Calcata: o vilarejo medieval que se recusou a morrer e renasceu na Nova Era

Calcata: o vilarejo medieval que se recusou a morrer e renasceu na Nova Era

2 minutos Por Nadiella Monteiro (*) Os quase 50 km de distância de Roma conseguem disfarçar a longa viagem no tempo, por todos estes séculos que separam Calcata do mundo contemporâneo. Com achados que datam de mais de 800 anos antes de Cristo, seu castelo e os muros que a cercam foram construídos na era medieval. Era uma espécie de pimeira barreira a defender a região e a cidade de Roma. Na década de 1930, com medo de que ruíssem as estruturas vulcânicas onde Continue lendo

Uma fonte de vinho no Caminho de Santiago

Uma fonte de vinho no Caminho de Santiago

1 minuto Por Rogerio Ruschel (*)   A espanhola Bodegas Irache conseguiu entrar nos guias de vinófilos e de turismo por conta de uma iniciativa muito interessante: construiu uma fonte de vinho em um de seus muros que é vizinho de um dos roteiros do Caminho de Santiago, para ajudar os peregrinos a enfrentar o cansaço e calor. A bebida é gratis. Fundada em 1891, a Bodegas Irachetem sede perto de um antigo monastério na pequena localidade de Ayegui, nos vales de La Solana, Continue lendo

Internautas da TripAdvisor elegem os melhores destinos de enoturismo do mundo

Internautas da TripAdvisor elegem os melhores destinos de enoturismo do mundo

2 minutos Ponte Vecchia em Florença, Toscana Por Rogerio Ruschel (*) A TripAdvisor, um dos maiores sites de viagens do mundo, fez uma pesquisa e classificou, de acordo com opiniões de internautas, os melhores lugares para fazer enoturismo no mundo. A edição 2012 do prêmio Travellers’ Choice na categoria “Destinos de Vinho” foi feito com base em 32 locais indicados por internautas e viajantes amantes do vinho e depois avaliados de acordo com as vinícolas, restaurantes, atrações e acomodações que cada local oferece. Mundo Consolidando todos os Continue lendo

Gruyère: queijos e vinhos em um vilarejo encantado com um museu e um bar para alienígenas

Gruyère: queijos e vinhos em um vilarejo encantado com um museu e um bar para alienígenas

5 minutos Por Rogério Ruschel (*) Meu caro leitor ou leitora, provavelmente você já ouviu falar do queijo Gruyère, um dos mais conhecidos e consumidos queijos suiços, ao lado do Emmental, Raclette, Sbrinz, Tilsit e Vacherin Mont’d’Or. E queijo suíço obviamente é fabricado com leite de vacas suíças (como as que aparecem nesta fazenda, abaixo) – o mesmo leite com o qual os suíços fazem chocolate – o que já funciona como certificação de origem. Pois este queijo é fabricado especialmente em Gruyères, minúsculo Continue lendo

Um guia para escolher o melhor do enoturismo mundial – ou quase!

Um guia para escolher o melhor do enoturismo mundial – ou quase!

menos de 1 minuto Por Rogerio Ruschel (*)   Os melhores do enoturismo mundial em 9 grandes regiões vinícolas estão ao alcance do seu clique.   A Great Wines Capitals Global Network (Rede Global de Capitais Produtoras de Grandes Vinhos, em livre tradução), associação que promove nove polos produtores de vinho de qualidade (Bilbao, Bordeaux, CapeTown, Christchurch, Florença, Rheinhessen, Mendoza, Porto e San Francisco) acaba de lançar a Edição 2013 do tradicional Guia “Best of Wine Tourism”.   O guia apresenta as 55 propriedades Continue lendo

No teto do trem, no topo dos Andes: uma viagem maluca no Equador

No teto do trem, no topo dos Andes: uma viagem maluca no Equador

5 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Meu prezado leitor ou leitora, o Equador é um país pequeno, mas surpreendente, com muitos atrativos turísticos baseados em rica herança arqueológica, arquitetura histórica, atrativos urbanos, parques naturais, vulcões,  cultura típica tradicional, o tesouro do arquipélago de Galápagos – e estradas de ferro sensacionais. Ingapirca, um “mini-Cuzco” no Peru Como parte do Equador fica no litoral do Oceano Pacífico (como a capital econômica e super-porto, Guayaquil) e a outra parte está no alto da Cordilheira dos Andes (inclusive Continue lendo

