#Rogerio Ruschel

BNDES investe na Economia Azul, acelerando o uso sustentável dos recursos do oceano do Brasil.

BNDES investe na Economia Azul, acelerando o uso sustentável dos recursos do oceano do Brasil.

4 minutos PIB da Economia Azul do Brasil pode atingir R# 1,1 trilhão Por Gustavo Montezano, CEO da BNDES e Rogerio Ruschel, editor Meu prezado leitor ou leitora, você que acompanha regularmente minhas publicações tem lido sobre agregação de valor a produtos com Origem e Identidade, ações que vão trazer uma nova onda de desenvolvimento sustentável da Agricultura Familiar do Brasil – e sua independência econômica de crises e vontades políticas. Chamo estes recursos de Tesouros no Fundo do Quintal. Pois hoje quero abordar Continue lendo

Slow Food propõe jogar Bombas de Flores e Sementes no Dia das Abelhas e no Dia da Biodiversidade

Slow Food propõe jogar Bombas de Flores e Sementes no Dia das Abelhas e no Dia da Biodiversidade

3 minutos Um roteiro para ajudar a preparar as suas “bombas” Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, este é um convite de paz e amor e relembra as maravilhosas mensagens coloridas do movimento hippie dos anos 1960 e 1970: vamos propagar o amor fazendo bombas de sementes e flores e jogar no mundo para comemorar o Dia Mundial das Abelhas (20 de maio) e o Dia Internacional da Diversidade Biológica (22 de maio). O Dia Internacional da Diversidade Biológica foi proposto pela Continue lendo

José Peñin explica quanto custa montar uma vinícola para chamar de sua – e viver disso.

José Peñin explica quanto custa montar uma vinícola para chamar de sua – e viver disso.

7 minutos José Peñin, a lenda viva Por José Peñin, com edição de Rogerio Ruschel Meu querido leitor ou leitora, In Vino Viajas vai ajudá-lo (ajudá-la) a pensar em quanto custa produzir um vinho pra chamar de seu. Para tanto vamos ter a ajuda de uma gigantesca personalidade do mundo dos vinhos da Europa: José Peñin. José Peñin, fundador e presidente do Guia Peñin, é uma das mais importantes personalidades do vinho da Europa, é uma lenda viva da vitivinicultura mundial. Foi o primeiro Continue lendo

Museu homenageia o carreiro Quim Costa em São Bento do Sapucaí e vira atração turística na Serra da Mantiqueira

Museu homenageia o carreiro Quim Costa em São Bento do Sapucaí e vira atração turística na Serra da Mantiqueira

8 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, há 12 anos aqui no In Vino Viajas eu conto histórias que valorizam patrimônios comunitários. A história de hoje é sobre como uma família e amigos criaram um museu para resgatar a importância histórica e cultural de uma atividade “caipira” e preservar a memória de um pioneiro e transformaram tudo isso em uma atração turística inovadora, educativa e diferenciada no interior do estado de São Paulo. Vem comigo conhecer o Museu do Carro de Continue lendo

O futuro do vinho é a inovação sustentável – sabemos disso no Brasil?

O futuro do vinho é a inovação sustentável – sabemos disso no Brasil?

12 minutos Texto de Mariana Gil Juncal no portal Vinetur, editado por Rogerio Ruschel Meu querido leitor ou leitora, recebo muitos press-releases pedindo divulgação para prêmios que nossos vinhos recebem em concursos no exterior. Isso é muito bom, é claro, mas não basta para termos o que eles chamam de “prestígio internacional”. O prestígio corporativo está na liderança, em contribuir para a atividade, em deixar um legado – e será que estamos fazendo isso em âmbito internacional? Creio que no que se refere a Continue lendo

22 CEOs distribuem carta aberta sobre o papel dos empresários do vinho na Cop-26

22 CEOs distribuem carta aberta sobre o papel dos empresários do vinho na Cop-26

7 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado leitor ou leitora, há vários anos In Vino Viajas tem acompanhado e noticiado iniciativas sobre os impactos do aquecimento global e iniciativas para reduzi-lo, até mesmo porque eu, Rogerio Ruschel, como editor, sou ambientalista pró-ativo há mais de 30 anos. Mas infelizmente este assunto tem tido muito pouca atenção do empresariado brasileiro da vitivinicultura. Por exemplo, In Vino Viajs é a única organização brasileira associada ao The Porto Protocol, movimento europeu com sede em Portugal, e recentemente fiz Continue lendo

Pesquisa na Espanha comprova: vinhos de uvas autóctones estão tendo mais valor do que vinhos com castas globais.

