinária portuguesa para não-turistas

Delícias do Restaurante Dona Izilda, em Palmela, um mergulho na culinária portuguesa para não-turistas

2 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, já frequentei a culinária portuguesa em muitas mesas, degustando de pratos sofisticados como os do chef Vitor Sobral em companhia do chef Henrique Fogaça em Cascais, aos lanches de rua como sardinhas assadas e castanhas cozidas no Porto. Ou na chamada “praça de alimentação para foodies”, o Mercado da Ribeira em Lisboa, criado pela revista Time Out, onde se pode tomar uma cerveja ou vinho e saborear pratos da culinária portuguesa reinventadas por jovens Continue lendo

Indicação Geográfica, a arma para acabar com o bullying mercadológico sofrido pelos produtos locais, pequenos e caipiras

Indicação Geográfica, a arma para acabar com o bullying mercadológico sofrido pelos produtos locais, pequenos e caipiras

6 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, vivemos tão profundamente amortecidos pela pressão da globalização, que muitas pessoas não percebem a importância estratégica e os valores que nossos produtos locais, pequenos e caipiras também têm. Infelizmente os players globais trabalham para incutir no mercado a falsa ideia de que se um produto for estrangeiro será melhor do que um produto brasileiro – e tem feito isso com tal sucesso que empreendedores nem pensam na hipótese de investir em produtos locais, porque Continue lendo

Um passeio inesquecível na adega da Casa de Santar e nas Vinhas do Amor, no coração do Dão, Portugal, com o chef Henrique Fogaça

Um passeio inesquecível na adega da Casa de Santar e nas Vinhas do Amor, no coração do Dão, Portugal, com o chef Henrique Fogaça

6 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, quero compartilhar com você certamente uma das mais belas lembranças deste ano, uma visita que fiz recentemente a um dos mais emblemáticos (e crescentes) destinos de enoturismo de Portugal: o Dão. Um roteiro com o convite de profissionais da mais importante empresa da região, a 1990 Premium Wines, do Grupo Global Wines. Não foi uma visita padronizada: eu estava com minha mulher, Sonia Fonseca, diretora da Essential Idea Editora, e o com master chef Continue lendo

Descobrindo Menin Tinto Reserva 2019, um vinho DOC Douro com alma brasileira, terroir português e padrão internacional

Descobrindo Menin Tinto Reserva 2019, um vinho DOC Douro com alma brasileira, terroir português e padrão internacional

6 minutos Menin Tinto Reserva 2019, o DOC Douro com alma brasileira, terroir português e padrão internacional. Por Rogerio Ruschel Meu querido leitor ou leitora, quando se faz as coisas com amor elas ficam melhores. É o que pude comprovar degustando um rótulo excepcional da Menin Douro Estates (MDE) que já está no Brasil: o Menin Tinto Reserva 2019, um legítimo DOC Douro. Resultado da paixão de dois investidores brasileiros apaixonados por vinhos e pelo Douro, no norte de Portugal, que criaram o grupo Continue lendo

O valor agregado pela Identidade Geográfica aos vinhos da Peninsula de Setubal, Portugal

O valor agregado pela Identidade Geográfica aos vinhos da Peninsula de Setubal, Portugal

4 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, a Península de Setubal é uma região vitivinícola de Portugal pequena (oito mil hectares, cerca de 4% da área dos vinhedos do país), mas com grande agregação de valor porque certifica 85% dos vinhos que produz, o que é bastante significativo. Fica bem próxima da região de Lisboa – basta atravessar a ponte 25 de Abril. Além de excelentes vinhos brancos, tintos e rosés, a região é produtora dos expcepcionais vinhos licorosos Moscatel de Continue lendo

Gastronomia Galáctica: dicas para harmonizar vinhos terráqueos com filé de escorpião de Marte, alpistranos ao bafo de Júpiter e escorpião selvagem de Órion

Gastronomia Galáctica: dicas para harmonizar vinhos terráqueos com filé de escorpião de Marte, alpistranos ao bafo de Júpiter e escorpião selvagem de Órion