Guayaquil, Equador: simpatia histórica, belezas naturais, cultura global e muita animação no Malecón 2000

Guayaquil, Equador: simpatia histórica, belezas naturais, cultura global e muita animação no Malecón 2000

4 minutos Por Rogério Ruschel (*) Fundada com o titulo de “Muy Noble y Muy Leal Ciudad de Santiago de Guayaquil” em 1547 pelos espanhóis como um estaleiro e porto comercial para escoar as riquezas do Novo Mundo para a Coroa Espanhola, Guayaquil é a maior cidade do Equador com mais de 2,5 milhões de habitantes (a Grande Guayaquil chega a 4,5 milhões). Monumento aos Libertadores da América do Sul, Simon Bolívar e San Martín E é uma das mais atraentes cidades do Equador, Continue lendo

Vindima 2013 em Canela: o pacote da CVC com a Jolimont

Vindima 2013 em Canela: o pacote da CVC com a Jolimont

1 minuto   Por Rogerio Ruschel (*) Rio das Antas A CVC fez seu próprio programa para levar turistas ao Rio Grande do Sul durante a Vindima 2013, que vai até metade de março. Trata-se de um pacote especial de 8 dias (a partir de R$ 998,00 por pessoa) feito em parceria com a Vinícola Jolimont, de Canela, na serra gaúcha, que oferece ao turista a experiência de conhecer a vindima participando da colheita da uva, do esmagamento com os pés e até fazer Continue lendo

Vindima 2013 em São Roque – SP com a Goes

Vindima 2013 em São Roque – SP com a Goes

1 minuto   Por Rogerio Ruschel (*)   O verão brasileiro é o período de colheita da uva em quase todos os sete pólos vinícolas brasileiros, entre os quais os polos do Rio Grande do Sul (na serra e na campanha), Santa Catarina, Paraná e São Paulo. O mais badalado do Brasil, comparável às vindimas de setembro/outubro na Itália e Espanha, é o evento de colheita na serra gaúcha, especialmente em Bento Gonçalves, o “Bento em Vindima” – que recebe milhares de turistas até Continue lendo

Vindima 2013 em Bento Gonçalves com a Pizzato

Vindima 2013 em Bento Gonçalves com a Pizzato

1 minuto   Por Rogerio Ruschel (*)   Turistas se divertem com a pisa das uvas A Pizzato é uma vinícola com 42 hectares de viníferas européias no Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, que produz uva e vinhos há muitas gerações, inicialmente na Itália e depois no Brasil, para onde parte da familia migrou em 1880. A partir de 1999 começam a produzir vinhos finos com o Pizzato Merlot (muito bem recebido na época) e na seguencia com rótulos com uvas Continue lendo

Galvão Bueno fica sócio da Miolo

Galvão Bueno fica sócio da Miolo

3 minutos Por Rogerio Ruschel (*) O apresentador da Rede Globo de Televisão Galvão Bueno confirmou que assinou ontem, segunda-feira, 21 de janeiro, contrato para ser sócio da empresa gaúcha Miolo, ao lado das familias Miolo, Benedetti, Tecchio e Randon. Assim o locutor fortaleceu a parceria com o Miolo Wine Group iniciada em 2009 com o desenvolvimento de dois vinhos de sua propriedade. Galvão Bueno e Adriano Miolo fazem um brinde ao negócio A parceria de Galvão Bueno com a Miolo incluia o desenvolvimento Continue lendo

Serra gaúcha é um dos 10 melhores destinos de enoturismo do mundo

Serra gaúcha é um dos 10 melhores destinos de enoturismo do mundo

6 minutos Por Rogerio Ruschel (*) O Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha, foi eleito pela revista americana Wine Enthusiast (uma das mais influentes do mercado) como um dos 10 melhores destinos enoturísticos do mundo para se visitar em 2013. A lista reúne alguns destinos já consolidados como Vale do Rio Douro (Portugal), Stellenbosch (África do Sul), Hunter Valley (Austrália) e Rioja (Espanha) – e o Vale dos Vinhedos é o único destino da América Latina selecionado. In Vino Viajas já sugeria e reforça Continue lendo

