#identidadeterritorial

Chegou a Slow Wine Coalition: vinhos com sustentabilidade, proteção da paisagem e crescimento social e cultural da zona rural

Chegou a Slow Wine Coalition: vinhos com sustentabilidade, proteção da paisagem e crescimento social e cultural da zona rural

4 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado leitor ou leitora, os conceitos do Slow Food finalmente chegaram à atividade da vitivinicultura. No dia 6 de julho de 2021 foi lançada globalmente a Slow Wine Coalition, a proposta de uma nova revolução do mundo vitivinícola, reunindo todos os protagonistas do setor em torno da consciência de que o vinho não pode mais ter apenas um papel hedonista, ligado ao prazer da degustação, mas seguirá cada vez mais o caminho de uma verdadeira sustentabilidade ambiental, da proteção Continue lendo

Conheça Calcatorium, o primeiro vinho de lagar rupestre de Portugal, que revive técnica ancestral dos romanos

Conheça Calcatorium, o primeiro vinho de lagar rupestre de Portugal, que revive técnica ancestral dos romanos

4 minutos Por Rogerio Ruschel eu prezado leitor ou leitora, veja outra histrória de valoreização do produtro local e do patrimônio territorial – desta vez vindo de Portugal. Produtores portugueses de vinho recuperaram um processo único e ancestral de vinificação de uvas do tempo dos romanos, o vinho de lagar rupestre. O processo foi oficialmente reconhecido em 2020 como método tradicional de Trás-os-Montes. O “Calcatorium”, como foi batizado este que é o primeiro vinho de lagar rupestre certificado e rotulado em Portugal, e foi Continue lendo

Queijos brasileiros com Indicação Geográfica ganham selos dos Correios; reconhecimento agrega valor a produtos locais

Queijos brasileiros com Indicação Geográfica ganham selos dos Correios; reconhecimento agrega valor a produtos locais

3 minutos Artesanal Serrano, um dos oito queijos retratados na Série Especial de selos Por Rogerio Ruschel, com conteúdo do Sebrae Meu prezado leitor ou leitora, a mobilização pelo reconhecimento e agregação de valor a produtos brasileiros de base local e com Indicações Geográficas – IGs se amplia a cada dia e agora vai chegar até a sua correspondência: o Sebrae e os Correios lançaram dia 12 de agosto de 2021 um conjunto de selos artísticos homenageando os queijos brasileiros detentores de Indicação Geográfica. Continue lendo

Pirarucu de Mamirauá, o gigantesco peixe da Amazônia, batiza a mais nova Denominação de Origem do Brasil

Pirarucu de Mamirauá, o gigantesco peixe da Amazônia, batiza a mais nova Denominação de Origem do Brasil

4 minutos Por Rogerio Ruschel Prezado amigo ou amiga, aos poucos estamos aprendendo a dar valor a nossos produtos de base local, aqueles que só determinado território tem e que consumidores de outras partes, até mesmo do exterior, adorariam conhecer. Na história de hoje tenho certeza disso, porque o pirarucu (Arapaima gigas), o gigantesco (e lindo) peixe da Amazônia foi reconhecido dia 13 de juho de 2021 como um patrimônio da região de Mamirauá. E posso garantir que é um patrimônio delicioso, porque já Continue lendo

Vinhos de Altitude de Santa Catarina agora têm selo de Indicação Geográfica

Vinhos de Altitude de Santa Catarina agora têm selo de Indicação Geográfica

7 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, está frio na serra catarinense, mas temos notícias quentes de lá. Como eu vinha monitorando aqui no  In Vino Viajas (veja os artigos abaixo), os Vinhos de Altitude de Santa Catarina conquistaram o selo de Indicação Geográfica (IG), concedido dia 29 de junho de 2021, pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) Veja os artigos aqui: Brasil vai ter mais três regiões vinícolas com certificação de origem; solicitações aceleram no INPI – https://www.invinoviajas.com/2021/02/brasil-vai-ter/ Vilagio Continue lendo

União de vinícolas, trade de turismo e poder público de 2 cidades cria produto turístico diferenciado na serra gaúcha.

União de vinícolas, trade de turismo e poder público de 2 cidades cria produto turístico diferenciado na serra gaúcha.

