O futuro do vinho é a inovação sustentável – sabemos disso no Brasil?

O futuro do vinho é a inovação sustentável – sabemos disso no Brasil?

12 minutos Texto de Mariana Gil Juncal no portal Vinetur, editado por Rogerio Ruschel Meu querido leitor ou leitora, recebo muitos press-releases pedindo divulgação para prêmios que nossos vinhos recebem em concursos no exterior. Isso é muito bom, é claro, mas não basta para termos o que eles chamam de “prestígio internacional”. O prestígio corporativo está na liderança, em contribuir para a atividade, em deixar um legado – e será que estamos fazendo isso em âmbito internacional? Creio que no que se refere a Continue lendo

22 CEOs distribuem carta aberta sobre o papel dos empresários do vinho na Cop-26

22 CEOs distribuem carta aberta sobre o papel dos empresários do vinho na Cop-26

7 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado leitor ou leitora, há vários anos In Vino Viajas tem acompanhado e noticiado iniciativas sobre os impactos do aquecimento global e iniciativas para reduzi-lo, até mesmo porque eu, Rogerio Ruschel, como editor, sou ambientalista pró-ativo há mais de 30 anos. Mas infelizmente este assunto tem tido muito pouca atenção do empresariado brasileiro da vitivinicultura. Por exemplo, In Vino Viajs é a única organização brasileira associada ao The Porto Protocol, movimento europeu com sede em Portugal, e recentemente fiz Continue lendo

Sustentabilidade na indústria vitivinícola: uma palestra internacional

Sustentabilidade na indústria vitivinícola: uma palestra internacional

1 minuto Por Rogerio Ruschel Meu querido leitor ou leitora, o GREENFEST é o maior movimento de sustentabilidade de Portugal e em 2021 foi realizado com ações presenciais e online em Carcavelos, Portugal, entre os dias 17 e 19 de setembro, com o tema Ecologia, Economia e Saúde, e fui convidado para fazer uma palestra sobre o tema. Pesquiso e trabalho há mais de 35 anos com o tema da sustentabilidade corporativa como um consultor especializado, e nos últimos 10 anos tenho escrito sobre Continue lendo

Reflexões com a taça cheia: qual a origem do vinho e quem o inventou?

Reflexões com a taça cheia: qual a origem do vinho e quem o inventou?

3 minutos Por Rogerio Ruschel Meu caro leitor ou leitora, aqui está uma boa reflexão para ser feita com uma taça de bom vinho nas mãos e um amigo ao alcance do diálogo: afinal, quem foi que criou o vinho, onde e quando? Pesquisas arqueológicas e documentos ancestrais comprovam que o vinho é de fato um dos produtos mais antigos dos seres humanos. Veja algumas destas pesquisas e as possibiidades. 9.000 anos? Muitas pessoas – e a Organização Mundial do Turismo (OMT) também – Continue lendo

Pesquisa na Espanha comprova: vinhos de uvas autóctones estão tendo mais valor do que vinhos com castas globais.

Pesquisa na Espanha comprova: vinhos de uvas autóctones estão tendo mais valor do que vinhos com castas globais.

2 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, veja só a força das Denominações de Origem na preferência do consumidor. Se você é um daqueles apreciadores de vinhos que tem certeza de que vinhos franceses são melhores e tem mais “valor” do que vinhos de outros países, é bom ler o que se segue. A edição 2021-2022 do guia “Wine Up! Wine” Monovarietal fez uma descoberta muito interessante e animadora para a vitivinicultura espanhola: em 2020 o preço médio e a qualidade Continue lendo

Espanhóis identificam 6 perfis de consumo entre os 22 milhões de bebedores de vinho; e no Brasil?

Espanhóis identificam 6 perfis de consumo entre os 22 milhões de bebedores de vinho; e no Brasil?

5 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, entre agosto e setembro de 2021 o Observatório do Mercado Vitivinícola Espanhol (OeMv) realizou um estudo sobre a “Caracterização do consumidor espanhol de vinho”, uma radiografia dos mais de 22 milhões de consumidores de vinho espanhóis para determinar como são, como é o consumo, que tipos de vinhos preferem e como tendem a se aproximar do presente e do futuro. Leia a seguir e me diga: qual é o seu tipo? O principal grupo Continue lendo

Divirta-se com o espumante com garrafa em formato de pênis, especial para despedidas de solteiras

Divirta-se com o espumante com garrafa em formato de pênis, especial para despedidas de solteiras