A miopia de marketing do vinho brasileiro: assistindo pela janela o sucesso dos vizinhos

A miopia de marketing do vinho brasileiro: assistindo pela janela o sucesso dos vizinhos

6 minutos   Por Rogerio Ruschel (*) Os produtores de vinhos da Argentina, Chile e África do Sul pensam grande. Na verdade, pensam de maneira correta: o mercado do vinho está na preferência de cada consumidor, e este consumidor pode estar em qualquer lugar do planeta. Pensando assim as organizações representativas de produtores de vinhos destes tres países estão juntando as forças para ficarem mais competitivos no mercado global. Criaram um evento denominado The Beautiful South a ser realizado em setembro de 2013 (dias Continue lendo

Os vinhos da Alsácia: uma arte de 2.000 anos

Os vinhos da Alsácia: uma arte de 2.000 anos

4 minutos Por Rogerio Ruschel (*) O clima é especialmente benéfico para a produção de vinhos como já haviam se dado conta os romanos há mais de 2.000 anos, por conta da fertilidade do vale do Reno, da baixa precipitação pluviométrica (entre 400 e 500 milímetros de chuva por ano), da baixa altitude (entre 200 e 400 metros) e da proteção das montanhas Vosges.      Registros informam que na Idade Média os vinhos da região já estavam na lista dos mais caros. Na Continue lendo

Os nove melhores locais para enoturismo do mundo

Os nove melhores locais para enoturismo do mundo

1 minuto Por Rogério Ruschel (*) Categoria Práticas Turísticas Sustentáveis – Yealands Estate (Marlborough – Nova Zelândia) – www.yealands.co.nz Acabou o suspense: a Great Wine Capitals – uma associação de promoção de nove cidades produtoras de vinho – se reuniu em Florença, Itália em novembro, e divulgou os resultados da premiação de Melhores locais para enoturismo do ano. O concurso recebeu 398 projetos concorrentes e premiou 55 regionais e nacionais das nove cidades participantes da rede Great Wine Capitals: Bordeaux, Florença, Mendoza, Christchurch, Mainz, Continue lendo

Alsácia: um convite à beleza e ao sabor

Alsácia: um convite à beleza e ao sabor

4 minutos   Por Rogério Ruschel (*)   A história da Alsácia é uma epopéia. Ocupando um vale fértil ao longo do Rio Reno protegido pelas montanhas Vosges, no nordeste da França, fronteiriça com Alemanha e Suiça, a região foi habitada por tribos nômades de caçadores em tempos pré-históricos e pelos Celtas a partir de 1.500 A.C. Por volta do ano 58 A.C. virou um território romano dedicado à viticultura; com o fim do Império Romano foi território de Alamanos, Francos, parte do Sacro Continue lendo

Enoturismo em Bento Gonçalves – RS: um verão divertido e diferente

Enoturismo em Bento Gonçalves – RS: um verão divertido e diferente

3 minutos Por Rogério Ruschel(*) Os parreirais de Bento Gonçalves, no Vale dos Vinhedos, serra gaúcha, sobem e descem colinas graciosa e elegantemente. E com a proximidade do verão estão carregados de uvas européias para vinhos como a Isabel (Vitis vinifera), e também com cachos de deliciosas uvas para mesa e suco: 2013 terá uma grande colheita.  E você pode participar ativamente desta experiência com as facilidades do “4O. Bento em Vindima”, a quarta edição de um show de enoturismo com uma programação repleta Continue lendo

Porque nosso turismo tem que ser tão pobre?

Porque nosso turismo tem que ser tão pobre?