3 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado amigo ou amiga, hoje você vai conhecer mais um exemplo do que venho repetindo em palestras, artigos e no meu livro “O valor global do produto local” sobre o valor do turismo com indentidade: a união da comunidade em torno de objetivos comuns – como a valorização dos patrimônios locais do território – agrega um importante diferencial de marketing, cria uma maior percepção de valor para os produtos oferecidos, valorize a cultura local, valoriza as propriedades rurais, Continue lendo

Os 20 benefícios dos produtos e do turismo com identidade territorial para o desenvolvimento local

Os 20 benefícios dos produtos e do turismo com identidade territorial para o desenvolvimento local

7 minutos Por Rogerio Ruschel* Meu prezado leitor ou leitora, nossos municípios foram duramente atingidos pela pandemia, especialmente os pequenos, porque práticamente todos os setores econômicos entraram em crise ao mesmo tempo: o comércio, a agricultura familiar, o turismo e as cadeias produtivas associadas a eles. Pois agora os potenciais consumidores dos produtos e serviços destas atividades estão ansiosos pela volta ao “normal” e começam a reaprender a trabalhar, a viajar, a consumir. Então dirigentes e gestores das cadeias produtivas do comércio, turismo, gastronomia, Continue lendo

A CNI mergulha nos rincões do país para revelar os produtos com identidade geográfica do “Brasil que a gente produz”

A CNI mergulha nos rincões do país para revelar os produtos com identidade geográfica do “Brasil que a gente produz”

13 minutos Aldeia no município de Uarini, no coração da Amazônia, produtor da farinha de Uarini Por Rogerio Ruschel Exclusivo: Entrevista com Ariadne Tamm Sakkis, Editora de Conteúdo da Agência CNI de Notícias e diretora da Série “O Brasil que a gente produz” sobre produtos com Indicação Geográfica Meu caro amigo ou amiga, se você pensa que a CNI – Confederação Nacional da Indústria – a poderosa organização que representa mais de 20% do PIB brasileiro – só transita em grandes prédios industriais, ruas Continue lendo

Saiba porque produtos locais estão atraindo Investimento Social Privado e a atenção do GIFE

Saiba porque produtos locais estão atraindo Investimento Social Privado e a atenção do GIFE

6 minutos Brinde do GIFE para palestrantes, foto de Sonia Consiglio Favaretto Por Rogerio Ruschel Incentivar cadeias produtivas nos municipios nocauteados pela pandemia é o investimento social (privado ou público) com retorno mais rápido e duradouro para socorrer a economia local. Meu prezado leitor ou leitora, uma revolução silenciosa mas de enorme importância para nosso país está acontecendo longe dos olhos da chamada “grande mídia” que só tem visto problemas da coronavirus. Estou falando da mobilização de pessoas, entidades e organizações pela valorização dos Continue lendo

Livro da Epagri desvenda os segredos do terroir dos Vinhos de Altitude de Santa Catarina

Livro da Epagri desvenda os segredos do terroir dos Vinhos de Altitude de Santa Catarina

6 minutos Por Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, já que a opção mais sensata é ficar de resguardo social por causa da pandemia, minha sugestão é relaxar degustando uma taça de vinho  em casa, em boa e segura companhia. E para agregar sabor ao seu relaxamento sugiro que abra um vinho da região dos Vinhos de Altitude de Santa Catarina, e harmonize com a leitura de um excelente livro preparado pela Epagri sobre este terroir: “Vinhos de Altitude de Santa Catarina – Continue lendo

Turismo pós-pandemia vai ressurgir valorizando a cultura, os patrimônios territoriais e os valores da comunidade.

Turismo pós-pandemia vai ressurgir valorizando a cultura, os patrimônios territoriais e os valores da comunidade.

6 minutos Por Rogerio Ruschel (*) Meu prezado leitor ou leitora, como recuperar a indústria do turismo abalada pelo Covid-19? Com cautela e inteligência, apostando em valores de pertencimento exclusivo. Veja porque. Em janeiro de 2017 publiquei um post com o titulo “Porque a cultura popular brasileira, tão rica no folclore, música, artes, literatura e culinária, continua invisível no turismo? “. Creio que a questão foi bem entendida pelos (cultos) leitores de “In Vino Viajas”, porque entre as 560 reportagens do blogue publicadas em Continue lendo

Saiba como a Itália promove seus produtos agroalimentares no Brasil – e porque e como vai continuar investindo

Saiba como a Itália promove seus produtos agroalimentares no Brasil – e porque e como vai continuar investindo

10 minutos Queijos parmesão: um modo de fazer queijos valorizado desde o ano 1200 Por Rogerio Ruschel Exclusivo – Entrevista com Ferdinando Fiore, diretor da ITA – Italian Trade Agency no Brasil Prezados amigo ou amiga, a Itália é um dos países europeus com mais tradição na produção, consumo e exportação de agroalimentos tradicionais, produzidos por agricultores familiares e empresas de pequeno ou médio porte. É o segundo país europeu que mais exporta estes produtos para o Brasil, e depois dos Estados Unidos, o Continue lendo

O vinho que você não vê:  saiba como leveduras nativas valorizam a identidade territorial de vinhos no Brasil.