3 minutos Por Rogerio Ruschel Prezada amiga, esta mensagem é especial para você que gosta de vinho e de alegria com suas amigas. Ou muito criativo. Agora você pode comprar um espumante em uma garrafa no formato de um pênis – e um grande pênis, diga-se de passagem. Pois é, dois malucos criaram o produto especialmente para amigas se divertirem em festas de despedida de solteira!!! No mundo do marketing de vinhos sempre que surgem ideias diferenciadas, mostramos aqui para nossos leitores. Por exemplo: Continue lendo

Brasil vai ganhar o primeiro museu subaquático do mundo em água doce, em Bonito – MS

Brasil vai ganhar o primeiro museu subaquático do mundo em água doce, em Bonito – MS

2 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado amigo ou amiga, anote aí: o Brasil vai inaugurar até o final de outubro um museu subaquático na Nascente Azul, um dos principais atrativos turísticos de Bonito, no Mato Grosso do Sul – que por sua vez é um dos destinos mais bonitos, atraentes e bem organizados de turismo de aventura e natureza do Brasil. E tem mais: existem museus no fundo do mar em destinos charmosos e badalados, mas este vai ser o primeiro do mundo em água Continue lendo

Chegou a Slow Wine Coalition: vinhos com sustentabilidade, proteção da paisagem e crescimento social e cultural da zona rural

Chegou a Slow Wine Coalition: vinhos com sustentabilidade, proteção da paisagem e crescimento social e cultural da zona rural

4 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado leitor ou leitora, os conceitos do Slow Food finalmente chegaram à atividade da vitivinicultura. No dia 6 de julho de 2021 foi lançada globalmente a Slow Wine Coalition, a proposta de uma nova revolução do mundo vitivinícola, reunindo todos os protagonistas do setor em torno da consciência de que o vinho não pode mais ter apenas um papel hedonista, ligado ao prazer da degustação, mas seguirá cada vez mais o caminho de uma verdadeira sustentabilidade ambiental, da proteção Continue lendo

Conheça Calcatorium, o primeiro vinho de lagar rupestre de Portugal, que revive técnica ancestral dos romanos

Conheça Calcatorium, o primeiro vinho de lagar rupestre de Portugal, que revive técnica ancestral dos romanos

4 minutos Por Rogerio Ruschel eu prezado leitor ou leitora, veja outra histrória de valoreização do produtro local e do patrimônio territorial – desta vez vindo de Portugal. Produtores portugueses de vinho recuperaram um processo único e ancestral de vinificação de uvas do tempo dos romanos, o vinho de lagar rupestre. O processo foi oficialmente reconhecido em 2020 como método tradicional de Trás-os-Montes. O “Calcatorium”, como foi batizado este que é o primeiro vinho de lagar rupestre certificado e rotulado em Portugal, e foi Continue lendo

Congresso internacional online debate valorização do turismo ligado ao Patrimônio Cultural e Museus de municípios rurais.

Congresso internacional online debate valorização do turismo ligado ao Patrimônio Cultural e Museus de municípios rurais.

6 minutos Por Rogerio Ruschel Nos próximos dias 8, 9 e 10 de setembro, a cidade portuguesa de Vila do Conde vai receber o Congresso Internacional do projeto rurAllure subordinado ao tema “Promoção do Patrimônio Cultural e dos Museus em Contexto Rural”, que terá lugar no Teatro Municipal. O evento será presencial, mas interessados poderão acompanhar por streaming nos sites da Vila do Conde e da ruralAllure. Este congresso tem como objetivo analisar o recurso às atuais tecnologias da informação, no sentido de promover Continue lendo

Queijos brasileiros com Indicação Geográfica ganham selos dos Correios; reconhecimento agrega valor a produtos locais

Queijos brasileiros com Indicação Geográfica ganham selos dos Correios; reconhecimento agrega valor a produtos locais

3 minutos Artesanal Serrano, um dos oito queijos retratados na Série Especial de selos Por Rogerio Ruschel, com conteúdo do Sebrae Meu prezado leitor ou leitora, a mobilização pelo reconhecimento e agregação de valor a produtos brasileiros de base local e com Indicações Geográficas – IGs se amplia a cada dia e agora vai chegar até a sua correspondência: o Sebrae e os Correios lançaram dia 12 de agosto de 2021 um conjunto de selos artísticos homenageando os queijos brasileiros detentores de Indicação Geográfica. Continue lendo

Pirarucu de Mamirauá, o gigantesco peixe da Amazônia, batiza a mais nova Denominação de Origem do Brasil