Pesquisa na Espanha comprova: vinhos de uvas autóctones estão tendo mais valor do que vinhos com castas globais.

2 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, veja só a força das Denominações de Origem na preferência do consumidor. Se você é um daqueles apreciadores de vinhos que tem certeza de que vinhos franceses são melhores e tem mais “valor” do que vinhos de outros países, é bom ler o que se segue. A edição 2021-2022 do guia “Wine Up! Wine” Monovarietal fez uma descoberta muito interessante e animadora para a vitivinicultura espanhola: em 2020 o preço médio e a qualidade Continue lendo

Espanhóis identificam 6 perfis de consumo entre os 22 milhões de bebedores de vinho; e no Brasil?

Espanhóis identificam 6 perfis de consumo entre os 22 milhões de bebedores de vinho; e no Brasil?

5 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, entre agosto e setembro de 2021 o Observatório do Mercado Vitivinícola Espanhol (OeMv) realizou um estudo sobre a “Caracterização do consumidor espanhol de vinho”, uma radiografia dos mais de 22 milhões de consumidores de vinho espanhóis para determinar como são, como é o consumo, que tipos de vinhos preferem e como tendem a se aproximar do presente e do futuro. Leia a seguir e me diga: qual é o seu tipo? O principal grupo Continue lendo

Divirta-se com o espumante com garrafa em formato de pênis, especial para despedidas de solteiras

Divirta-se com o espumante com garrafa em formato de pênis, especial para despedidas de solteiras

3 minutos Por Rogerio Ruschel Prezada amiga, esta mensagem é especial para você que gosta de vinho e de alegria com suas amigas. Ou muito criativo. Agora você pode comprar um espumante em uma garrafa no formato de um pênis – e um grande pênis, diga-se de passagem. Pois é, dois malucos criaram o produto especialmente para amigas se divertirem em festas de despedida de solteira!!! No mundo do marketing de vinhos sempre que surgem ideias diferenciadas, mostramos aqui para nossos leitores. Por exemplo: Continue lendo

Chegou a Slow Wine Coalition: vinhos com sustentabilidade, proteção da paisagem e crescimento social e cultural da zona rural

Chegou a Slow Wine Coalition: vinhos com sustentabilidade, proteção da paisagem e crescimento social e cultural da zona rural

4 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado leitor ou leitora, os conceitos do Slow Food finalmente chegaram à atividade da vitivinicultura. No dia 6 de julho de 2021 foi lançada globalmente a Slow Wine Coalition, a proposta de uma nova revolução do mundo vitivinícola, reunindo todos os protagonistas do setor em torno da consciência de que o vinho não pode mais ter apenas um papel hedonista, ligado ao prazer da degustação, mas seguirá cada vez mais o caminho de uma verdadeira sustentabilidade ambiental, da proteção Continue lendo

Conheça Calcatorium, o primeiro vinho de lagar rupestre de Portugal, que revive técnica ancestral dos romanos

Conheça Calcatorium, o primeiro vinho de lagar rupestre de Portugal, que revive técnica ancestral dos romanos

4 minutos Por Rogerio Ruschel eu prezado leitor ou leitora, veja outra histrória de valoreização do produtro local e do patrimônio territorial – desta vez vindo de Portugal. Produtores portugueses de vinho recuperaram um processo único e ancestral de vinificação de uvas do tempo dos romanos, o vinho de lagar rupestre. O processo foi oficialmente reconhecido em 2020 como método tradicional de Trás-os-Montes. O “Calcatorium”, como foi batizado este que é o primeiro vinho de lagar rupestre certificado e rotulado em Portugal, e foi Continue lendo

Congresso internacional online debate valorização do turismo ligado ao Patrimônio Cultural e Museus de municípios rurais.

Congresso internacional online debate valorização do turismo ligado ao Patrimônio Cultural e Museus de municípios rurais.