O vinho que você não vê: saiba como leveduras nativas valorizam a identidade territorial de vinhos no Brasil.

3 minutos Parte da coleção de leveduras da Embrapa conservadas no freezer. Por Rogerio Ruschel Meu caro leitor ou leitora, a indústria vitivinícola brasileira está evoluindo em qualidade e deve isso a muitas pessoas e organizações, entre as quais a Embrapa Uva e Vinho. E um dos avanços está na possibilidade dos enólogos poderem utilizar leveduras locais para a fermentação dos vinhos, e não apenas leveduras estrangeiras, importadas. Usar leveduras “tropicais”, mesmo que as castas das uvas não sejam naturais do Brasil, pode conferir Continue lendo

Para o estrelado chef José Andrés, “o produto local é a chave para a alimentação do mundo”

Para o estrelado chef José Andrés, “o produto local é a chave para a alimentação do mundo”

4 minutos José Andrés, uma dos 100 pessoas mais influentes do mundo por três vezes Por Rogerio Ruschel Meu caro amigo ou amiga, o Chefe de cozinha José Andrés é Asturiano e pode ser pouco conhecido por aqui, mas é um profissional regiamente premiado e um cidadão mundialmente respeitado. Já foi indicado duas vezes ao Prêmio Nobel da Paz, recebeu a Medalha Nacional de Humanidades da Casa Branca e foi indicado tres vezes pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do Continue lendo

Portugal inova: concurso premia vinhos e os territórios onde foram produzidos, promove as comunidades e vale por dois

Portugal inova: concurso premia vinhos e os territórios onde foram produzidos, promove as comunidades e vale por dois

4 minutos José Arruda, Secretário Geral da AMPV e diretor do concurso Por Rogerio Ruschel Veja porque o Concurso Cidades do Vinho 2020 de Portugal, da Associação de Municípios Portugueses do Vinho – AMPV mereceu a chancela da Presidência da República. Meu prezado amigo ou amiga, existem muitos concursos para vinhos no mundo, dezenas deles, com ou sem quarentena. Mas você vai conhecer um concurso realmente diferente, que vale por muitos: o Concurso Cidades do Vinho 2020, da Associação de Municípios Portugueses do Vinho. Continue lendo

Governo espanhol investe 4 milhões de Euros para promover alimentos espanhóis no mercado externo

Governo espanhol investe 4 milhões de Euros para promover alimentos espanhóis no mercado externo

3 minutos Por Rogerio Ruschel Em setembro passado o governo da Espanha iniciou a campanha “Spain Food Nation”, um esforço promocional para promover e dar maior visibilidade aos alimentos espanhóis, principalmente azeitonas, azeite e vinho, que estão entre os produtos mais afetados pela crise da COVID-19 ou pelas tarifas impostas pelo governo norte-americano. Os Ministérios da Agricultura, Pesca e Alimentação e Indústria, Comércio e Turismo da Espanha se uniram em um acordo de 4 milhões de Euros para a realização de uma campanha promocional Continue lendo

Conheça o curioso método ancestral de fazer pasta de tomate da Sicília

Conheça o curioso método ancestral de fazer pasta de tomate da Sicília

3 minutos Pasta de tomates frescos secando por tres dias ao sol Por Giovanna Germani Meu prezado leitor ou leitora, já imaginou fazer uma pasta de tomate utilizando como ingredientes principais os tomates e o Sol? Isso mesmo, o bom e velho Sol! Pois é o que Giovanna Germani nos apresenta aqui no In Vino Viajas. Giovanna, redatora para social mídia na agência bauc. é brasileira, mas ao que parece o sangue italiano da família Germani ainda se manifesta. Com a palavra, Giovanna. “Recentemente Continue lendo

As vantagens dos vinhos com Denominação de Origem – e sua importância para a Catalunha, Espanha

As vantagens dos vinhos com Denominação de Origem – e sua importância para a Catalunha, Espanha

3 minutos Por Rogerio Ruschel, com texto de Vinetur Meu estimado leitor ou leitora, com muita frequência publico aqui no In Vino Viajas pesquisas, relatos e depoimentos mostrando a importância da identidade de um produto como agregador de valor. A União Europeia informa que pode chegar a mais de 350% no caso dos vinhos. O catalão Salvador Dali (na foto acima) amava os vinhjos de sua terra Queijos, azeites, frios, doces, chás, biscoitos, cafés, mel, carnes que têm uma Indicação Geográfica (como Gruyére, Canastra, Continue lendo

Campanha Gaúcha se torna a sétima Indicação Geográfica para vinhos e espumantes do Brasil; veja quem contribuiu para isso