8 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Neste post não vou falar de vinhos – mas vou falar de algo que está profundamente associado ao enoturismo: a qualidade no turismo. Acontece, caro leitor, que ando muito chateado com a pobreza de conteúdo, a falta de qualidade do turismo oferecido no Brasil para turistas brasileiros e com o gigantesco desperdício de oportunidades de valorização de um dos nossos maiores patrimônios: nossa diversidade. Quer ver um exemplo clássico? Porto Seguro, na Bahia, é o berço do descobrimento Continue lendo

O vinho suiço vai encontrar os deuses, pendurado no céu

O vinho suiço vai encontrar os deuses, pendurado no céu

2 minutos   Por Rogerio Ruschel (*) Prezado leitor, em breve vou ter que reescrever meu post sobre os vinhedos de Lavaux (Plateau, Cantão do Vaud), na Suiça – veja aqui em http://invinoviajas.blogspot.com.br/2012/05/nos-vinhedos-de-lavaux-suica-um.html É que na região poderá ser construído o Museu do Vinho Suiço, debruçado sobre o Lago Genebra (Léman, oficialmente). O projeto do arquiteto suíço Mauro Turin começou como um simples desenho em uma revista de design, mas chamou a atenção da imprensa. Agora, os políticos da região pretendem concretizar a construção Continue lendo

Turismo e sustentabilidade: como beber desta fonte harmonizando benefícios

Turismo e sustentabilidade: como beber desta fonte harmonizando benefícios

12 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Turismo sustentável é aquele no qual todas as partes envolvidas saem ganhando: o turista vivencia uma experiência única em contato com culturas e ambientes novos; o local visitado se beneficia sociológica e economicamente ao ser conhecido e divulgado para além de suas fronteiras (e somente se respeita aquilo que se conhece); e a economica local (comunidades, poder público e pequenas empresas) se beneficia com novos negócios gerados pelo turismo. E o turismo, como se sabe, movimenta negócios em Continue lendo

Corrupção em Piazza Armerina? Mosaicos maravilhosos e uma tese maluca

Corrupção em Piazza Armerina? Mosaicos maravilhosos e uma tese maluca

4 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Já estava há uns 20 dias viajando pela Sicília e depois de conhecer Taormina, Palermo, Segesta, Érice e Agrigento (veja posts publicados), achei que já tinha conhecido os melhores atrativos da Sicília. Mas o agente de viagens de Messina que estava me ajudando a montar os futuros roteiros turísticos, insistiu que eu devia conhecer Piazza Armerina. Então apontei meu Fiat Panda alugado para o centro da Sicília – e hoje sei que devo muito a esta dica do Continue lendo

As brumas mágicas da sedutora Érice, a cidade siciliana do amor

As brumas mágicas da sedutora Érice, a cidade siciliana do amor

4 minutos Por Rogério Ruschel (*) A cidade de Érice, na Sicilia, só poderia ter sido fundada por um povo que cultuava Vênus, a deusa do amor dos romanos (Afrodite para os gregos). Explico: a povoação foi fundada em torno de 500 AC pelos elimos com o nome de Venere Ericina, para venerar a deusa da fertilidade – e os elimos foram o povo resultante da fusão (quer dizer, transa generalizada) de gregos foragidos de Tróia com os moradores locais, os sicanos (talvez os Continue lendo

Vales encantados, vinhos premiados, cervejas refrescantes e outras delicias no Hunter Valley, Austrália

Vales encantados, vinhos premiados, cervejas refrescantes e outras delicias no Hunter Valley, Austrália

3 minutos Blue Mountains Por Ricardo e Monica Ruschel (*) Ao norte de Sydney, na Austrália, encostado aos parques nacionais Wollemi e Yengo, encontra-se o Hunter Valley, um dos mais antigos centros produtores de vinho da Austrália. Estabelecidos nas planícies do Rio Hunter, os primeiros vinhedos datam de 1830. Vinhedo no Hunter Valley Para quem sai de Sydney deve-se apanhar a rodovia 82 até Cessnock, ponto de entrada do Hunter Valley. A partir daí, faz-se o circuito vinífero pela Wine Country Drive (na verdade Continue lendo

Pesquisa comprova que a música melhora a qualidade das uvas nos vinhedos de Montalcino, na Toscana italiana

Pesquisa comprova que a música melhora a qualidade das uvas nos vinhedos de Montalcino, na Toscana italiana