Pirarucu de Mamirauá, o gigantesco peixe da Amazônia, batiza a mais nova Denominação de Origem do Brasil

4 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado amigo ou amiga, aos poucos estamos aprendendo a dar valor a nossos produtos de base local, aqueles que só determinado território tem e que consumidores de outras partes, até mesmo do exterior, adorariam conhecer. Na história de hoje tenho certeza disso, porque o pirarucu (Arapaima gigas), o gigantesco (e lindo) peixe da Amazônia foi reconhecido dia 13 de juho de 2021 como um patrimônio da região de Mamirauá. E posso garantir que é um patrimônio delicioso, porque já Continue lendo

Vinícola Aurora cria Gioia, marca exclusiva para vinhos com Indicações Geográficas

Vinícola Aurora cria Gioia, marca exclusiva para vinhos com Indicações Geográficas

5 minutos Por Rogerio Ruschel Meu estimado leitor ou leitora, outra boa novidade no portfólio dos agroalimentos brasileiros: parece que nosso setor vitivinícola está mesmo convencido de que a origem e a identidade dos produtos agrega diferencial de marketing e valor de mercado. A Vinícola Aurora, de Bento Gonçalves, Rio Grande do Suol, sai na frente e lança a linha GIOIA, que, segundo informações que me enviaram, na tradução do italiano, significa “alegria”. “A nova marca apresenta produtos com garrafas numeradas e limitadas, que Continue lendo

Vinhos de Altitude de Santa Catarina agora têm selo de Indicação Geográfica

Vinhos de Altitude de Santa Catarina agora têm selo de Indicação Geográfica

7 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, está frio na serra catarinense, mas temos notícias quentes de lá. Como eu vinha monitorando aqui no  In Vino Viajas (veja os artigos abaixo), os Vinhos de Altitude de Santa Catarina conquistaram o selo de Indicação Geográfica (IG), concedido dia 29 de junho de 2021, pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) Veja os artigos aqui: Brasil vai ter mais três regiões vinícolas com certificação de origem; solicitações aceleram no INPI – https://www.invinoviajas.com/2021/02/brasil-vai-ter/ Vilagio Continue lendo

União de vinícolas, trade de turismo e poder público de 2 cidades cria produto turístico diferenciado na serra gaúcha.

União de vinícolas, trade de turismo e poder público de 2 cidades cria produto turístico diferenciado na serra gaúcha.

3 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, hoje você vai conhecer mais um exemplo do que venho repetindo em palestras, artigos e no meu livro “O valor global do produto local” sobre o valor do turismo com indentidade: a união da comunidade em torno de objetivos comuns – como a valorização dos patrimônios locais do território – agrega um importante diferencial de marketing, cria uma maior percepção de valor para os produtos oferecidos, valorize a cultura local, valoriza as propriedades rurais, Continue lendo

Muçulmanos produziam e exportavam vinhos na Sicília nos séculos IX a XI – embora a religião não permita seu consumo

Muçulmanos produziam e exportavam vinhos na Sicília nos séculos IX a XI – embora a religião não permita seu consumo

2 minutos Baseado em texto de Ana Gómez, publicado em Vinotur; editado por Rogerio Ruschel El vino, cujo consumo está prohibido por en el Islam, pero se ha descubierto que en la “Sicilia islámica” entre los siglos IX y XI, se producía y exportaba vino desde el puerto de Palermo hasta las tierras cristianas, convirtiendo a Sicilia en el centro del comercio del vino del mediterráneo. Los investigadores de la estructura BioArCh de la Universidad de York, han demostrado que los musulmanes de Sicilia Continue lendo

Vinhos com Denominação de Origem da Espanha debatem online como aplicar fundos de recuperação de 120 milhões de Euros

Vinhos com Denominação de Origem da Espanha debatem online como aplicar fundos de recuperação de 120 milhões de Euros

3 minutos Por Rogerio Ruschel, com informações de Vinetur e do jornal El Economista Dia 2 de Julio la Conferencia Española de Consejos Reguladores Vitivinícolas, la organización que representa a las denominaciones de origen de vino, organiza un seminario web para informar a denominaciones de origen y bodegas sobre como utilizar los fondos de recuperación de la Comisión Europea. El 2 de julio, de 10h a 11.30h (hora peninsular), tendrá lugar el seminario web “Fondos de recuperación: claves para la transformación de nuestro modelo Continue lendo