6 minutos Por Rogerio Ruschel Nos próximos dias 8, 9 e 10 de setembro, a cidade portuguesa de Vila do Conde vai receber o Congresso Internacional do projeto rurAllure subordinado ao tema “Promoção do Patrimônio Cultural e dos Museus em Contexto Rural”, que terá lugar no Teatro Municipal. O evento será presencial, mas interessados poderão acompanhar por streaming nos sites da Vila do Conde e da ruralAllure. Este congresso tem como objetivo analisar o recurso às atuais tecnologias da informação, no sentido de promover Continue lendo

Queijos brasileiros com Indicação Geográfica ganham selos dos Correios; reconhecimento agrega valor a produtos locais

Queijos brasileiros com Indicação Geográfica ganham selos dos Correios; reconhecimento agrega valor a produtos locais

3 minutos Artesanal Serrano, um dos oito queijos retratados na Série Especial de selos Por Rogerio Ruschel, com conteúdo do Sebrae Meu prezado leitor ou leitora, a mobilização pelo reconhecimento e agregação de valor a produtos brasileiros de base local e com Indicações Geográficas – IGs se amplia a cada dia e agora vai chegar até a sua correspondência: o Sebrae e os Correios lançaram dia 12 de agosto de 2021 um conjunto de selos artísticos homenageando os queijos brasileiros detentores de Indicação Geográfica. Continue lendo

Pirarucu de Mamirauá, o gigantesco peixe da Amazônia, batiza a mais nova Denominação de Origem do Brasil

Pirarucu de Mamirauá, o gigantesco peixe da Amazônia, batiza a mais nova Denominação de Origem do Brasil

4 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado amigo ou amiga, aos poucos estamos aprendendo a dar valor a nossos produtos de base local, aqueles que só determinado território tem e que consumidores de outras partes, até mesmo do exterior, adorariam conhecer. Na história de hoje tenho certeza disso, porque o pirarucu (Arapaima gigas), o gigantesco (e lindo) peixe da Amazônia foi reconhecido dia 13 de juho de 2021 como um patrimônio da região de Mamirauá. E posso garantir que é um patrimônio delicioso, porque já Continue lendo

Vinhos de Altitude de Santa Catarina agora têm selo de Indicação Geográfica

Vinhos de Altitude de Santa Catarina agora têm selo de Indicação Geográfica

7 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, está frio na serra catarinense, mas temos notícias quentes de lá. Como eu vinha monitorando aqui no  In Vino Viajas (veja os artigos abaixo), os Vinhos de Altitude de Santa Catarina conquistaram o selo de Indicação Geográfica (IG), concedido dia 29 de junho de 2021, pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) Veja os artigos aqui: Brasil vai ter mais três regiões vinícolas com certificação de origem; solicitações aceleram no INPI – https://www.invinoviajas.com/2021/02/brasil-vai-ter/ Vilagio Continue lendo

União de vinícolas, trade de turismo e poder público de 2 cidades cria produto turístico diferenciado na serra gaúcha.

União de vinícolas, trade de turismo e poder público de 2 cidades cria produto turístico diferenciado na serra gaúcha.

3 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, hoje você vai conhecer mais um exemplo do que venho repetindo em palestras, artigos e no meu livro “O valor global do produto local” sobre o valor do turismo com indentidade: a união da comunidade em torno de objetivos comuns – como a valorização dos patrimônios locais do território – agrega um importante diferencial de marketing, cria uma maior percepção de valor para os produtos oferecidos, valorize a cultura local, valoriza as propriedades rurais, Continue lendo

Muçulmanos produziam e exportavam vinhos na Sicília nos séculos IX a XI – embora a religião não permita seu consumo

Muçulmanos produziam e exportavam vinhos na Sicília nos séculos IX a XI – embora a religião não permita seu consumo

2 minutos Baseado em texto de Ana Gómez, publicado em Vinotur; editado por Rogerio Ruschel El vino, cujo consumo está prohibido por en el Islam, pero se ha descubierto que en la “Sicilia islámica” entre los siglos IX y XI, se producía y exportaba vino desde el puerto de Palermo hasta las tierras cristianas, convirtiendo a Sicilia en el centro del comercio del vino del mediterráneo. Los investigadores de la estructura BioArCh de la Universidad de York, han demostrado que los musulmanes de Sicilia Continue lendo

Os 20 benefícios dos produtos e do turismo com identidade territorial para o desenvolvimento local

Os 20 benefícios dos produtos e do turismo com identidade territorial para o desenvolvimento local

7 minutos Por Rogerio Ruschel* Meu prezado leitor ou leitora, nossos municípios foram duramente atingidos pela pandemia, especialmente os pequenos, porque práticamente todos os setores econômicos entraram em crise ao mesmo tempo: o comércio, a agricultura familiar, o turismo e as cadeias produtivas associadas a eles. Pois agora os potenciais consumidores dos produtos e serviços destas atividades estão ansiosos pela volta ao “normal” e começam a reaprender a trabalhar, a viajar, a consumir. Então dirigentes e gestores das cadeias produtivas do comércio, turismo, gastronomia, Continue lendo