8 minutos Por Rogerio Ruschel Desde que o telescópio James Webb passou a investigar o Espaço Desconhecido para muito além da Via Láctea, tenho recebido mais convites para levar os famosos vinhos do Planeta Terra para amigos de outros planetas. Sim, porque faço isso há muitos anos, mas como a NASA tem feito mais contatos extra-terrestres, mais ETs me conhecem e convidam – e eu aceito, é claro!!! Então revisei estas dicas que já havia preparado em 2017 de como harmonizar vinhos do planeta Continue lendo

Como utilizar a identidade territorial como estratégia de marketing vencedora para produtos locais

Como utilizar a identidade territorial como estratégia de marketing vencedora para produtos locais

6 minutos Por Rogerio Ruschel * O potencial de agregação de valor de produtos locais está atraindo corporações como Ambev, Pão de Açucar, Três Corações, Sadia, Carrefour e organizações como CNI e GIFE. Uma revolução silenciosa mas de enorme importância para nossa economia está acontecendo em paralelo à pandemia do coronavirus: a crescente utilização de ferramentas globais de marketing para valorizar a identidade e a origem de produtos locais, pequenos e caipiras. Estes produtos, como agroalimentos da agricultura familiar, extrativismo, pequenas indústrias locais e Continue lendo

Portugal avalia 4 anos de trabalho de introdução da ESG nas instituições de ensino no país.

Portugal avalia 4 anos de trabalho de introdução da ESG nas instituições de ensino no país.

2 minutos Capa do relatório de 181 páginas Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, desculpe a falta de modéstia, mas sou um pioneiro na divulgação sobre sustentabilidade socioambiental no Brasil, com a criação, em 1989, da primeira empresa de consultoria em sustentabilidade corporativa do Brasil, a Ruschel & Associadois Marketing Ecológico. Naquele ano abandonei uma carreira bem sucedida de publicitário e durante 22 anos investi tempo e energia nesta tarefa, como consultor para algumas das maiores empresas e como professor na ESPM-SP Continue lendo

Museu homenageia o carreiro Quim Costa em São Bento do Sapucaí e vira atração turística na Serra da Mantiqueira

Museu homenageia o carreiro Quim Costa em São Bento do Sapucaí e vira atração turística na Serra da Mantiqueira

8 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, há 12 anos aqui no In Vino Viajas eu conto histórias que valorizam patrimônios comunitários. A história de hoje é sobre como uma família e amigos criaram um museu para resgatar a importância histórica e cultural de uma atividade “caipira” e preservar a memória de um pioneiro e transformaram tudo isso em uma atração turística inovadora, educativa e diferenciada no interior do estado de São Paulo. Vem comigo conhecer o Museu do Carro de Continue lendo

Porque o Marketing de Identidade acaba com o bullying dos produtos locais, pequenos e caipiras?

Porque o Marketing de Identidade acaba com o bullying dos produtos locais, pequenos e caipiras?

5 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, vivemos tão profundamente amortecidos pela pressão da globalização que muitas pessoas não percebem a importância estratégica e os inúmeros valores que nossos produtos locais, pequenos e caipiras, também tem. Infelizmente os players globais trabalham para incutir em nossos gestores e consumidores a falsa ideia de que se um produto for estrangeiro será melhor do que um produto brasileiro. E tem feito isso há tanto tempo e com tal sucesso que empreendedores nem pensam na Continue lendo

6 razões do sucesso da Sogrape ter tido em 2021 o melhor dos seus 80 anos, na opinião de seu presidente

6 razões do sucesso da Sogrape ter tido em 2021 o melhor dos seus 80 anos, na opinião de seu presidente

11 minutos Fernando da Silva Guedes, CEO da Sogrape Vinhos, Portugal Por Rogerio Ruschel (*) Entrevista exclusiva com Fernando da Cunha Guedes, CEO da Sogrape. Meu caro leitor ou leitora, 2021 foi o melhor dos 80 anos da Sogrape Vinhos, a maior vinícola de Portugal, uma das expressivas do mundo e considerada em 2015 e 2016 como a melhor do mundo pela World Association of Writers and Journalists of Wines and Spirits (WAWWJ) – aliás, um título 100% tangível porque soma os pontos que Continue lendo