Ambev lança cervejas com identidade territorial caipira e ganha prêmio global

Ambev lança cervejas com identidade territorial caipira e ganha prêmio global

5 minutos Marcas regionais, caipiras, das cervejas de aipim da Ambev Por Rogerio Ruschel A maior cervejaria do mundo lançacervejas produzidas com produtos locais de 10.000 agricultores familiares em cinco estados brasileiros, e engrossa o grupo de grandes corporações que investem em produtos com identidade territorial. Meu caro amigo ou amiga: quando escrevo aqui no In Vino Viajas, no meu WebcanalTNFDQ, nos meus livros ou em palestras sobre a importância dos produtos locais com identidade territorial, desenvolvidos a partir de patrimônio do território, muitas Continue lendo

Arqueólogos e chefes de cozinha portugueses vão recriar o garum, um molho de peixe da Roma Antiga, depois de 15 séculos

Arqueólogos e chefes de cozinha portugueses vão recriar o garum, um molho de peixe da Roma Antiga, depois de 15 séculos

3 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, arqueólogos, nutricionistas e chefes de cozinha portugueses vão recriar um molho de peixe muito utilizado na Antiguidade, e que desapareceu há cerca de 15 séculos: o garum, garo ou liquamen. O dia do início do processo produtivo, que pode levar até tres meses, é 26 de maio de 2021. O garo (também chamado de garum, nome romano de um tipo de peixe) era um molho muito apreciado na Antiguidade, especialmente na Roma Antiga, de Continue lendo

Os 20 benefícios dos produtos e do turismo com identidade territorial para o desenvolvimento local

Os 20 benefícios dos produtos e do turismo com identidade territorial para o desenvolvimento local

7 minutos Por Rogerio Ruschel* Meu prezado leitor ou leitora, nossos municípios foram duramente atingidos pela pandemia, especialmente os pequenos, porque práticamente todos os setores econômicos entraram em crise ao mesmo tempo: o comércio, a agricultura familiar, o turismo e as cadeias produtivas associadas a eles. Pois agora os potenciais consumidores dos produtos e serviços destas atividades estão ansiosos pela volta ao “normal” e começam a reaprender a trabalhar, a viajar, a consumir. Então dirigentes e gestores das cadeias produtivas do comércio, turismo, gastronomia, Continue lendo

96% da área de vinhedos na Espanha está em territórios com denominação de origem (Identidade Geográfica)

96% da área de vinhedos na Espanha está em territórios com denominação de origem (Identidade Geográfica)

3 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, a Espanha é um dos três maiores produtores mundiais de vinhos e também um dos maiores exportadores. Todos os anos compete com a França e a Itália por uma das três primeiras posições. Então é importante saber que este poderoso país vitivinicultor se posiciona no mercado internacional utilizando a proteção e agregação de valor de produtos certificados com Identidade Geográfica. Como você sabe, produtos com uma denominação de origem valorizam sua identidade, o que Continue lendo

A CNI mergulha nos rincões do país para revelar os produtos com identidade geográfica do “Brasil que a gente produz”

A CNI mergulha nos rincões do país para revelar os produtos com identidade geográfica do “Brasil que a gente produz”

13 minutos Aldeia no município de Uarini, no coração da Amazônia, produtor da farinha de Uarini Por Rogerio Ruschel Exclusivo: Entrevista com Ariadne Tamm Sakkis, Editora de Conteúdo da Agência CNI de Notícias e diretora da Série “O Brasil que a gente produz” sobre produtos com Indicação Geográfica Meu caro amigo ou amiga, se você pensa que a CNI – Confederação Nacional da Indústria – a poderosa organização que representa mais de 20% do PIB brasileiro – só transita em grandes prédios industriais, ruas Continue lendo

Surpresa entre as 50 marcas de vinho mais admiradas do mundo – Edição 2021

Surpresa entre as 50 marcas de vinho mais admiradas do mundo – Edição 2021

5 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado amigo ou amiga, no mundo dos vinhos as citações, prêmios e destaques valem dinheiro, muito dinheiro, porque a percepção de valor de um vinho está fundamentada parcialmente em aspectos tangíveis (aroma, gosto, cor, safra, uvas, terroir, retrogosto, qualidade como produto) e outra parte em aspectos intangíveis como origem, marca, “fama” do enólogo e imagem construída da vinícola. Mas como nós sabemos, a imagem construída não necessariamente reflete o valor de um vinho; quero dizer, os aspectos tangíveis podem Continue lendo

Saiba porque produtos locais estão atraindo Investimento Social Privado e a atenção do GIFE

Saiba porque produtos locais estão atraindo Investimento Social Privado e a atenção do GIFE