A CNI mergulha nos rincões do país para revelar os produtos com identidade geográfica do “Brasil que a gente produz”

A CNI mergulha nos rincões do país para revelar os produtos com identidade geográfica do “Brasil que a gente produz”

13 minutos Aldeia no município de Uarini, no coração da Amazônia, produtor da farinha de Uarini Por Rogerio Ruschel Exclusivo: Entrevista com Ariadne Tamm Sakkis, Editora de Conteúdo da Agência CNI de Notícias e diretora da Série “O Brasil que a gente produz” sobre produtos com Indicação Geográfica Meu caro amigo ou amiga, se você pensa que a CNI – Confederação Nacional da Indústria – a poderosa organização que representa mais de 20% do PIB brasileiro – só transita em grandes prédios industriais, ruas Continue lendo

Surpresa entre as 50 marcas de vinho mais admiradas do mundo – Edição 2021

Surpresa entre as 50 marcas de vinho mais admiradas do mundo – Edição 2021

5 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado amigo ou amiga, no mundo dos vinhos as citações, prêmios e destaques valem dinheiro, muito dinheiro, porque a percepção de valor de um vinho está fundamentada parcialmente em aspectos tangíveis (aroma, gosto, cor, safra, uvas, terroir, retrogosto, qualidade como produto) e outra parte em aspectos intangíveis como origem, marca, “fama” do enólogo e imagem construída da vinícola. Mas como nós sabemos, a imagem construída não necessariamente reflete o valor de um vinho; quero dizer, os aspectos tangíveis podem Continue lendo

Saiba porque produtos locais estão atraindo Investimento Social Privado e a atenção do GIFE

Saiba porque produtos locais estão atraindo Investimento Social Privado e a atenção do GIFE

6 minutos Brinde do GIFE para palestrantes, foto de Sonia Consiglio Favaretto Por Rogerio Ruschel Incentivar cadeias produtivas nos municipios nocauteados pela pandemia é o investimento social (privado ou público) com retorno mais rápido e duradouro para socorrer a economia local. Meu prezado leitor ou leitora, uma revolução silenciosa mas de enorme importância para nosso país está acontecendo longe dos olhos da chamada “grande mídia” que só tem visto problemas da coronavirus. Estou falando da mobilização de pessoas, entidades e organizações pela valorização dos Continue lendo

Queijo do Marajó, feito artesanalmente com leite fresco de búfala, ganha reconhecimento de Indicação de Procedência – IP

Queijo do Marajó, feito artesanalmente com leite fresco de búfala, ganha reconhecimento de Indicação de Procedência – IP

5 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, mais uma boa noticia: o Queijo do Marajó, um queijo fresco de leite de búfala, produzido de forma artesanal há mais de 200 anos no arquipélago do Marajó, no Pará, acaba de ser reconhecido como um patrimônio de valor coletivo. O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) atribuiu a ele o registro de Indicação de Procedência, uma das formas de Indicação Geográfica do Brasil.  Na abertura, veja a alegria das vaquinhas de Marajó, que Continue lendo

Prost!!! A cultura do vinho é reconhecida como o 35o. patrimônio cultural imaterial da Alemanha

Prost!!! A cultura do vinho é reconhecida como o 35o. patrimônio cultural imaterial da Alemanha

3 minutos Vale do Reno, Alemanha – um dos patrimônios alemães já reconhecidos pela Unesco Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, fico feliz em informar que mais um bem da cultura que existe no entorno da produção de vinhos acaba de ser reconhecido como um patrimônio cultural. Estou falando da cultura do vinho na Alemanha, reconhecida em 9 de março de 2021 pelo registro alemão do patrimônio cultural imaterial, por recomendação do comitê de especialistas da Comissão Alemã para a UNESCO – Continue lendo

Do Pau-Brasil abandonado ao Guaraná protegido: de olho na certificação de origem dos produtos brasileiros mais tradicionais

Do Pau-Brasil abandonado ao Guaraná protegido: de olho na certificação de origem dos produtos brasileiros mais tradicionais

10 minutos Por Rogerio Ruschel Com 521 anos de história o Brasil reconhece sua primeira Indicação Geográfica indígena e cria o único “terroir com alma” do mundo: o Tekoha dos Sateré-Mawé. Meu prezado leitor ou leitora, fico feliz em poder escrever isso: parece que finalmente o Brasil está levando a sério o reconhecimento do valor de seus produtos locais, nativos, que estamos acreditando qaue vale a pena agregar valor ao nosso próprio patrimônio, especialmente no que se refere a agroalimentos. Esta percepção de valor Continue lendo