22 CEOs distribuem carta aberta sobre o papel dos empresários do vinho na Cop-26

22 CEOs distribuem carta aberta sobre o papel dos empresários do vinho na Cop-26

7 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado leitor ou leitora, há vários anos In Vino Viajas tem acompanhado e noticiado iniciativas sobre os impactos do aquecimento global e iniciativas para reduzi-lo, até mesmo porque eu, Rogerio Ruschel, como editor, sou ambientalista pró-ativo há mais de 30 anos. Mas infelizmente este assunto tem tido muito pouca atenção do empresariado brasileiro da vitivinicultura. Por exemplo, In Vino Viajs é a única organização brasileira associada ao The Porto Protocol, movimento europeu com sede em Portugal, e recentemente fiz Continue lendo

Sustentabilidade na indústria vitivinícola: uma palestra internacional

Sustentabilidade na indústria vitivinícola: uma palestra internacional

1 minuto Por Rogerio Ruschel Meu querido leitor ou leitora, o GREENFEST é o maior movimento de sustentabilidade de Portugal e em 2021 foi realizado com ações presenciais e online em Carcavelos, Portugal, entre os dias 17 e 19 de setembro, com o tema Ecologia, Economia e Saúde, e fui convidado para fazer uma palestra sobre o tema. Pesquiso e trabalho há mais de 35 anos com o tema da sustentabilidade corporativa como um consultor especializado, e nos últimos 10 anos tenho escrito sobre Continue lendo

Os 20 benefícios dos produtos e do turismo com identidade territorial para o desenvolvimento local

Os 20 benefícios dos produtos e do turismo com identidade territorial para o desenvolvimento local

7 minutos Por Rogerio Ruschel* Meu prezado leitor ou leitora, nossos municípios foram duramente atingidos pela pandemia, especialmente os pequenos, porque práticamente todos os setores econômicos entraram em crise ao mesmo tempo: o comércio, a agricultura familiar, o turismo e as cadeias produtivas associadas a eles. Pois agora os potenciais consumidores dos produtos e serviços destas atividades estão ansiosos pela volta ao “normal” e começam a reaprender a trabalhar, a viajar, a consumir. Então dirigentes e gestores das cadeias produtivas do comércio, turismo, gastronomia, Continue lendo

Turismo pós-pandemia vai ressurgir valorizando a cultura, os patrimônios territoriais e os valores da comunidade.

Turismo pós-pandemia vai ressurgir valorizando a cultura, os patrimônios territoriais e os valores da comunidade.

6 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Meu prezado leitor ou leitora, como recuperar a indústria do turismo abalada pelo Covid-19? Com cautela e inteligência, apostando em valores de pertencimento exclusivo. Veja porque. Em janeiro de 2017 publiquei um post com o titulo “Porque a cultura popular brasileira, tão rica no folclore, música, artes, literatura e culinária, continua invisível no turismo? “. Creio que a questão foi bem entendida pelos (cultos) leitores de “In Vino Viajas”, porque entre as 560 reportagens do blogue publicadas em Continue lendo

Criação da Ametur – Associação Mundial de Enoturismo abre comemorações do Dia Mundial do Enoturismo 2020

Criação da Ametur – Associação Mundial de Enoturismo abre comemorações do Dia Mundial do Enoturismo 2020

2 minutos Evento reuniu lideranças da Europa e America do Sul Por Rogerio Ruschel Uma video conferência com base em Torres Vedras, região de Lisboa, no dia 6 de novembro, reuniu lideranças do Enoturismo da Europa e da America do Sul e formalizou a criação da AMETUR – Associação Mundial de Enoturismo, que vai substituir a AENOTUR – Associação Internacional de Enoturismo. Esta substituição havia sido aprovada em Assembleia Geral da Aenotur realizada em 27 de julho de 2019, e foi formalizada agora. A Continue lendo

Notas de quarentena – Aurora 2015, uma raridade na mesa: um Cabernet Franc muito distinto, com alma francesa e passaporte libanês

Notas de quarentena – Aurora 2015, uma raridade na mesa: um Cabernet Franc muito distinto, com alma francesa e passaporte libanês

3 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, semana passada ganhei um simpático presente do Marcelo Saraiva, um importador de vinhos que vem fazendo um trabalho valioso para os que gostam de exercer o livre arbítrio da escolha no mundo do vinho. Ele visita, prova e escolhe rótulos de adegas pequenas e dedicadas de países com tradição vinícola, mas fora do convencional. Faz isso há 15 anos, mas abriu a importadora no ano passado. Deu a ela o nome Distintos Wines (for Continue lendo