4 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Na propriedade Il Paradiso di Frassina, a menos de 5 quilometros de Montalcino, na provincia de Siena, na mítica e mágica Toscana italiana, onde se produz alguns dos vinhos mais famosos do mundo, como o Brunello di Montalcino e Chiantis, o ex-advogado Giancarlo Cignozzi vem obtendo sucesso científico e popular na produção de uvas tocando música clássica nos vinhedos.    O processo, denominado “produção de vinho fonobiológico” no livro “100 Initiatives that are greening the world” publicado durante Continue lendo

Brasil – Vale dos Vinhedos: nossa primeira DO

Brasil – Vale dos Vinhedos: nossa primeira DO

6 minutos   Colheita em Bento Gonçalves-RS, Vale dos Vinhedos Por Rogerio Ruschel (*) Uma boa notícia: em 11 de setembro de 2012 o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) deferiu o pedido de registro de Denominação de Origem (DO) para o Vale dos Vinhedos na serra gaúcha, para vinhos e espumantes. O registro foi obtido pela Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale) e contou com a parceria da Embrapa Uva e Vinho, Embrapa Clima Temperado e Embrapa Florestas, Continue lendo

Enoturismo bem feito: 10 dicas de especialista

Enoturismo bem feito: 10 dicas de especialista

3 minutos     Por Rogério Ruschel (*) Encontrei na vinosfera – o universo internético do vinho – um conjunto de dicas muito interessantes do especialista espanhol em vinificação, marketing e promoção de enoturismo Carles Mera Margalet. Se você é um turista, como eu – e não um responsável pelo marketing de uma bodega ou vinhedo – também pode aproveitar as dicas porque, se na sua visita perceber que o local não está seguindo estas dicas, o pacote turístico não está bem feito. Abaixo Continue lendo

Maravilhas da arquitetura grega em terras italianas: Agrigento e Segesta, na Sicilia, Itália

Maravilhas da arquitetura grega em terras italianas: Agrigento e Segesta, na Sicilia, Itália

5 minutos Por Rogério Ruschel (*) A riqueza cultural e histórica da Sicília é tão surpreendente que na ilha italiana existem mais monumentos da Grécia Antiga do que na própria Grécia. Esta herança também se refere à cultura romana (como a casa romana mais bem conservada do mundo, em Piazza Armerina e se mostra mais exuberante no Vale dos Templos, em Agrigento, e em Segesta, onde está o tempo dórico mais bem preservado do mundo – todos tombados como Patrimônio Histórico da Humanidade pela Continue lendo

Um passeio por Palermo, na Sicilia, Itália, a Cidade dos Reis Mouros com 2.800 anos e seus vinhos Marsala, Delia e Alcamo

Um passeio por Palermo, na Sicilia, Itália, a Cidade dos Reis Mouros com 2.800 anos e seus vinhos Marsala, Delia e Alcamo

5 minutos Por Rogério Ruschel (*) Fundada cerca de 800 anos AC por fenícios vindos de Tiro (Líbano) com o nome de Ziz, a capital Palermo é a quinta maior cidade italiana, com cerca de 1 milhão de habitantes e o principal centro cultural, histórico e econômico da Sicília. Colonizada pelos gregos por mais de 200 anos (que lhe deram o nome de Panormos, que significa “todos os portos”), em 253 AC foi tomada pelos romanos durante as guerras púnicas. Durante séculos os romanos expandiram Continue lendo

Conheça Catania, na Sicilia, Itália – a cidade com arquitetura, arte, erupções e terremotos

Conheça Catania, na Sicilia, Itália – a cidade com arquitetura, arte, erupções e terremotos

4 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Segunda maior cidade da Sicília (320.000 habitantes) depois da capital Palermo, Catania nasceu como um porto e colônia grega no século VIII a.C. pelos calcideses. Por sua localização privilegiada (fica debruçada sobre o Mar Jônico em uma baía que permite abrigar barcos), ao longo do séculos foi ocupada por romanos, ostrogodos, bizantinos, árabes, normandos e outros povos. E cada um destes grupos deixou suas marcas e costumes na cidade e região. Objeto do desejo de muitos invasores, Catania Continue lendo