6 minutos Brinde do GIFE para palestrantes, foto de Sonia Consiglio Favaretto Por Rogerio Ruschel Incentivar cadeias produtivas nos municipios nocauteados pela pandemia é o investimento social (privado ou público) com retorno mais rápido e duradouro para socorrer a economia local. Meu prezado leitor ou leitora, uma revolução silenciosa mas de enorme importância para nosso país está acontecendo longe dos olhos da chamada “grande mídia” que só tem visto problemas da coronavirus. Estou falando da mobilização de pessoas, entidades e organizações pela valorização dos Continue lendo

Queijo do Marajó, feito artesanalmente com leite fresco de búfala, ganha reconhecimento de Indicação de Procedência – IP

Queijo do Marajó, feito artesanalmente com leite fresco de búfala, ganha reconhecimento de Indicação de Procedência – IP

5 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, mais uma boa noticia: o Queijo do Marajó, um queijo fresco de leite de búfala, produzido de forma artesanal há mais de 200 anos no arquipélago do Marajó, no Pará, acaba de ser reconhecido como um patrimônio de valor coletivo. O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) atribuiu a ele o registro de Indicação de Procedência, uma das formas de Indicação Geográfica do Brasil.  Na abertura, veja a alegria das vaquinhas de Marajó, que Continue lendo

Prost!!! A cultura do vinho é reconhecida como o 35o. patrimônio cultural imaterial da Alemanha

Prost!!! A cultura do vinho é reconhecida como o 35o. patrimônio cultural imaterial da Alemanha

3 minutos Vale do Reno, Alemanha – um dos patrimônios alemães já reconhecidos pela Unesco Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, fico feliz em informar que mais um bem da cultura que existe no entorno da produção de vinhos acaba de ser reconhecido como um patrimônio cultural. Estou falando da cultura do vinho na Alemanha, reconhecida em 9 de março de 2021 pelo registro alemão do patrimônio cultural imaterial, por recomendação do comitê de especialistas da Comissão Alemã para a UNESCO – Continue lendo

As aventuras gastronômicas no maravilhoso mundo em miniatura de Pierre Javelle e Akiko Ida

As aventuras gastronômicas no maravilhoso mundo em miniatura de Pierre Javelle e Akiko Ida

2 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado leitor ou leitora, Você gostaria de brincar de escorregar em um prato de chantilly? Ou mergulhar em um lago de chocolate? Esculpir em um amendoim? Ou quem sabe jogar golfe em um biscoito? Pois isso você pode fazer se tiver a mesma imaginação de dois gastrônomos-artistas-fotógrafos muito criativos que você vai conhecer agora. Publiquei este artigo em 2015 e repito agora porque a beleza nnao sai de moda. Desde 2002, os fanáticos pela gastronomia Pierre Javelle e Akiko Continue lendo

Rio Grande do Sul colheu 800.000 toneladas de uva em 122 municípios: uma safra muito boa para vinhos que prometem qualidade

Rio Grande do Sul colheu 800.000 toneladas de uva em 122 municípios: uma safra muito boa para vinhos que prometem qualidade

4 minutos Por Rogerio Ruschel, com texto da Conceito.com Meu prezado leitor ou leitora, no periodo de metade de janeiro a comecinho de março aproximadamente os brasileiros colhem a safra anual de uvas – tanto para consumo na mesa quanto para produção de sucos ou vinhos. Pelos meus calculus, ea atividade da vitivinicultura envolve direta ou indiretamente cerca de5 milhões de pessoas em pelo menos 170 localidades e municípios em 40 regiões de 10 Estados brasileiros. As avaliações iniciais falam em uvas de qualidade Continue lendo

510 bilhões de Reais por ano: este é o valor das 3.207 Indicações Geográficas de  alimentos e bebidas de 28 países europeus (em 2017)

510 bilhões de Reais por ano: este é o valor das 3.207 Indicações Geográficas de alimentos e bebidas de 28 países europeus (em 2017)

7 minutos O valor agregado a um produto europeu com Indicação Geográfica Por Rogerio Ruschel, com dados da Comissão da Agricultura da União Europeia Meu prezado leitor ou leitora, a Comissão Europeia divulgou dia 20 de abril de 2020, em Bruxelas, um relatório sobre o valor das Indicações Geográficas – IG para os países do bloco. Você sabe: IGs são registros de territórios que agregam valor aos produtos daquele território, porque criam diferenciais exclusivos e elevam os preços; por exemplo, Roquefort para queijos, Borgonha Continue lendo