Campanha Gaúcha se torna a sétima Indicação Geográfica para vinhos e espumantes do Brasil; veja quem contribuiu para isso

6 minutos Por Rogerio Ruschel, com informações da Embrapa e do INPI Meu prezado leitor ou leitora, uma boa notícia para estes tempos de quarentena: o INPI publicou dia 5 de maio de 2020 na Revista da Propriedade Industrial (RPI) nº 2574, a concessão da indicação geográfica (IG) “Campanha Gaúcha”, na espécie Indicação de Procedência, para vinhos finos brancos, rosados, tintos e espumantes. Esta é a sétima IG do estado do Rio Grande do Sul para o segmento de vinhos. Mais de 30 profissionais e Continue lendo

Indicações geográficas de alimentos e bebidas: um tesouro de € 75 bilhões para a agricultura familiar da Europa

Indicações geográficas de alimentos e bebidas: um tesouro de € 75 bilhões para a agricultura familiar da Europa

7 minutos Por Ana Soeiro, Managing Director da QUALIFICA/ oriGIn PORTUGAL e Vice-Presidente do oriGIn para a Europa; Edição e comentários, Rogerio Ruschel Meu prezado leitor ou leitora, a Comissão Europeia divulgou dia 20 de abril de 2020, em Bruxelas, um relatório sobre o valor das Indicações Geográficas – IG para os países do bloco. Você sabe: IGs são registros de territórios que agregam valor aos produtos daquele território, porque criam diferenciais exclusivos e elevam os preços; por exemplo, Roquefort para queijos, Borgonha para Continue lendo

A evolução do Chianti no coração da Toscana: da tradição do século XII ao prestígio internacional no século XXI

A evolução do Chianti no coração da Toscana: da tradição do século XII ao prestígio internacional no século XXI

4 minutos Por Decanter, editado e comentado por Rogerio Ruschel Meu caro amigo ou amiga, durante a Idade Média, Florença foi a mais poderosa das cidades italianas e epicentro da produção comercial de vinhos – e também das artes e da cultura, como sabemos. No século 14, a República Florentina identificou as colinas entre Florença e Siena como Chianti. Chianti foi a primeira área vinícola delimitada, quando em 1716 o Grão-Duque Cosimo III de Médici criou o que se acredita ser a primeira legislação Continue lendo

Chegou “Tesouros no Fundo do Quintal”, a vitrine digital de produtos com identidade e do turismo com os valores do território

Chegou “Tesouros no Fundo do Quintal”, a vitrine digital de produtos com identidade e do turismo com os valores do território

3 minutos Por Rogerio Ruschel Meu caro amigo ou amiga, produtos que tem uma identidade territorial agregam forte valor econômico ao produto, ao produtor, ao consumidor e ao território. Mas vão além disso: também tem impacto social positivo porque mantém as novas gerações no campo e geram cadeias produtivas de base local mais sustentáveis. Ou seja: valorizar produtos “do lugar”, caipiras, com ou sem uma identidade territorial já formalizada (como Identidade Geográfica ou Denominação de Origem), é tudo de bom. E mais do isso, Continue lendo

Acordo histórico entre União Europeia e China vai proteger  200 Indicações Geográficas de alimentos da agricultura familiar

Acordo histórico entre União Europeia e China vai proteger 200 Indicações Geográficas de alimentos da agricultura familiar

4 minutos Por Rogerio Ruschel Meu caro leitor ou leitora, a cada dia fica mais óbvia a importância de se agregar uma denominação de origem a produtos agroalimentos como forma de diferenciação e valorização em um mercado global de commodities. Tenho reiterado isso aqui no “In Vino Viajas”, no meu livro “O valor Global do Produto local”, da Editora Senac, e em palestras que venho fazendo sobre o tema em geral e sobre o Acordo Mercosul X União Europeia em particular. Aliás, a China Continue lendo

Evento mostra o que só a Bahia tem no campo: produtos de terroir com identidade territorial que conquistam o mundo.

Evento mostra o que só a Bahia tem no campo: produtos de terroir com identidade territorial que conquistam o mundo.

10 minutos Por Georgina Maynart, do jornal Correio, editado por Rogerio Ruschel. Fotos jornal Correio. Meu prezado leitor ou leitora, você sabe o que é que a Bahia tem? Tem tudo isso que nós já conhecemos, mas tem muito mais – inclusive muitos produtos com poderosa identidade territorial e que por causa disso crescem em prestígio, valor e aceleram o desenvolvimento regional. Entre estes tesouros no fundo do quintal baiano estão o cacau cabruca (do sul da Bahia), a cachaça de Abaíra, café verde Continue lendo