Livro da Epagri desvenda os segredos do terroir dos Vinhos de Altitude de Santa Catarina

Livro da Epagri desvenda os segredos do terroir dos Vinhos de Altitude de Santa Catarina

6 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, já que a opção mais sensata é ficar de resguardo social por causa da pandemia, minha sugestão é relaxar degustando uma taça de vinho  em casa, em boa e segura companhia. E para agregar sabor ao seu relaxamento sugiro que abra um vinho da região dos Vinhos de Altitude de Santa Catarina, e harmonize com a leitura de um excelente livro preparado pela Epagri sobre este terroir: “Vinhos de Altitude de Santa Catarina – Continue lendo

Turismo pós-pandemia vai ressurgir valorizando a cultura, os patrimônios territoriais e os valores da comunidade.

Turismo pós-pandemia vai ressurgir valorizando a cultura, os patrimônios territoriais e os valores da comunidade.

6 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Meu prezado leitor ou leitora, como recuperar a indústria do turismo abalada pelo Covid-19? Com cautela e inteligência, apostando em valores de pertencimento exclusivo. Veja porque. Em janeiro de 2017 publiquei um post com o titulo “Porque a cultura popular brasileira, tão rica no folclore, música, artes, literatura e culinária, continua invisível no turismo? “. Creio que a questão foi bem entendida pelos (cultos) leitores de “In Vino Viajas”, porque entre as 560 reportagens do blogue publicadas em Continue lendo

Espanha anuncia faturamento de 23,7 bilhões de euros com a indústria do vinho em 2019

Espanha anuncia faturamento de 23,7 bilhões de euros com a indústria do vinho em 2019

6 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado amigo ou amiga, em novembro passado, a Interprofisional del Vino de Espana – OIVE (a entidade representativa das cadeias produtivas do vinho espanhol, tanto na produção quanto na comercialização) divulgou um relatório sobre “A importância económica e social del setor vitivinícola na Espanha”. Os números são espantosos – como um VAB (Valor Acrescentado Bruto) de 23,7 bilhões de euros. Mas talvez a grande conclusão seja essa: a cada Euro investido ou movimentado pelo setor vitivinícola, a economía espanhola Continue lendo

Chile e Argentina trabalham para implantar a mais longa rota de enoturismo do mundo, com 1.300 kms

Chile e Argentina trabalham para implantar a mais longa rota de enoturismo do mundo, com 1.300 kms

3 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, parece que a América do Sul vai ganhar um atrativo enoturístico gigantesco: uma rota que se propõe a ser a maior do mundo, com 1.300 quilometros entre o sul do Chile e o noroeste da Argentina e deve incluir mais de 170 vinícolas. Vai ser bom quando estiver pronta e já for possivel viajar pelo mundo pós-pandemia. O roteiro visa reviver a façanha que a travessia da Cordilheira dos Andes e o patrimônio gerado Continue lendo

Saiba como a Itália promove seus produtos agroalimentares no Brasil – e porque e como vai continuar investindo

Saiba como a Itália promove seus produtos agroalimentares no Brasil – e porque e como vai continuar investindo

10 minutos Queijos parmesão: um modo de fazer queijos valorizado desde o ano 1200 Por Rogerio Ruschel Exclusivo – Entrevista com Ferdinando Fiore, diretor da ITA – Italian Trade Agency no Brasil Prezados amigo ou amiga, a Itália é um dos países europeus com mais tradição na produção, consumo e exportação de agroalimentos tradicionais, produzidos por agricultores familiares e empresas de pequeno ou médio porte. É o segundo país europeu que mais exporta estes produtos para o Brasil, e depois dos Estados Unidos, o Continue lendo

O vinho que você não vê:  saiba como leveduras nativas valorizam a identidade territorial de vinhos no Brasil.

O vinho que você não vê: saiba como leveduras nativas valorizam a identidade territorial de vinhos no Brasil.

3 minutos Parte da coleção de leveduras da Embrapa conservadas no freezer. Por Rogerio Ruschel Meu caro leitor ou leitora, a indústria vitivinícola brasileira está evoluindo em qualidade e deve isso a muitas pessoas e organizações, entre as quais a Embrapa Uva e Vinho. E um dos avanços está na possibilidade dos enólogos poderem utilizar leveduras locais para a fermentação dos vinhos, e não apenas leveduras estrangeiras, importadas. Usar leveduras “tropicais”, mesmo que as castas das uvas não sejam naturais do Brasil, pode conferir Continue lendo